dormir de olho aberto

Dormir de olho aberto é possível. Veja os riscos

4.7
(3)

Dormir de olho aberto, ou pelo menos com as pálpebras parcialmente fechadas, é chamado de lagoftalmo noturno. Essa condição atinge cerca de 20% da população adulta e tende a ser bastante comum em crianças pequenas. Mas nesse caso, costumar sumir ao longo do tempo.

Também é comum em idosos devido a alterações no tecido palpebral.

O lagoftalmo também pode ocorrer durante o dia. Pacientes com essa condição não piscam totalmente, então sempre há uma parte do olho que não recebe lubrificação lacrimal suficiente.

Dormir de olho aberto faz mal para a visão?

Pessoas que dormem com os olhos abertos podem acordar com a sensação de que seus olhos estão secos e com sensação de ter areia nos olhos.

Quem possui lagoftalmo noturno regularmente pode ter problemas oculares graves.

O que acontece se eu dormir de olhos abertos?

Se alguém mantém os olhos abertos durante o sono, eles podem secar. Sem lubrificação suficiente, os olhos são mais suscetíveis a infecções e podem ser arranhados e danificados.

As pessoas que dormem com olhos abertos podem sentir: 

A maioria das pessoas percebe que dormiu com os olhos abertos porque alguém disse que o fizeram. 

O papel de nossas pálpebras quando estamos dormindo?

Suas pálpebras funcionam como uma barreira, permitindo que as lágrimas lubrifiquem a superfície de seus olhos.

Junto com os nutrientes, as lágrimas contêm antibióticos naturais para ajudar a matar vírus e bactérias. Quando a barreira é quebrada, seu olho fica exposto ao ambiente externo e o filme lacrimal começa a evaporar quase imediatamente.

Quando isso ocorre noite após noite, seus olhos podem ficar inflamados e a córnea e a conjuntiva podem formar manchas secas, úlceras e até mesmo cicatrizes, se não tratadas.

Complicações do lagoftalmo noturno

É possível que problemas sérios ocorram se os olhos fiquem regularmente secos ou desidratados. Esses incluem: 

  • Perda de visão;
  • Infecções oculares;
  • Risco de arranhar o olho;
  • Ceratopatia de exposição: a córnea fica danificada;
  • Úlcera de córnea: uma ferida aberta se desenvolve na córnea.

Como isso afeta nosso sono?

O lagoftalmo noturno está relacionado à redução da qualidade do sono. Uma pessoa pode não dormir tanto ou tão bem devido à dor e desconforto causados ​​pelo ressecamento dos olhos durante a noite.

As pessoas devem marcar uma consulta com seu médico se houver suspeita de lagoftalmo noturno. Dessa forma, o médico pode ajudá-los a encontrar o tratamento adequado.

Causas do lagoftalmo noturno

As pessoas geralmente dormem com os olhos abertos devido a um problema nos músculos faciais, nervos ou pele ao redor das pálpebras.

A paralisia ou enfraquecimento do músculo que fecha as pálpebras, conhecido como músculo orbicular dos olhos, pode fazer com que alguém durma com os olhos abertos.

As condições que podem causar fraqueza muscular ou paralisia dos nervos faciais incluem: 

  • Paralisia de Bell;
  • Derrame
  • Tumor
  • Doenças autoimunes, como a síndrome de Guillain-Barré;
  • Uma condição neurológica rara chamada síndrome de Moebius que afeta os músculos que controlam o movimento facial e dos olhos;
  • Trauma, lesão ou cirurgia também podem resultar em danos e paralisia dos músculos e nervos faciais.

As infecções podem ser causas menos comuns e podem incluir:

  • Doença de Lyme;
  • Caxumba;
  • Catapora;
  • Poliomielite;
  • Lepra;
  • Difteria;
  • Botulismo;
  • A oftalmopatia de Graves, em que os olhos se projetam ou incham, também pode dificultar o fechamento dos olhos.

Cílios superiores ou inferiores muito espessos também podem impedir que a pálpebra se feche completamente, embora isso seja raro.

Nem sempre há um motivo ou condição subjacente que cause o lagoftalmo noturno. Além disso, a condição também pode ser genético.

Sintomas de dormir de olho aberto

Essa condição por si só não o impedirá de dormir. Mas os efeitos colaterais do lagoftalmo noturno, como irritação e secura dos olhos, podem deixá-lo mais inquieto enquanto dorme.

Fique atento também aos sintomas comuns de lagoftalmo noturno, como visão embaçada, olhos secos e sensibilidade à luz. Você também pode ficar com os olhos vermelhos ou a sensação de que algo está preso em seu olho.

Se você tiver algum desses sintomas, converse com seu oftalmologista. Ele poderá dizer se seus olhos fecham totalmente durante um exame de vista.

Como saber se estou dormindo de olhos abertos?

Se você acha que pode estar dormindo com os olhos abertos, peça a um membro da família, amigo ou parceiro para verificar seus olhos enquanto você dorme.

Tratamentos possíveis para parar de dormir de olho aberto

Seu médico pode recomendar o uso de máscaras hidratantes à noite para ajudar a hidratar os olhos enquanto você dorme.

Você também pode experimentar um umidificador. Além disso, um peso externo na pálpebra, que é usado do lado de fora das pálpebras superiores à noite, ou esparadrapo, que pode ajudar a manter os olhos fechados.

Remédios

Para manter os olhos lubrificados, seu médico pode prescrever medicamentos, como: 

  • Colírio;
  • Lágrimas artificiais, que são administradas pelo menos quatro vezes por dia;
  • Pomadas oftálmicas para evitar arranhões.

Cirurgia

Em casos graves de paralisia, pode ser necessário um implante cirúrgico de ouro. Este implante de pálpebra funciona como um peso de pálpebra para ajudar a fechar a pálpebra superior, mas é uma solução mais permanente.

Durante o procedimento rápido, o médico fará uma pequena incisão na parte externa da pálpebra, logo acima dos cílios.

O implante de ouro é inserido em uma pequena bolsa na pálpebra e mantido na posição com pontos. A incisão é então fechada com pontos e uma pomada antibiótica é aplicada na pálpebra.

Após a cirurgia, você pode experimentar alguns dos seguintes sintomas, mas eles devem desaparecer com o tempo:

  • Inchaço;
  • Desconforto;
  • Vermelhidão;
  • Hematomas;
  • A pálpebra pode parecer um pouco mais espessa, mas o implante geralmente não é perceptível.

Como o médico faz o diagnóstico?

Se alguém suspeitar que tem lagoftalmo noturno, deve consultar o médico.

O médico perguntará se algum trauma ou doença recente pode ser a causa, há quanto tempo os sintomas ocorrem e quando os sintomas pioram.

Se o médico acredita que o lagoftalmo noturno é a causa dos sintomas, ele verá o que acontece com as pálpebras depois que fecham.

Assim, ele observará os olhos por alguns minutos para ver se as pálpebras começam a se contrair ou abrir.

Outros testes que um médico pode realizar podem incluir: 

  • Medir o espaço entre as pálpebras;
  • Medir a quantidade de força usada para fechar os olhos ao piscar;
  • Um exame de lâmpada de fenda, usando um microscópio e luz brilhante para examinar os olhos;
  • Um teste de mancha de fluoresceína para ver se o olho foi danificado.

Perguntas frequentes sobre dormir de olho aberto

Veja a seguir as dúvidas mais comuns sobre essa condição.

Quais são os prós e os contras de dormir de olho aberto?

Segundo Clélia Franco, neurologista do Hospital das Clínicas da UFPE, e Márcia Pradella-Hallinan, neurologista do Instituto do Sono, não é normal dormir com os olhos abertos, por isso não é recomendado continuar com esta condição sem realizar um tratamento.

Dormir de olhos abertos pode causar secura nos olhos, causando perturbações do sono. Por isso, se por algum motivo você não conseguir fechar os olhos durante o sono e isso começar a afetar a qualidade do sono, sugerimos que converse com seu médico. 

O lagoftalmo é uma condição perigosa?

O lagoftalmo não é uma condição perigosa, mas consultar um médico ajuda a identificar a causa e prevenir maiores danos aos olhos.

Se a secura nos olhos estiver provocando o problema, o oftalmologista pode  prescrever colírio para lubrificar os olhos, estimulando, assim, a produção de lágrimas e eliminando o ressecamento.

O médico também pode recomendar um peso para a pálpebra externa. Dessa forma, você pode usá-lo na parte superior das pálpebras à noite, ou esparadrapo para ajudar a manter os olhos fechados.

No entanto, às vezes pode ser necessária uma intervenção cirúrgica.

O tratamento cirúrgico mais comum para lagoftalmo é a inserção de um implante de peso de ouro na pálpebra superior, ajudando a fechar as pálpebras e proteger a córnea sem prejudicar a visão.

Dormir com os olhos abertos é hereditário?

Dormir com os olhos abertos pode ser hereditário, mas as crianças geralmente superam esse problema. Casos leves de lagoftalmo noturno sem causa evidente podem ser hereditários.

Um estudo de ScienceDirect feito em 2009, em uma amostra pequena, observou que 5 em 102 casos tinham uma história genética de lagoftalmo noturno.

Você consegue dormir profundamente com os olhos abertos?

Não. É difícil dormir profundamente enquanto dorme de olhos abertos. Seus olhos podem ficar secos, causando interrupções no sono. Distrações em seu campo de visão impedem o sono profundo.

Já sentiu que estava dormindo de olho aberto?

Pessoas que dormem com os olhos abertos geralmente não apresentam complicações graves ou danos aos olhos. No entanto, se não for tratado por um longo período, o risco de sérios danos aos olhos aumenta e pode resultar em perda de visão.

O tratamento para dormir com os olhos abertos geralmente é simples e colírios, pesos para as pálpebras e umidificadores de ar podem ajudar.

Em alguns casos, o lagoftalmo noturno é um sinal de uma doença latente. Portanto, uma pessoa que suspeita que está dormindo com os olhos abertos deve entrar em contato com seu médico. Assim, consegue descartar um problema mais significativo e obter tratamento rapidamente.

Fontes

Medical News Today

Amerisleep

Heathline

Very Well Health

WebMD

American Academy of Ophthalmology

Super Interessante

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

1 comentário em “Dormir de olho aberto é possível. Veja os riscos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *