cavidade ocular

Traumas na cavidade ocular e outras fraturas

1
(1)

A cavidade ocular envolve o olho e nada mais é do que um conjunto de ossos (7 ossos no total) que formam a cavidade, chamada também de cavidade óssea.

Aliás, ela é vulnerável a infecções, traumas ou até lesões e por isso o cuidado com ela é fundamental.

Vamos tratar sobre esse assunto hoje, explicando sobre traumas que colocam em risco essa parte fundamental do olho.

Prontos?

O que é cavidade ocular 

A cavidade ocular – conhecida por órbita ocular ou até cavidade óssea – protege importantes partes do olho:

 Globo ocular

  • Todos os músculos responsáveis pelos movimentos dos nossos olhos;
  • Glândulas lacrimais;
  • Nervos cranianos;
  • Vasos sanguíneo;
  • Ligamentos;
  • Outros nervos.

Inclusive, é através da cavidade ocular que o olho está conectado à artérias, veias e ao importante nervo óptico.

A borda da cavidade é feita de ossos bastante grossos, enquanto que a parte do assoalho orbital e o lado nasal são muito sensíveis.

Assim, qualquer trauma nesta cavidade afeta também partes dos nossos olhos, por exemplo a pupila, além de causar  manchas nos olhos.

Aliás, a nossa cavidade ocular é dividida em quatro partes. Listamos cada uma delas para você conhecer a seguir:

Parede inferior 

Na parte inferior, conhecido por assoalho orbital, a cavidade ocular é formada pelos:

  • Osso da mandíbula superior;
  • Parte do osso que forma a bochecha (zigomático);
  • Uma parte pequena do palato duro (osso palatino). 

Uma fratura nessa parte é comum quando sofremos um trauma lateral no rosto.

Por exemplo, em um acidente de carro, o choque com algum objeto duro ou até um soco no rosto.

Osso zigomático

Este osso forma a parede lateral ou externa da cavidade ocular e é nesta região que vários nervos importantes passam.

Pancadas no rosto, na parte lateral, ou na bochecha prejudicam essa parte da cavidade.

Parede medial

Nesta parte, temos a separação da cavidade nasal do cérebro, sendo formada portanto, pelo osso etmóide.

Quando alguém sofre, por exemplo, uma pancada forte no nariz ou na região ocular, a fratura, geralmente, se dá nesta parte da cavidade.

Parede superior

Por último, mas não menos importante, temos a parede superior. Ela é formada pelo osso frontal, pela testa, e fraturas nesta parte são mais raras.

No entanto, o cuidado aqui vale também!

Tipos de fraturas na cavidade ocular 

Conhecendo cada uma das partes da cavidade ocular, vamos te contar sobre os tipos de fraturas.

É importante lembrar que cada tipo de fratura depende da região afetada pelo trauma, por exemplo:

  • Fratura da borda orbital;
  • Parede orbital (fratura por explosão);
  • Direta do assoalho da órbita;
  • Fratura de alçapão.

Fratura da borda orbital

Neste tipo, a fratura acontece por causa de um impacto muito forte no rosto. 

Como exemplo, em um acidente de carro, em que a pessoa bate o rosto direto no volante do veículo ou no painel.

Como a força dessa pancada é, muitas vezes, grande. Por isso, é comum que ela atinja também o cérebro e deixe lesões externas em outras regiões da face.

Neste tipo de fratura, podemos dividir as lesões orbitais em dois grupos:

  • Fraturas zigomáticas – atinge a borda orbital inferior do olho (maçã do rosto)
  • Fratura óssea frontal – atinge a borda superior do olho (faz parte da testa)

O olho é o principal afetado, mas outras partes também, como os músculos oculares.

Além disso, os seios da face, canais lacrimais e o nervo óptico (responsável pela visão) podem ser severamente afetados.

Fratura da parede orbital

Esse tipo de fratura é também conhecido por “fratura por explosão”.

A borda óssea do olho permanece intacta, porém, o assoalho da cavidade ocular racha ou é rompido.

A maioria das fraturas da parede orbital são causadas por impactos na região frontal do olho. 

Geralmente, acidentes de carro, impactos com objetos grandes (como bolas) ou um soco provocam essa fratura.

Aliás, esse tipo de fratura prejudica o funcionamento dos músculos oculares e estruturas vizinhas a eles, prejudicando o controle dos movimentos dos olhos.

Por isso, dessa forma, é comum que a pessoa tenha visão dupla, já que o olho não se move de forma ideal na órbita.

Fratura direta do assoalho da órbita

A fratura direta do assoalho da órbita causa não só a rachadura do assoalho, como também para outras áreas da cavidade ocular.

Fratura de alçapão

Este tipo de fratura na cavidade ocular acontece mais em crianças, já que os ossos delas ainda são flexíveis, diferente dos adultos.

Assim, devido a um impacto forte, o osso orbital do olho se flexiona para fora e retoma, imediatamente, para a posição inicial.

Mas, é preciso cuidado, isso porque embora o osso não quebrou, ainda é uma lesão grave.

Ou seja, os nervos oculares, em alguns casos, são afetados. 

Sintomas de fraturas na cavidade ocular

Alguns sintomas ajudam na identificação de uma fratura na cavidade ocular, por exemplo:

  • Visão dupla;
  • Inchaço na pálpebra;
  • Dor, hematomas, sangramento ao redor do olho;
  • Lacrimejamento;
  • Pálpebra caída;
  • Vômito e náuseas;
  • Dificuldade para movimentar os olhos em determinadas direções;
  • Posição anormal do olho (olho saliente para fora da órbita ou afundado);
  • Inchaço e deformidade da testa, bochecha;
  • Dor na bochecha ao tentar abrir a boca;
  • Dormência na testa, pálpebras, bochechas, lábio superior ou dentes superiores do mesmo lado do olho ferido.

 Diagnóstico de fraturas na cavidade ocular 

O diagnóstico é feito por um médico especialista, que vai avaliar a área lesionada do olho, além da visão.

Outra medida é aferir a pressão ocular, porque já que quando elevada pode causar sérios danos ao nervo óptico.

Além disso, o médico também pode pedir uma tomografia computadorizada ou um raio-x da região lesionada.

Tratamentos para fraturas na cavidade ocular 

Dentre os tratamentos para fraturas na cavidade ocular, destacamos, por exemplo:

Cirurgia

Em alguns casos, a cirurgia é recomendada. Dessa forma, o cirurgião poderá esperar o inchaço da região lesionada diminuir para realizar a cirurgia.

Basicamente, é feita uma pequena incisão no canto externo do olho e outra no lado interno da pálpebra.

O procedimento serve para:

  • Remoção de pedaços de osso;
  • Reestruturação da órbita do olho;
  • Reparar ligamentos, nervos ou músculos.

É bastante importante você saber que a cirurgia é uma opção de tratamento nos seguintes casos:

  • Sintoma de visão dupla não melhorou dias após a lesão ter acontecido;
  • Se a lesão “empurrou” o globo ocular para trás da cavidade ocular;
  • Se uma grande parte da parede inferior for afetada, causando deformação na face

Spray descongestionante 

Uma das maneiras de tratar e que é recomendado pelos médicos é o uso de um spray descongestionante.

Basicamente, você precisa aplicar ele no nariz, para prevenir que você espirre ou assoe o nariz. 

Antibióticos 

Em alguns casos, para evitar infecções, o médico prescreve antibióticos. 

Outras recomendações

Além dos tratamentos que já citamos, alguns médicos podem ainda recomendar algumas medidas que você deve fazer em casa, para ajudar no tratamento da fratura na cavidade ocular:

  • Dormir com a cabeça elevada em travesseiros extras
  • Não fazer força ao se levantar, empurrar um objeto pesado ou evacuar
  • Tomar analgésicos para a dor, como ibuprofeno (Advil) ou paracetamol (Tylenol)
  • Fazer compressas de gelo em um pano e colocá-las na área para reduzir o inchaço

Recuperação de cirurgia na cavidade ocular

A cirurgia é considerada um procedimento que não causa dor, porém, você vai precisar de repouso por alguns dias após ter feito a cirurgia na cavidade ocular.

Dessa forma, para a recuperação, você não poderá fazer força, nem atividades físicas por pelo menos duas ou três semanas.

Além disso, o médico pode ainda prescrever o uso de antibióticos orais por uma semana e uso de compressas de gelo na área também.

Outras condições que comprometem a cavidade ocular

Infecção

Infecções causadas por gripes, resfriados, sinusite, entre outros, afetam a cavidade ocular.

Isso porque podem desencadear o aparecimento de infecções na pele do rosto, devido à ação de bactérias.

Inflamação

Em alguns casos, inflamações na cavidade ocular podem afetar os tecidos da região. 

O quadro mais típico dessa inflamação é a Pseudotumor inflamatório orbital. A condição pode causar visão dupla, dor e limitação de movimento do olho.

Tratamentos:

  • Cirurgia;
  • Uso de medicamento;

Em alguns casos pode desaparecer por completo dentro de alguns dias.

Tumor

Tumores na cavidade ocular – benignos ou cancerosos – causam problemas na visão e vão exigir tratamentos.

Alguns sintomas bem comuns são:

  • Olhos esbugalhados;
  • Dor, queda das pálpebras;
  • Visão dupla;
  •  Perda de visão.

Em tumores benignos, cirurgias, procedimentos a laser ou medicamentos podem remover esse tumor.

Outras condições graves

Algumas doenças podem afetar a cavidade ocular, como a Doença de Graves.

Essa doença afeta os tecidos de gordura ou músculos dos olhos.

Dessa forma, a doença pode “empurrar” o olho para frente, ou causar retração na pálpebra.

Os sintomas podem ser:

  • Visão dupla;
  • Olhos secos;
  • Perda de visão.

Pode ser indicado o procedimento cirúrgico para remoção de tecidos gordurosos da região ou a descompressão orbital

É possível prevenir traumas na cavidade ocular? 

Sim! Você consegue prevenir traumas na cavidade ocular com essas ações:

  • Usar óculos de proteção;
  • Máscara protetora ao praticar esportes com bola;
  • Cinto de segurança no carro;
  • Manter a cabeça contra o encosto de cabeça e longe do airbag enquanto dirigir;
  • Usar óculos de proteção ao atirar em armas de fogo ou trabalhar com explosivos ou itens pressurizados
  • Usar equipamento de proteção ao trabalhar em uma área perigosa

Já sofreu alguma fratura na cavidade ocular?

Você precisa sempre se prevenir de traumas na cavidade ocular. Para isso, pode adotar as nossas medidas de prevenção.

Aliás, diante de qualquer sintoma, como visão dupla, dor, inchaço ou hematoma na face busque ajuda médica imediatamente.

Além disso, não deixe de consultar-se com o seu oftalmologista regularmente para renovar a receita de óculos.

Antes de ir ao médico, você pode realizar em apenas 3 passos um teste de visão com resultados precisos.

O teste de acuidade visual foi desenvolvido exclusivamente por nós, da Lenscope, com a ajuda e orientação de médicos e especialistas. É 100% online e gratuito e você tem resultados precisos sobre miopia, astigmatismo, entre outros problemas.

Faça agora o teste de acuidade visual Online e gratuito  

cavidade ocular - teste de visão

Mas, agora, queremos que você participe nos comentários!

Já sofreu algum trauma na cavidade ocular? Pode escrever a sua dúvida que vamos te responder. 

Fontes:

Verywellhealth

MedicalNewsToday

healthline

Harvard Health Publishing 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *