acessibilidade para pessoas com deficiência visual

Dicas de acessibilidade para pessoas com deficiência visual

0
(0)

Segundo dados do IBGE de 2010, das mais de 45 milhões de pessoas com deficiência no Brasil, 3,5% delas apresentam deficiência visual. Desde então, com o desenvolvimento da tecnologia e o acesso abundante de informações, a acessibilidade para pessoas com deficiência visual vem aumentando em todos os âmbitos, desde os lugares públicos e ruas das cidades até o acesso à internet.

Por isso, no artigo de hoje vamos falar sobre essa acessibilidade para pessoas com deficiência visual na internet. Mas, além disso, mostraremos algumas dicas para facilitar o uso da internet para pessoas com baixa visão.

Então, continue lendo para saber mais e descubra como narradores e leitores de tela proporcionam uma boa experiência no mundo virtual!

Acessibilidade para pessoas com deficiência visual: dicas para facilitar o uso da internet 

Atualmente, há muitas ferramentas disponíveis para melhorar a acessibilidade de pessoas com deficiência visual ou perda de visão à internet. Esses recursos podem parecer opressores no início e levar algum tempo para que as pessoas se acostumem, mas podem ser muito úteis com o tempo.

Assim, você pode, por exemplo:

  • Utilizar o recurso de leitor de tela do seu dispositivo;
  • Ampliar o texto na tela, conforme necessário ou o tempo todo;
  • Controlar dispositivos com sua voz;
  • Tornar o texto da Internet mais fácil de ler com recursos como alto contraste, cores invertidas e filtros de cores;
  • Alterar o tamanho e a velocidade do ponteiro do mouse.

Ainda, a maioria dessas ferramentas pode ser baixada gratuitamente ou já está instalada em seu computador, laptop, celular ou tablet. Ou seja, basta você usá-los e aproveitar a melhor experiência do mundo virtual.

Saiba mais a seguir!

Como narradores e leitores de tela proporcionam uma boa experiência no mundo virtual

Os narradores e leitor de tela são tecnologias que auxiliam pessoas com deficiência visual ou baixa visão a acessar e interagir com conteúdos digitais, como sites ou aplicativos, por meio de áudio ou toque. Para isso, a tecnologia lê em voz alta o que está na tela e os usuários podem adaptá-los às suas necessidades, por exemplo, você pode diminuir a velocidade da fala ou alterar o idioma.

Além disso, os leitores de tela permitem que as pessoas naveguem em sites e aplicativos por meio da saída de voz. Nesse sentido, ainda, alguns leitores de tela também podem ser usados com um display Braille.

Saiba como usar esses recursos

Em primeiro lugar, a maioria dos dispositivos modernos agora vem com um leitor de tela pré-instalado. Isto é, você não precisa comprar ou instalar nada, basta habilitar. Para isso, basta apenas você seguir as instruções a seguir:

Acessibilidade para pessoas com deficiência visual no sistema Windows:

  • Clique no botão Windows no canto inferior esquerdo da tela;
  • Em seguida, selecione o ícone “engrenagem” neste menu para acessar a janela Configurações;
  • Logo após, clique em “Facilidade de acesso”;
  • Selecione “Narrador” no menu à esquerda;
  • Em “Ativar o Narrador”, mude a chave de Desligado para Ligado.

Em um computador Mac:

  • Clique no logotipo da Apple no canto superior esquerdo da tela.
  • Selecione “Preferências do Sistema…”
  • Em seguida, clique em “Acessibilidade”.
  • Depois disso, clique em “VoiceOver”.
  • Por fim, selecione a caixa que diz “Habilitar VoiceOver”.

Acessibilidade para pessoas com deficiência visual em um smartphone ou tablet Android:

  • Selecione o ícone Configurações na tela inicial.
  • Toque em “Acessibilidade”.
  • Logo após, toque em “TalkBack”.
  • Por último, toque na chave ao lado de “Usar TalkBack”.

Em um iPhone ou iPad:

  • Toque no ícone Configurações na tela inicial;
  • Em seguida, toque em “Acessibilidade”;
  • Selecione “VoiceOver”;
  • Toque na chave ao lado de “VoiceOver”.

Ampliar textos e imagens online ajuda na acessibilidade para pessoas com deficiência visual na internet

Usar os recursos de voz é importante e pode fazer muita diferença no quesito acessibilidade para pessoas com deficiência visual na internet. Contudo, ampliar textos e imagens online também pode ajudá-lo nessa questão. Portanto, existem ainda dois métodos que você pode usar para tornar os objetos em seu navegador da web maiores e mais fáceis de ver:

  • Zoom do navegador: Uma ferramenta no navegador da Internet que amplia toda a página da web;
  • Ampliar: Uma ferramenta integrada em seu dispositivo que amplia tudo na tela de seu dispositivo. 

Isto é, a maioria dos navegadores baseados em computador permite que você aumente o zoom segurando o botão “Ctrl” (Controle) no Windows ou o botão “Comando” no Mac e, em seguida, tocando no botão “+” (mais). Então, basta continuar a tocar em “+” até que o texto seja mais confortável de ler. Por outro lado, para diminuir o zoom, segure novamente o botão “Ctrl” no Windows ou o botão “Comando” no Mac e toque no botão “-” (menos).

Já na maioria dos smartphones modernos, você pode aumentar e diminuir o zoom em um aplicativo de navegador “beliscando” ou “espalhando” o polegar e o indicador na tela. Agora, se você quer ampliar apenas uma parte ou toda a tela, use estas instruções a seguir para habilitar o recurso de ampliação em seu dispositivo.

Em um computador Windows

  • Clique no botão Windows no canto inferior esquerdo da tela;
  • Selecione ícone “engrenagem” neste menu para acessar o menu Configurações;
  • Em seguida, clique em “Facilidade de acesso”;
  • Toque em “Lupa”;
  • Selecione “Ativar lupa”.

Acessibilidade para pessoas com deficiência visual em um computador Mac

  • Clique no logotipo da Apple no canto superior esquerdo da tela;
  • Após isso, clique em “Preferências do Sistema…”;
  • Clique em “Acessibilidade”;
  • Selecione o  “Zoom”;
  • Marque as caixas dos recursos que deseja ativar. Esses recursos permitem que você amplie a tela usando combinações de teclado ou “gestos” em um trackpad de laptop.

Em um smartphone ou tablet Android

  • Selecione o ícone Configurações na tela inicial;
  • Toque em “Acessibilidade”;
  • Clique em “Ampliação”;
  • Em seguida, toque no botão para ativar o atalho de ampliação;
  • Depois de ativar o atalho, você pode ativar a ampliação deslizando de baixo para cima na tela com dois dedos; Em seguida, segure um dedo em qualquer lugar da tela para ampliar essa área.

Acessibilidade para pessoas com deficiência visual em um iPhone ou iPad

  • Selecione o  ícone Configurações na tela inicial;
  • Toque em “Acessibilidade”;
  • Clique em “Zoom”;
  • Ative a chave ao lado de “Zoom”.

Atalhos práticos no teclado do computador 

Os atalhos do teclado são combinações de teclas pressionadas ao mesmo tempo  que podem tornar a navegação na Internet mais fácil. Embora esteja longe de ser uma lista completa, esses são alguns atalhos práticos que podem ajudar as pessoas com deficiência visual a navegar na Internet com mais eficiência:

  • Ctrl / Command + “+” – Ampliar;
  • Segure Ctrl / Command + “-” – Para diminuir o zoom;
  • Pressione Ctrl / Command + 0 – Para retornar ao nível de zoom padrão;
  • F11 (Windows) ou Control + Command + F (Mac) – Visualize o navegador no modo de tela inteira;
  • Backspace (ou Alt + Seta para a Esquerda) – Voltar;
  • Shift + Backspace (ou Alt + Seta para a direita) – Avançar;
  • Selecione Ctrl / Command + N – Para abrir uma nova janela do navegador;
  • Ctrl / Command + T – abre uma nova guia do navegador
  • Segure Ctrl / Command + Shift + T – Para abrir a última guia fechada;
  • Ctrl / Command + W – Fechar a guia atual;
  • F5 – recarregar a página;
  • F6 – Selecione a barra de endereço (URL).

Observação: Os computadores Windows usam o botão Ctrl (Control) para alguns dos atalhos abaixo, enquanto os Macs usam o botão Command. Além disso, em alguns teclados, pode ser necessário manter pressionada a tecla fn ou tocar na tecla F Lock antes de usar um dos botões “F” na linha superior.

Mais ferramentas para promover acessibilidade para pessoas com deficiência visual 

Quando se trata de acessibilidade para pessoas com deficiência visual, os dispositivos modernos estão muito bem preparados. Contudo, além de todos os recursos disponíveis e que mostramos até agora, há outras ferramentas para promover acessibilidade online. Acompanhe!

Tamanho e velocidade do cursor

Pode ser fácil perder o controle de um cursor do mouse enquanto ele passa pela tela do computador. Por isso, nas configurações do seu dispositivo, você pode personalizar a velocidade com que o cursor se move e o quão grande ele fica na tela.

Cores invertidas, modo escuro e alto contraste

A configuração “inverter cores” vira as cores na tela para o lado oposto da roda de cores. Os fundos brancos tornam-se tons de preto, os azuis tornam-se laranjas e os verdes tornam-se roxos. Sua aparência é chocante no início, mas algumas pessoas com deficiência visual notam menor fadiga ocular com o uso prolongado da tela.

O modo escuro, agora um recurso popular na maioria dos sistemas operacionais e navegadores da web, serve a um propósito semelhante. Mas, ao contrário das cores invertidas, não altera a aparência da maioria das imagens e cores. Em vez disso, ele altera fundos brancos para preto ou cinza escuro.

O alto contraste destaca o texto em relação ao fundo e desenha linhas mais claras ao longo das bordas da janela ou do menu. Ainda, alguns dispositivos também invertem as cores no modo de alto contraste, mas essa nem sempre é a configuração padrão.

Filtros de cor

Pessoas com diferentes formas de daltonismo (deficiência na visão das cores) podem usar filtros de cores para tornar suas telas mais fáceis de ver. Frequentemente, você pode escolher cores personalizadas ou selecionar um filtro predefinido.

Os computadores Mac, por exemplo, permitem que você escolha uma das seguintes predefinições de filtro para daltonismo:

  • Vermelho / verde (Protanopia);
  • Verde / vermelho (Deuteranopia);
  • Azul / amarelo (Tritanopia);
  • Escala de cinza.

“Visualizações do leitor” do navegador da Internet

Muitos navegadores modernos da Internet podem agora remover as distrações visuais de artigos online e exibir o texto sozinho. Além de remover anúncios, menus e imagens desnecessárias, muitos desses recursos permitem que você personalize a aparência de um artigo simplificado. Você pode ajustar o tamanho do texto, fonte, espaçamento e cor de fundo.

O popular navegador de internet Firefox inclui um recurso chamado “Reader View”, que também é emparelhado com uma função de leitura de voz. E, claro, o Firefox e seu recurso Reader View são gratuitos.

O “Safari Reader” está incluído no Safari, o navegador de internet integrado nos dispositivos Apple. Também, o navegador Microsoft Edge do Windows usa um recurso semelhante chamado “Leitor Imersivo”. Ou seja, hoje em dia realmente há inúmeras ferramentas de acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Contudo, não basta apenas usá-las para facilitar o acesso online, é importante também cuidar da sua visão.

Cuide da sua visão 

Nós da Lenscope somos uma health tech que utiliza tecnologia e inovação com o propósito de impactar a saúde visual de, cada vez mais, um número maior de pessoas. Um par de olho por vez. 

Por isso, você pode utilizar nossa ferramenta de teste de visão, capaz de detectar miopia e astigmatismo para acompanhar sua saúde visual. Afinal, é muito importante fazer testes regularmente para detectar precocemente qualquer problema ocular. Então, aproveite que está aqui e teste seus olhos.

E aí, o que achou deste conteúdo? Que tal receber conteúdos exclusivos sobre saúde visual todos os dias? Para isso, assine agora nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

acessibilidade para pessoas com deficiência visual - teste de visão

Fontes: 

Allaboutvision

Abilitynet

Switchit

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *