Como prevenir coronavírus

Como prevenir coronavírus: evite se contaminar com colírios

0
(0)

Para quem usa colírio, é importante saber como prevenir coronavírus ao aplicar o produto nos olhos. Afinal, a superfície ocular tem enzimas de entrada do vírus Sars-CoV-2 . Por isso, os colírios também podem disseminar covid-19, se em contato com olho contaminado e compartilhado.

Portanto, os cuidados com os olhos devem ser redobrados para a prevenção do coronavírus. Por isso, nesse artigo, vamos te mostrar como prevenir coronavírus, além de como evitar a contaminação pelos olhos.

Então, continue lendo para saber mais e descubra também como os novos hábitos impostos pela Covid-19 podem afetar a sua visão.

Como prevenir coronavírus

Mesmo com a liberação da vacina, a prevenção contra o coronavírus precisa continuar. Isso vale tanto para quem já se vacinou e, principalmente, para quem ainda aguarda a vacina.

Por isso, listamos a seguir, algumas ações que ajudam a prevenir a disseminação da Covid-19, bem como de outros vírus e influenza.

Então, se você não foi totalmente vacinado contra Covid – 19:

Todos:

  • Evite contato próximo com pessoas doentes.
  • Minimize o contato com os olhos, nariz e boca.
  • Fique em casa quando estiver doente.
  • Cubra sua tosse ou espirro com um lenço de papel e jogue-o no lixo.
  • Limpe regularmente objetos e superfícies tocados com frequência.
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão.

Como prevenir coronavírus: evite a contaminação pelos olhos

O coronavírus pode se espalhar pelos olhos da mesma forma como acontece pela boca ou nariz. Quando alguém que tem coronavírus tosse ou conversa, partículas do vírus podem espirrar de sua boca ou nariz em seu rosto. Então, você provavelmente respirará essas pequenas gotas pela boca ou nariz. 

Contudo, caso seus olhos estejam expostos, as gotículas também podem entrar em seu corpo através deles. Então, é importante também proteger os olhos.

Além disso, pessoas com coronavírus também podem espalhar a doença através de suas lágrimas. Pois, tocar lágrimas ou superfícies onde as lágrimas contaminadas caíram é outra forma que alguém pode ser infectado. Somando a isso, você também pode se contaminar ao tocar em seus olhos após encostar em algo que esteja infectado pelo vírus.

Por isso, os cuidados com os olhos devem ser redobrados para a prevenção da Covid-19. Para isso, você pode:

  • Se você usa lentes de contato, considere mudar para óculos por um tempo, pois o uso de óculos pode adicionar uma camada de proteção aos seus olhos
  • Estocar prescrições de remédios para os olhos, se puder. Dessa forma, você não terá que ficar indo atrás disso durante a pandemia.
  • Evitar esfregar os olhos para reduzir as chances de contaminação. Se for muito necessário coçar os olhos, lave as mãos primeiro.
  • Praticar higiene segura e distanciamento social.

Agora, descubra se é possível que haja contaminação por compartilhamento de colírios.

É possível a contaminação por compartilhamento de colírios

Sim, é possível se contaminar ao compartilhar colírios. De acordo com o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, “a higienização das mãos por conta da pandemia diminuiu em 20% os casos de conjuntivite viral atendidos pelos consultórios nos últimos dois meses.” 

Contudo, nos meses mais frios, a irritação nos olhos aumentou em  35% dos pacientes que chegam ao hospital usando a sobra do colírio de um familiar. Ou seja, “compartilhar colírio nunca foi boa ideia porque cada pessoa tem uma flora bacteriana e 30 dias depois de aberto, todo colírio perde a validade”, afirma Queiroz Neto. 

O risco é ainda maior em meio a pandemia. Como observa ainda Queiroz Neto, “basta tocar o bico dosador no olho para pegar covid-19 caso a outra pessoa tenha o vírus alojado no olho. Isso porque, estudo publicado na Nature Medicine mostra que a superfície ocular tem duas enzimas de entrada do coronavírus, a ACE2 e a TMPRSS2”. 

Ele explica ainda que essas enzimas permitem a sobrevivência do Sar-Cov-2 por 27 dias na lágrima que forma a barreira de proteção entre o olho e o ambiente. Por isso, até uma pessoa sem nenhum sintoma de covid pode transmitir o vírus quando compartilha colírios, toalhas, fronhas ou cosméticos. 

Além disso, a infecção pode atingir o sistema respiratório através do canal lacrimal que interliga o olho ao nariz.  Apesar disso, o oftalmologista destaca que três estudos divulgados pela Academia Americana de Oftalmologia revelam que a conjuntivite viral só acontece nos casos graves de covid-19.

Ou seja, é importante se atentar ao compartilhamento de objetos para prevenir coronavírus. Saiba mais a seguir

Evite o contágio por compartilhamento de objetos pessoais

Como o coronavírus pode ser transmitido pelo contato com o fluido ou secreção contaminada, é importante lavar e desinfetar as mãos com frequência. Além disso, é importante também evitar o compartilhamento de objetos pessoais onde lágrimas tenham caído ou qualquer outro tipo de secreção. 

Por exemplo:

  • toalhas,
  • travesseiros,
  • maquiagem;
  • e óculos.

Lembre-se que não é uma época segura para compartilhar esses tipos de itens. Continue lendo e saiba mais sobre o uso de óculos como proteção contra o coronavírus.

Uso de óculos como proteção contra coronavírus

De acordo com estudos liderados por Amit Kumar Saxena, pessoas que usam óculos têm até 3x menos chance de ter COVID-19. Agora você deve estar se perguntando: e quem não usa óculos, o que fazer?

Se você não usa óculos, não precisa se preocupar, pois, é possível recorrer aos óculos sem grau. Isso mesmo. Há óculos não graduados, mas com tratamentos específicos para proteger a sua visão de diversos fatores prejudiciais à saúde ocular. Entre esses fatores estão: a exposição à luz azul e aos raios ultravioletas, por exemplo.

Ou seja, em um momento como esse é preferível recorrer aos óculos do que às lentes. Saiba porque a seguir.

Lentes de contato

Os usuários de lentes de contato tocam os olhos com mais frequência do que a média das pessoas. Por isso, agora que sabemos que o coronavírus é transmitido pelo contato, é importante considerar usar óculos com mais frequência e evitar as lentes de contato. 

Além disso, os óculos servem como uma barreira extra para prevenir coronavírus, pois podem lembrá-lo de não tocar seus olhos. Contudo, se você deve necessariamente usar lentes de contato, certifique-se de limpá-las e desinfetá-las exatamente como seu oftalmologista recomenda. 

Mas, lembre-se que, apesar dos óculos protegerem seus olhos também de gotículas respiratórias infectadas, eles não fornecem 100% de segurança. Afinal, o vírus ainda pode alcançar seus olhos ao ar livre.

Coronavírus e novos hábitos que podem prejudicar a visão

Com a mudança na rotina para proteção contra a covid-19, estamos forçando mais os olhos. Com isso, uma série de sintomas e doenças podem aparecer ou ocorrer complicações das condições já existentes. 

A síndrome do olho seco é um exemplo de condição ocular causada pelo esforço excessivo dos olhos. Contudo, há também outras doenças que podem precisar do uso de colírios de uso pessoal. 

Mas, ainda há pessoas que, muitas vezes, estão negligenciando a consulta médica e a necessidade de usar ou trocar as lentes e estão sofrendo com problemas oculares como:

Então, se durante o isolamento da Covid-19 você adquiriu hábitos como:

  • passar longas horas no celular;
  • trabalhar em frente ao computador sem dar descanso aos olhos a cada 20 minutos;
  • não se preocupar com o ajuste da iluminação das telas;
  • usar produtos de limpeza sem os cuidados adequados.

É importante que se atente à sua saúde ocular, acompanhando-a com cuidado para evitar problemas futuros ou agravamento de problemas já existentes.

Como está a sua visão nessa pandemia?

E então, você está cuidando da sua visão nessa pandemia? Lembre-se que é importante estar atento a qualquer mudança nas vistas e nós podemos te ajudar nessa missão. Afinal, o nosso objetivo é ajudar você a manter a saúde dos seus olhos em dia, e de forma acessível.

Por isso, ao fazer o nosso teste de visão gratuito e desenvolvido com tecnologia exclusiva, você pode acompanhar sua visão em apenas três passos rápidos e sem sair de casa.

Ou seja, agora você pode testar seus olhos para miopia e astigmatismo de forma simples e prática, sem precisar se expor ao risco de contaminação. Mas, caso você já possua alguma dessas condições, é possível saber se o seu grau mudou durante o isolamento e se precisa de uma nova receita de óculos.como prevenir coronavírus - teste de visão

Lembre-se que é necessário continuar se prevenindo para resguardar a sua própria vida e das pessoas próximas a você. Então, siga as recomendações da OMS e vacine-se quando chegar a sua vez.

Você ficou com alguma dúvida? Diga pra gente nos comentários e aproveite para comentar se gostou desse conteúdo.

Fonte:

Ophthalmologyadvisor

Umich

Aao

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *