espinha no olho

Espinha no olho é terçol. Veja como tratar em casa

0
(0)

A espinha no olho se forma na linha d’água do olho e é chamado de terçol, ou ainda, hordéolo. A espinha no olho é parecida com um caroço de tamanho pequeno e causa bastante dor na pálpebra, ao seu redor ou ainda dentro da pálpebra. 

Geralmente, a pele ao redor fica inchada e vermelha e pode haver formação de pus, como em qualquer caso típico de espinha. 

Uma espinha no olho pode ser causada, geralmente, por bactérias que infectam o folículo dos cílios ou as glândulas da pálpebra. 

Outra possível causa da espinha no olho é caso você tenha algum quadro de blefarite por muito tempo. A blefarite, por sua vez, é um outro tipo de inflamação que afeta diretamente a pálpebra do nosso olho. 

Veja os sintomas e os tratamentos que você pode fazer se tiver uma espinha no olho te incomodando.

O que é terçol, parecido com espinha no olho

Um terçol, que é uma espinha no olho, é uma espécie de caroço que se forma e cresce na base do cílio ou na pálpebra.

Causa dor, geralmente é vermelho e provoca inchaço da região também. E, na maioria das vezes, é causado por bactérias que desencadeiam a infecção.

A boa notícia é que um terçol não representa risco a sua saúde e tende a desaparecer em poucos dias.

Além disso, há cuidados que você pode ter em sua casa tanto para prevenir o terçol como para tratá-lo quando for necessário.

Por exemplo, você pode realizar compressas de água filtrada e morna na região afetada por 5 a 10 minutos, repetindo o processo de 3 a 4 vezes por dia.

Essa medida ajuda a reduzir o inchaço da região. Além disso, em alguns casos, você pode tratar o terçol com remédios para infecções ou com analgésicos em caso de dor muito forte na região afetada.

Saiba mais sobre terçol.

No entanto, lembre-se que apenas um médico oftalmologista poderá receitar o medicamento correto, bem como indicar as doses corretas. 

Sintomas

Você deve estar atento aos seguintes sintomas para identificar se está com espinha no olho:

 

  • Caroço na pálpebra
  • Inchaço da pálpebra
  • Dor
  • Vermelhidão
  • Formação de crostas nas margens das pálpebras
  • Sensação de queimadura
  • Caimento da pálpebra
  • Coceira no olho
  • Visão embaçada (quando o pus da espinha se espalha pela superfície do olho);
  • Secreção de muco do olho
  • Sensibilidade à luz
  • Desconforto ao piscar
  • Sensação de “corpo estranho” no olho.

Causas

 

 

A causa mais comum de uma espinha no olho é a infecção causada por bactérias. A infecção começa quando glândulas das pálpebras ficam bloqueadas ou desobstruídas.

Outro motivo é quando os folículos dos cílios também se infeccionam, devido às glândulas das pálpebras estarem entupidas.

Isso porque estas glândulas produzem óleo e este material é drenado e eliminado pelos cílios 

No entanto, quando o material produzido por esta glândula, e que deveria ser eliminado, acaba ficando “preso”, temos um quadro perfeito para bactérias começarem a crescer e provocar infecções. 

Em muitos casos, uso de maquiagem vencida ou exposição à poeira, fumaça ou substâncias tóxicas podem causar o entupimento destas glândulas ou mesmo sua desobstrução.

Como tratar a espinha no olho em casa

A espinha no olho pode ser tratada em casa com medidas simples e eficientes, que ajudam a reduzir o inchaço da região.

Os tratamentos para tratar a espinha no olho em casa são:

  • Aplicar compressa de água morna, por pelo menos 4 vezes ao dia, durante 5 a 10 minutos
  • Evite usar lente de contato ou maquiagem enquanto estiver ainda com espinha no olho.

Não tente nunca espremer a espinha, pois isso poderá fazer a infecção atingir outras partes do olho, alastrando a infecção, segundo o oftalmologista Renato Neves, do Eye Care Hospital de Olhos, de São Paulo (SP)

Veja também outras dicas para você tratar o terçol em casa e diminuir os desconfortos dos sintomas.

Terçol ou calázio?

Dependendo da localização da espinha no olho, você pode ter um quadro de terçol ou um quadro de calázio.

Já te contamos que o terçol é quando a espinha localiza-se na região da pálpebra ou na base dos cílios do olho.

Agora, com relação ao calázio, esse tipo de espinha fica na parte interna da pálpebra, atrás dos cílios. Neste caso, inclusive, a pálpebra fica com uma saliência bem perceptível. 

Ambos formam uma espécie de caroço vermelho e deixam a região inchada. No entanto, o terçol sempre causa maior dor do que o calázio logo no início do quadro da infecção.

Outro ponto interessante é que um calázio pode ter sido originalmente um terçol que evoluiu na parte interna da pálpebra.

O bom é que tanto o terçol como o calázio tendem a desaparecer sozinhos após alguns dias.

Entenda melhor sobre o terçol interno e saiba quando você deve se preocupar com a infecção.

Fontes

American Academy of Ophthalmology 

NHS

MedicalNewsToday

MedicineNet

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *