consulta oftalmológica

Consulta oftalmológica é negligenciada. 10% dos brasileiros nunca foram ao oftalmologista

4.5
(2)

A visão é o principal sentido do corpo humano. Mas, curiosamente pesquisas apontam um dado alarmante. Cerca de 10% dos brasileiros nunca foram a uma consulta oftalmológica.

Não queremos que você faça parte dessa estatística. Por isso, continue a leitura e conheça as principais doenças da visão, o que pode causar cegueira e como apenas a consulta com médico oftalmologista pode te ajudar a se prevenir.

10% dos brasileiros nunca foram a uma consulta oftalmológica

Estudo realizado pelo Ibope Inteligência aponta que, a cada cinco pessoas com idade entre 18 e 24 anos, uma nunca foi a uma consulta com médico oftalmologista.

Em toda a amostragem, 10% confessam que realmente nunca se consultaram, e 25% admitem que se consultam muito raramente. Apenas quando identificam algum sintoma que acende um alerta. 

É espantoso que tantas pessoas negligenciem os cuidados com essa parte tão importante do nosso corpo. Por isso, não é incomum ouvirmos relatos de pessoas que apresentaram sintomas na região ocular e optam por medidas, como “aguardar passar” ou soluções caseiras, sem qualquer orientação de médico especialista.

Mas, devemos sempre lembrar que muitas doenças oculares são silenciosas. Por isso a importância do acompanhamento regular anual. 

Mas, você não sabe o que faz um oftalmologista? Confira neste artigo.

Quando foi sua última consulta oftalmológica?

Consultas regulares ao oftalmologista, são uma medida que deve ser adotada como forma de diminuir os riscos de desenvolvimento de doenças oculares. 

Por exemplo, o glaucoma possui a maior probabilidade de um quadro de cegueira irreversível. Mas, 53% dos entrevistados na pesquisa desconhecem essa informação. Aliás, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença já ocupa a segunda posição no ranking de causa de cegueira no mundo, perdendo o primeiro lugar para a catarata.

A visita frequente ao oftalmologista ajuda a avaliar a necessidade do uso de óculos, além de prevenir e tratar precocemente problemas graves que podem causar até mesmo a cegueira definitiva.

Leia sobre doenças que podem ser descobertas através de manchas nos olhos.

Conheça qual a frequência indicada para cada fase da vida:

Bebês

Os cuidados devem começar desde muito cedo, ainda nos recém-nascidos, com o famoso teste do olhinho e o acompanhamento deve seguir por todas as fases da vida;

Crianças

É indicado levar as crianças para uma consulta oftalmológica pelo menos uma vez ao ano. No entanto, espera-se atenção redobrada dos pais para o comportamento dos pequenos, levando-os com maior frequência, caso percebam algo incomum relacionado aos olhos;

Adolescentes

Nessa fase da vida a recomendação é agendar uma consulta com especialista a cada dois anos. Mas, caso seja identificado algum sintoma como, por exemplo: dor de cabeça frequente ou baixo rendimento escolar, as consultas deverão ser intensificadas para acompanhamento e diagnóstico;

Adultos e Idosos

É recomendado acompanhamento anual com especialista.

Saiba mais sobre quando você deve marcar uma consulta oftalmológica

Doenças oculares diagnosticas em consulta oftalmológica

É sempre importante lembrar que doenças podem ser tratadas e até mesmo evitadas. Mas, isso quando diagnosticadas em estado menos avançado. 

Segundo o Ministério da Saúde, os distúrbios de refração – são os problemas que ocorrem na lente do olho e na córnea – são as principais doenças oftalmológicas. Veja os principais distúrbios de refração, por exemplo:

 Bons hábitos para sua saúde ocular

Quando falamos de hábitos saudáveis logo vem à mente alimentação e exercícios físicos, certo? Porque, esses são grandes aliados para a nossa saúde como um todo. Por isso inclui benefícios para a saúde dos olhos.

Mas, vamos conhecer agora alguns desses elementos que podem beneficiar nossos olhos. São eles, por exemplo:

  • Ótimos aliados, são: alimentos ricos em vitaminas como A, C e E.
  • Frutas vermelhas ou roxas – amora, cereja, morango, framboesa, mirtilo;
  • Amarelas ou verdes – abacate, maçã, laranja, tangerina, limão;
  • Frutas, legumes e verduras alaranjados – cenoura, abóbora, mamão;
  • Folhas e verduras verdes – brócolis, couve, espinafre, salsa, rúcula;

Outros – atum, salmão, sardinha, truta, azeite de oliva, óleo de linhaça, ovos, alho, cebola, água, fígado, oleaginosas.

Mas, além de fazer regularmente consultas oftalmológicas e alimentação saudável, outras atitudes são extremamente importantes para a saúde dos olhos. Por isso, lembre-se de usar óculos de sol e se atentar para o tempo que passa em frente às telas de celulares e computadores.

Confira 5 hábitos saudáveis para seus olhos

Aproveite que chegou até aqui! Por isso, não deixe para agendar uma consulta oftalmológica apenas quando sentir incômodos na visão. Fique em dia com a saúde dos seus olhos.

Realize agora o teste de visão da Lenscope, 100% online e gratuito! 

Gostou deste artigo? Mas, calma! Antes de visitar outros conteúdos lembre-se de deixar seu comentário. Diariamente temos conteúdos para te informar sobre como cuidar da sua saúde ocular. 

Fonte:

Agência Brasil  

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *