arterite temporal

Arterite Temporal: causas, sintomas e tratamentos

Este post foi atualizado em 13 janeiro, 2021

A arterite temporal é uma condição autoimune que afeta as artérias da circulação sanguínea por meio de uma inflamação. Essa inflamação ocorre nas artérias que fornecem sangue para a cabeça e para o cérebro. Em casos mais graves, pode levar à cegueira. 

Apesar do nome “temporal”, é uma doença crônica, ou seja, não tem cura.

É mais comum em pessoas por volta dos 50 anos, sendo ainda mais comum a partir dos 70. A arterite temporal pode também ser chamada de Doença de Horton, Arterite de células gigantes (ACG) ou Arterite craniana.

Sintomas

Os sintomas mais comuns da arterite temporal são:

  • Febre
  • Visão dupla
  • Rigidez
  • Anemia
  • Dor de cabeça
  • Cansaço
  • Fraqueza muscular
  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Fadiga
  • Dor para mastigar ou falar por muito tempo

Em casos mais graves, a arterite temporal pode levar à perda da visão.

Causas

No caso da arterite temporal e de outras doenças autoimunes, muitas vezes a causa não é bem definida. Só sabemos que se dá por conta de um desequilíbrio na imunidade. 

Isso porque, todas as doenças autoimunes têm como característica reações diversas, que variam no organismo de cada pessoa à medida em que os anticorpos, ao invés de proteger o nosso corpo, o “atacam”.  

Pessoas que possuem polimialgia reumática frequentemente também apresentam arterite temporal. 

Como é feito o diagnóstico

O médico primeiro vai observar os sintomas e alguns sinais que podem indicar a arterite temporal, como por exemplo condições neurológicas, problemas de visão e as artérias da cabeça sobressaltadas.

Com isso, serão feitos exames de sangue para medir a quantidade e funcionamento de glóbulos vermelhos. Além disso, também é medido a quantidade de proteínas, que podem indicar que há uma inflamação no corpo.

Um exame de fundo de olho também pode ser requisitado.

Entretanto, para o diagnóstico final, ainda é necessário, realizar uma biópsia da artéria suspeita. Só a partir daí, é possível ter um diagnóstico específico e definitivo.

Tratamento

A arterite temporal é uma doença crônica, ou seja, não tem cura. Mas com o tratamento adequado, é possível ter uma vida normal e, principalmente, evitar a perda da visão.

O tratamento é feito com o uso de corticóide, ou outros medicamentos imunossupressores. Eles evitam danos nos tecidos, que podem acontecer porque a doença pode causar problemas no fluxo sanguíneo.

Além disso, podem ser necessários analgésicos para dores e outros sintomas. Além de vitaminas para controle da fadiga e da fraqueza causada pela doença. 

Mesmo com o tratamento encaminhado, é importante visitar o médico periodicamente, pois os imunossupressores podem ter efeitos colaterais fortes. 

Complicações da Arterite temporal

Se não for tratada corretamente, a arterite temporal pode levar a danos mais graves. As principais complicações da doença são: 

  • Perda da visão
  • Surgimento de aneurismas
  • Fraqueza dos músculos dos olhos
  • Inflamação e rompimento de vasos sanguíneos do corpo

Portanto, é importante lembrar que, ao menor dos sintomas, devemos sempre procurar orientação médica.

E se você já teve ou está suspeitando que esteja com arterite temporal, conta pra gente nos comentários. Assim podemos ajudar ajudar mais pessoas com a mesma condição, compartilhando informações.

Esperamos conversar com você aqui nos comentários.

Fontes

Healthline

Cleveland Clinic

NHS

Aspectos Clínicos da Arterite temporal 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Pin It on Pinterest