cirurgia de estrabismo

Cirurgia de estrabismo. Como funciona?

A cirurgia de estrabismo só é recomendada quando outros tratamentos não apresentam resultado. Isso porque geralmente apenas com o uso de óculos corretivo ou tampão já é possível corrigir o desvio dos olhos. 

Por esse motivo, a cirurgia de estrabismo não deve ser a primeira opção do paciente. Inclusive, na maioria dos casos ela não chega a ser necessária, pois o desalinhamento dos olhos é corrigido com outros métodos.

No entanto, existem alguns casos específicos em que a cirurgia é indicada.

Quem tem estrabismo alto, por exemplo, precisa fazer a cirurgia. A intervenção cirúrgica também é recomendada quando o estrabismo é constante na infância, para evitar o desenvolvimento da cegueira estéreo.

O principal objetivo da cirurgia de estrabismo é ajustar o alinhamento dos olhos. Para isso, é preciso mudar a posição dos músculos.

O procedimento consiste em fazer um pequeno corte na lateral do olho para tensionar ou alongar o músculo. Esse corte é feito sob anestesia local ou geral, de acordo com a preferência do paciente.

A recuperação não é demorada, mas é comum que os olhos fiquem vermelhos e mais sensíveis. O pós-operatório inclui também um período de adaptação com a nova focalização ocular.

Além dos óculos corretivos e do tampão, também existem exercícios oculares que melhoram a visão e podem evitar uma possível cirurgia.

cirurgia de estrabismo

Causas do estrabismo

O estrabismo é causado por uma falha nos músculos que controlam o movimento dos olhos. Cada olho tem 6 músculos responsáveis pela focalização nos objetos e é o cérebro que comanda esses músculos enviando impulsos nervosos.

Por esse motivo, enfermidades que afetam o sistema nervoso central podem causar estrabismo.

Doenças neurológicas – como paralisia cerebral e traumas -, e doenças genéticas como a Síndrome de Down normalmente são acompanhadas de estrabismo.

De acordo com o médico Dráuzio Varella, outros distúrbios como hidrocefalia, prematuridade, viroses e tumores cranianos também podem causar estrabismo.

Também é muito comum que o estrabismo apareça em crianças. É o chamado estrabismo infantil, que além de prejudicar a visão também pode interferir no desenvolvimento cognitivo da criança.

O primeiro passo para tratar o estrabismo infantil é identificar o que causou o desalinhamento dos olhos. É necessário fazer uma avaliação completa para analisar outros sintomas que a criança possa apresentar.

Uma vez feito o diagnóstico, o uso de óculos costuma ser o suficiente para corrigir o desvio. Para bebês de até seis meses, também é possível tratar o estrabismo usando tapa-olho no olho saudável. Assim o cérebro será forçado a desenvolver os músculos do olho afetado.

Quanto custa uma cirurgia de estrabismo?

O preço da cirurgia de estrabismo varia de R$2.500 a R$10.000. O valor é calculado de acordo com o grau de complexidade do procedimento e se será feito em um olho ou nos dois.

Para receber um orçamento, é necessário consultar um especialista em estrabismo, que irá avaliar o caso e o grau de complexidade da cirurgia. 

Também é possível fazer a cirurgia de estrabismo gratuitamente pelo SUS.

Quais são os riscos da cirurgia de estrabismo?

Os principais deles são visão dupla, infecção do olho, sangramento ou diminuição da capacidade de enxergar. Entretanto, a cirurgia de estrabismo é um procedimento relativamente simples, por isso os riscos são bem baixos. Mas, como em qualquer outra cirurgia, apesar de raros, os riscos existem.

Alias, são situações muito raras e que, caso ocorram, podem ser eliminadas no pós-operatório.

Também existe a possibilidade do paciente precisar de uma nova cirurgia no futuro, a chamada recidiva.

Qual o tempo de recuperação de uma cirurgia de estrabismo?

A cirurgia demora entre 20 minutos a 1 hora e 30 minutos, dependendo da quantidade de músculos que precisam ser reparados.

Já a duração do pós-operatório varia de pessoa pra pessoa. Geralmente, o paciente fica 7 dias em repouso, mas a recuperação total leva cerca de um mês. 

Nas primeiras três semanas, é necessário evitar fazer esforço físico e não frequentar lugares com água, como praias e piscinas.

Quem pode fazer cirurgia de estrabismo?

Qualquer pessoa pode fazer a cirurgia de estrabismo, incluindo crianças e adolescentes.

Também não existe uma faixa etária limite para fazer o procedimento, ou seja, qualquer adulto pode realizar a operação. 

Geralmente, quando feita em crianças e adolescentes a cirurgia tem como objetivo evitar problemas maiores. Na maior parte das vezes os adultos recorrem à cirurgia por motivos predominantemente estéticos. 

No entanto apenas um médico oftalmologista poderá indicar a realização da cirurgia ou outros tratamentos.

cirurgia de estrabismo

Cirurgia de estrabismo. Como funciona?
Média 5 de 1 votos



Comentários

    1. Oi, Geraldo! Tudo bom?

      Muito obrigada pelo comentário em nosso artigo 🙂

      A Lenscope é um serviço inovador de troca de lentes para óculos 😊 oferecemos um serviço 100% online para que você possa ter todo conforto e comodidade na hora de comprar seu óculos novo através da receita de óculos médica. Nós não somos médicos da área, mas para ajudar com dúvidas como essa que nos contou, criamos conteúdos que possam te ajudar em relação à saúde dos olhos, problemas de visão, até mesmo lentes, armações e dicas exclusivas que ninguém conta 🙂
      Por isso, o mais indicado é você procurar ajuda do especialista para que ele possa te passar o melhor diagnóstico e tratamento para o seu caso.

      Sempre que precisar, conte com a gente! 😊

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Nós utilizamos a tecnologia a nosso favor e oferecemos uma experiência inovadora para você comprar as lentes para seus óculos sem sair de casa! E o melhor de tudo? Podendo ter as melhores lentes do mercado sem gastar uma fortuna para isso.

Pin It on Pinterest