5 problemas de visão mais comuns: como tratar

Os 5 problemas de visão mais comuns são: miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia (vista cansada ou síndrome do braço curto) e falsa miopia, que ficou mais conhecida durante a quarentena provocada pelo novo Coronavírus. 

Saiba mais sobre cada um desses problemas de visão mais comuns nesse conteúdo que nós da Lenscope preparamos para você. 

Miopia

A miopia é a dificuldade de enxergar objetos de longe causado por um erro refrativo em sua visão. E é um dos problemas de visão mais comuns que existem.  

A miopia acontece devido ao formato do olho. Uma pessoa comum costuma ter o formato do globo ocular arredondado, enquanto que uma pessoa que tem miopia possui esse formato mais longo do que deveria ser.

Com isso, os raios de luz são focados e absorvidos antes de chegar na retina, o que provoca a dificuldade de enxergar.

Então, quem possui miopia tem a imagem dos objetos formada antes da retina, provocando dificuldades para visualizar objetos à distância. 

problemas de visão

Como a imagem é formada em um olho sem miopia (normal) e em um olho com miopia

 

Além disso, uma pessoa que tem a córnea curva demais também pode apresentar miopia. A miopia afeta cerca de 40% da população, segundo a Sociedade Brasileira de Oftalmologia.

Sintomas de miopia

Vista embaçada ao olhar para objetos distantes e dificuldade para dirigir podem ser sintomas de que você tenha miopia. Mas, existem outros sinais:

  • Dores de cabeça durante o dia ou enquanto se executa alguma atividade ou trabalho
  • Fadiga excessiva por forçar a visão
  • Dificuldade para dirigir
  • Visão embaçada para olhar objetos distantes
  • Apertar os olhos para enxergar
problemas de visão

Sintomas de visão

Além disso, é comum para pessoas que têm miopia enxergarem com dificuldade enquanto dirigem. 

Infelizmente, a miopia não tem idade certa para aparecer. Pode afetar crianças, jovens e até adultos. Em alguns estudos, foi constatado que a causa para o surgimento deste problema de visão pode estar relacionado à falta de exposição à luz natural.

Além disso, há o fator da hereditariedade, ou seja, pelo seu histórico familiar você tem mais ou menos chances de apresentar o problema de visão. E ainda existem mais alguns fatores que podem levar ao desenvolvimento do problema. Veja a seguir:

  • O uso excessivo de celulares, tablets, computadores e dispositivos eletrônicos no dia a dia;
  • Leitura excessiva;
  • Dispor os olhos a situações de desconforto, como forçar a visão no escuro, na madrugada, ou ficar em extrema claridade, por exemplo.

Tratamento para miopia

O tratamento da miopia é sempre prescrito pelo oftalmologista, sendo mais comum o uso de óculos de grau. Além disso, através de exames de vista específicos, o médico consegue avaliar o seu grau, já que existem três categorias:

  • Baixa miopia – 0 a 3 graus
  • Miopia Moderada – 3 a 6 graus
  • Alta miopia  – mais de 6 graus

Além do uso de óculos, é possível corrigir miopia através de lentes de contato ou da cirurgia refrativa, porém, estas opções devem ser indicadas pelo médico.

Inclusive, as lentes de contato têm a mesma função dos óculos, só que elas exigem muito mais limpeza e cuidados para evitar qualquer infecção no seu olho ou algum problema mais grave.

É por isso que os médicos oftalmologistas recomendam mais o uso de óculos de grau e que você alterne o uso das lentes de contato com o óculos de grau. 

E com relação a cirurgia, as opções são:

  • LASIK
  • PRK
  • LAZEK

A cirurgia é um procedimento feito a laser. Varia de acordo com o caso de cada paciente e da sua prescrição médica. Além disso, trata-se de um procedimento que costuma ser rápido e preciso.

Falsa miopia

Um dos 5 problemas de visão mais comuns é a falsa miopia. Inclusive, em 2020, devido ao aumento de horas trabalhadas em frente ao computador, por causa do trabalho remoto, os casos de falsa miopia aumentaram bastante!

A falsa miopia nada mais é do que a contração do músculo ciliar que fica dentro do nosso olho. Ele se contrai para focalizar imagens mais próximas de nosso campo de visão, como as imagens do computador, por exemplo.

Com o esforço constante deste músculo, com o passar do tempo, ele entra em fadiga. 

A consequência é sentida por nós quando tentamos enxergar objetos mais distantes, mas não conseguimos, já que o músculo ciliar precisa estar relaxado.

Inclusive, pessoas com hipermetropia têm mais facilidade de desenvolverem falsa miopia, já que a hipermetropia é a dificuldade de enxergar de perto e exige um esforço maior deste nosso músculo.

Em adultos este esforço não necessariamente levará ao desenvolvimento da miopia, mas em crianças os riscos são maiores, já que a visão delas ainda está em formação. 

Os sintomas da falsa miopia são semelhantes aos da miopia. No entanto, o tratamento é bem diferente.

Tratamento para falsa miopia

O médico especialista fará o diagnóstico e orientará qual a opção de tratamento mais adequada para você. Dentre as opções, destacamos o uso de colírios, exercícios visuais, aplicar a regra-20-20-20, óculos de grau para perto e óculos com filtro de luz azul

A regra 20-20-20 é muito fácil de ser aplicada e pode ser sua grande aliada na hora que tiver que passar longas horas em frente às telas digitais. 

A regra 20-20-20 funciona da seguinte forma: a cada 20 minutos utilizando a visão de perto, devemos ficar aproximadamente 20 segundos relaxando a musculatura ocular, olhando para um objeto distante situado a 20 pés (ou a 6 metros).

Tente fazer em casa durante alguns dias e depois vem aqui contar pra gente aqui nos comentários se você sentiu alguma diferença na sua visão. 

Hipermetropia

A hipermetropia é a dificuldade de enxergar de perto. Quem tem esse problema de visão enxerga embaçado tudo o que está próximo a ela, mas enxerga perfeitamente bem o que está longe.

Isso acontece devido a um problema de refração. Os raios luminosos que chegam aos olhos formam a imagem que vemos atrás da retina, quando o correto seria a formação da imagem ocorrer na retina.

O que causa a hipermetropia é o formato irregular do globo ocular de quem apresenta esse problema de visão.

Para você ter uma ideia, o formato de um olho perfeito é arredondado. Quando há o desenvolvimento irregular da sua forma, há também o desenvolvimento de um problema de visão.

O formato mais achatado ou plano da córnea provoca a hipermetropia. Dessa forma, a imagem se forma atrás da retina quando o correto seria ser formada na retina

Problemas de visão

Como é a imagem é formada em um olho em hipermetropia (normal) e em um olho com hipermetropia

Sintomas da Hipermetropia

Os sintomas da hipermetropia são: 

  • Dificuldade em enxergar objetos próximos;
  • Cansaço da visão;
  • Dores de cabeça;
  • Vermelhidão e lacrimejamento nos olhos;
  • Dificuldade de concentração;
  • Sensação de olhos pesados.
problemas de visão

Sintomas de hipermetropia

O principal fator para casos de hipermetropia é pelo histórico familiar, ou seja, se alguém da sua família tem o problema de visão (seu pai, por exemplo), há grandes chances de você também desenvolver o problema.

Inclusive, até crianças podem ter hipermetropia, o que chamamos de hipermetropia infantil. Nesse caso, é preciso buscar por um tratamento adequado e rápido, já que pode afetar o desempenho e desenvolvimento escolar.

Outro problema da hipermetropia infantil é que, normalmente, ela vem acompanhada do estrabismo, que é o desalinhamento dos olhos. O sintoma mais comum, nestes casos, é a visão dupla.

Tratamento para Hipermetropia

Dentre os tratamentos mais recomendados estão o uso dos óculos de grau, lente de contato e cirurgia refrativa (podendo ser a cirurgia LASIK, LASEK ou PRK). 

Astigmatismo

O astigmatismo é o problema de enxergar tanto de perto, quanto de longe. Trata-se de um problema de visão muito comum, assim como a miopia e a hipermetropia.

Isso acontece devido ao formato irregular que a córnea do seu olho apresenta. Mas, na maioria das vezes, pode ser corrigido com uso de óculos ou lentes de contato.

A causa astigmatismo é um problema na córnea dos olhos que se estendeu para um formato irregular, apresentando um formato oval.

Isto provoca um erro refrativo que distorce a luz quando esta entra nos olhos.

Dessa forma, múltiplos pontos focais são formados quando o normal seria que houvesse apenas um ponto de foco na retina do olho.

É por esse motivo que, quem tem astigmatismo, enxerga os objetos que estão próximos e longe um pouco ou muito embaçados, dependendo do grau.

problemas de visão

Como a imagem é formada em um olho sem astigmatismo (normal) e em um olho com astigmatismo

Sintomas de astigmatismo

Os sintomas mais comuns do astigmatismo são: 

  • Visão embaçada;
  • Dificuldade para enxergar de perto. Por exemplo: ao fazer uma leitura;
  • Dificuldade para enxergar de longe. Como: ler placas na estrada;
  • Dores de cabeça e nos olhos
  • Cansaço ocular;
  • Sensibilidade à luz, vertigem e enxaqueca em ambientes bastante iluminados (fotofobia).
  • Confundir letras ou números parecidos. Por exemplo: trocar M por N ou H; número 8 por 0 ou 6.
problemas de visão

Sintomas de astigmatismo

 

Além de saber dos sintomas e da causa do astigmatismo, é importante você entender que astigmatismo não é a mesma coisa que miopia e nem a mesma coisa que hipermetropia.

Todos estes problemas de visão são diferentes, mesmo com sintomas muito semelhantes.

Por isso, é necessário que você realize testes de visão quando for se consultar com o médico. 

Com o diagnóstico em mãos, você já sabe como tratar o astigmatismo.

Tratamento para astigmatismo

Já adiantamos que as opções de tratamentos são:

  • Uso de óculos de grau
  • Lentes de contato
  • Cirurgia refrativa (LASIK e PRK)

Para saber se você tem astigmatismo, é só olhar para a sua receita de óculos. Se você tem astigmatismo, a coluna do grau cilíndrico está preenchida e também a coluna do eixo.

O grau de astigmatismo e a sua localização no eixo do olho influenciam bastante na espessura da lente do óculos e no tipo de lente e armação que você precisa escolher para ter um bom resultado estético com o óculos de grau.

Os graus de astigmatismo podem ser classificados em três categorias:

  • astigmatismo baixo – até 3 graus
  • astigmatismo moderado – de 3 a 6 graus
  • astigmatismo alto – mais de 6 graus

Lembrando que se o seu grau de astigmatismo for alto, o recomendável é escolher lentes com alto índice de refração, já que elas proporcionam óculos mais finos e leves. 

Presbiopia

A presbiopia ou vista cansada é um problema de visão que faz parte do nosso processo de envelhecimento natural dos olhos e atinge a maioria da população. Os primeiros sintomas começam a surgir a partir dos 40 anos.

A presbiopia acontece devido ao desgaste natural dos nosso olhos. Nesse processo ocorre a perda de elasticidade do cristalino. Com isso, a pessoa não consegue enxergar com nitidez os objetos próximos. 

Sabe quando uma pessoa pega algum objeto e o afasta para poder enxergar melhor? Então, isso é presbiopia ou vista cansada.

No entanto, trata-se de um problema de visão bem comum. Dessa forma, com uma visita ao oftalmologista, a presbiopia ou vista cansada pode ser facilmente diagnosticada, então, tratada.

Normalmente o mais recomendado para o tratamento da presbiopia é o uso de óculos de grau com lentes multifocais ou progressivas. Vamos falar sobre elas ainda neste artigo.

Sintomas de Presbiopia

Os sintomas mais comuns da presbiopia são:

  • Necessidade de muita luz para enxergar de perto
  • Dores de cabeça
  • Vista Cansada ou Fadiga Ocular
  • Visão borrada para ler em distância normal
  • Dificuldade para enxergar letras muito pequenas
problemas de visão

Sintomas de presbiopia, também conhecida como vista cansada ou síndrome do braço curto

 

Para saber se você tem presbiopia, basta ver a sua receita de óculos e ver se tem algum campo preenchido pelo sinal de adição (+). A presença deste sinal indica que você tem presbiopia.

Na receita, o campo de adição preenchido vai indicar também quantos graus a mais você precisa para poder enxergar melhor de perto. Aliás, outra coisa que o campo de adição indica quando está preenchido é que você precisa de lentes progressivas (multifocais) para tratar o problema. 

Tratamento para presbiopia

Os tratamentos mais comuns para corrigir a presbiopia são:

  • Cirurgias (LASIK, PRK e RADIOFREQUÊNCIA)
  • Lentes de contato multifocal
  • Óculos multifocais ou também conhecidos como óculos com lentes progressivas

E nunca se esqueça: não compre óculos baratinhos, os chamados óculos para leitura, para tratar presbiopia. Isso pode colocar em risco a saúde dos seus óculos e agravar ainda mais o seu problema de visão.

Fontes:

Terra – Excesso de uso de aparelhos eletrônicos durante a quarentena pode acarretar danos à visão

Mayo Clinic

NHS UK 

Conselho Brasileiro de Oftalmologia

Shady Grover Eye and vision care

Karger – Significance of Outdoor Time for Myopia Prevention: A Systematic Review and Meta-Analysis Based on Randomized Controlled Trials

US National Library of Medicine National Insitutes of Health

NHS

Cleveland Clinic

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.


Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *