conjuntiva

Conjuntiva: o que é, função e principais doenças

0
(0)

A conjuntiva do olho é uma membrana que reveste a parte posterior da pálpebra, se prolongando até a parte externa da nossa córnea, na esclera, a parte branca do nosso olho. 

A conjuntiva é composta por uma camada mucosa transparente e sua função é sempre proteger o globo ocular contra “corpos estranhos”.

Aliás, estes “corpos estranhos” podem ser desde vírus e bactérias, até agentes alergênicos ou objetos pontiagudos que podem perfurar nosso globo ocular.

Infelizmente, existem algumas doenças oculares que podem afetar a nossa conjuntiva, comprometendo a sua função e causando bastante incômodo nos olhos. Saiba mais sobre elas. 

Função da conjuntiva

A conjuntiva tem muitas funções importantes e que ajudam a proteger a nossa visão. Dentre elas, destacamos:

  • Proteger contra a entrada de micróbios nos olhos: a conjuntiva atua como barreira protetora de nossos olhos contra vírus e bactérias. 
  • Lubrificação do olho: embora em menor quantidade que o canal lacrimal, a conjuntiva tem função de lubrificar nossos olhos. Um exemplo claro é quando abrimos e fechamos nossos olhos. A tarefa é fácil e não dolorida graças a lubrificação da conjuntiva. Ou seja, se ela não existisse, a simples ação de abrir e fechar os olhos seria doloroso e causaria irritação nos olhos.
  • Ajuda na prevenção da síndrome do olho seco: a conjuntiva tem a função de secretar um componente do canal lacrimal, graças a algumas de suas células. Assim, ela previne nossos olhos de desenvolverem a síndrome do olho seco.
  • Fornece nutrientes aos olhos: a conjuntiva possui inúmeros vasos sanguíneos e isso ajuda e facilita a tarefa de levar nutrientes aos nossos olhos e pálpebras

Veja também a anatomia completa de nossos olhos e descubra como ele é e como funciona.

Principais doenças que afetam a conjuntiva

Existem algumas doenças, como a conjuntivite, que afeta diretamente a nossa conjuntiva. Dessa forma, ocorre a inflamação. Nesses casos, é preciso atenção e cuidados específicos. 

As principais doenças que afetam a conjuntiva são: 

  • Conjuntivite;
  • Cisto conjuntival;
  • Hemorragia Conjuntival;
  • Palidez Conjuntival;
  • Linfoma Conjuntival;
  • Conjuntiva injetada;
  • Nevo Conjuntival;
  • Melanoma Conjuntival;
  • Hemangioma Conjuntival

Conjuntivite

A conjuntivite consiste na inflamação da conjuntiva do olho, podendo ser causada por vírus, bactérias ou por agentes alérgenos. 

Aliás, você sabia que dentre todos os casos de entrada em pronto-socorro, diante de problemas de visão ou acidentes envolvendo nossos olhos, a conjuntivite corresponde a 30% de todos os casos? Bastante coisa, né?

Dentre os sintomas mais comuns, destacamos a vermelhidão, coceira e a fotofobia (sensibilidade à luz).

Existem vários tipos de conjuntivite. São eles:

 Geralmente a conjuntivite é tratada em casa e, em poucos dias, os sintomas tendem a melhorar e o quadro da doença desaparecer. 

No entanto, caso perceba que os sintomas não estão passando e nem o quadro da doença melhorando, busque ajuda médica.

Você pode também ler mais sobre os tipos de conjuntivite e o que você pode fazer na sua casa para amenizar os sintomas. 

Cisto Conjuntival

O cisto conjuntival forma um saco transparente em nosso olho, com líquido claro.

É semelhante a uma bolha de ar na pele. A causa para a formação do cisto é devido a inflamações oculares ou infecções que podem ter variadas causas.

Hemorragia Conjuntival

A hemorragia conjuntival ocorre quando um pequeno vaso sanguíneo de nosso olho se rompe. Geralmente, na superfície frontal do olho, na esclera (parte branca).

Por isso, nossos olhos ficam vermelhos, porque o sangue se espalha por toda a superfície da conjuntiva.

No entanto, não é grave e a tendência é o olho se recuperar sozinho.

Palidez Conjuntival

A palidez conjuntival caracteriza sinal de anemia. Dessa forma, precisa ser tratado em conjunto com a necessidade de suprir a deficiência de nutrientes do organismo do paciente anêmico.

Linfoma Conjuntival

O linfoma conjuntival é um tumor que adquire coloração rosa-salmão e que fica localizado na parte frontal do olho, na conjuntiva.

Muitas vezes estes linfomas aparecem primeiro atrás das pálpebras e são indolores. São descobertas após o avanço da doença e através de exames de rotina.

Esta doença precisa ser tratada o quanto antes e quanto mais cedo o diagnóstico melhor!

Conjuntiva Injetada

A conjuntiva injetada ocorre quando vários vasos sanguíneos da região da conjuntiva se dilatam. As causas podem ser diversas e o olho tende a ficar vermelho.

Nevo Conjuntival

Esta doença é um tumor benigno localizado em uma das camadas da conjuntiva, a conjuntiva bulbar.

Uma característica marcante desta doença é a coloração, que vai do amarelo até o marrom, do nevo conjuntival.

Geralmente, o tratamento é realizado quando o nevo conjuntival crescer muito e adquirir um tamanho muito grande. Com isso, ele precisa ser removido através de cirurgia.

Melanoma Conjuntival

É um outro tipo de câncer, porém, mais sério e que cresce rapidamente. São raros, no entanto, quando crescem muito, podem se espalhar através dos vasos linfáticos e atingir outros órgãos, como pulmões, ossos, fígado e até cérebro.

Em alguns casos, o melanoma conjuntival é fruto de um nevo conjuntival benigno.

Dessa forma, diante de qualquer crescimento de bolsas ou aparecimento de manchas no olho, é preciso se consultar imediatamente com o médico.

Hemangioma Conjutival

Hemangioma Conjutival é um tipo de tumor benigno que afeta vasos sanguíneos da conjuntiva, deixando-a vermelha, já que forma várias bolsas (como se fossem sacos) de sangue.

Geralmente, tende a regredir sozinho e o olho se recupera totalmente, não necessitando de intervenção.

Mas, procure ajuda médica caso não notar melhoras.

Fontes

Medscape

Merck Manual

The Ocular Surface Center Berlin ;

IMAIOS

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *