estrabismo

Estrabismo: casos aumentam durante o isolamento social para conter Covid-19

Este post foi atualizado em 30 abril, 2021

Os casos de estrabismo estão aumentando ao longo de 2020 e 2021 devido ao isolamento social como forma de combater a contaminação por Covid-19.

A alta exposição às telas de aparelhos eletrônicos, por exemplo, aumenta o risco de crianças desenvolverem estrabismo convergenteE, esta é apenas uma amostra de como o isolamento está influenciando no aumento de casos de estrabismo em geral.

Neste artigo falaremos sobre a influência destes hábitos em quadros de estrabismo. Continue lendo para saber mais!

Influência do isolamento social do Covid-19 em casos de estrabismos

Como o isolamento social do covid-19 causou impactos indiretos na saúde das pessoas, o estresse sobre a visão se tornou uma das consequências.

O aumento no uso de telas, seja de celulares, computadores ou tablets, com a propagação do home office, dos estudos EAD (Educação a Distância) ou mesmo o lazer, demanda esforço excessivo da visão. 

Por isso, além do cansaço visual causado pelo esforço de ficar um tempo excessivo diante das telas, há também o aumento do risco de estrabismo, principalmente em crianças.

Estudo da BioMed Central (BMC) Ophthalmology mostrou que crianças que utilizam smartphones por cerca de 4 horas por dia, durante quatro meses têm maior risco de desenvolver a condição. Ou seja, os hábitos adquiridos durante o isolamento tem influência no crescimento de casos de estrabismo devido ao uso excessivo de telas digitais. 

Além disso, questões como a depressão e a ansiedade ou a falta de vitamina D também cresceram durante a pandemia. 

Veja a seguir a relação entre o isolamento social e a deficiência de vitamina D!

Isolamento social e falta de vitamina D

A vitamina D, além de fortalecer os ossos e influenciar diretamente no fortalecimento do sistema imunológico, contribui para a prevenção da degeneração macular relacionada à idade. 

A deficiência severa de vitamina D aumenta drasticamente o risco de mortalidade, infecções e muitas outras doenças. E, como a principal fonte dessa vitamina é a exposição ao sol, o isolamento social levou muitos à deficiência de vitamina D.

Especialmente na Europa, onde essa situação chegou a ser descrita como uma pandemia. A deficiência de vitamina D é motivo de grande preocupação.

Independentemente da idade ou etnia, dados recentes mostraram que 40% dos europeus são deficientes em vitamina D.

Assim, considerando que ela regula nosso sistema imunológico, é importante chamar a atenção para a possível associação entre a deficiência grave da vitamina e a mortalidade relacionada ao COVID-19. 

Ou seja, além de influenciar na visão, o isolamento social do Covid-19 tem influência em outras questões relacionadas à saúde. Por isso, esteja sempre atento aos sinais do corpo.

Com relação aos olhos, se você passa muito tempo em frente às telas, faça pausas para descansar os olhos. E, caso sinta algum sintoma do estrabismo como alteração da visão, por exemplo, é importante consultar um profissional. 

Entenda mais sobre o estrabismo adiante!

O que é estrabismo

O estrabismo é caracterizado pelo desalinhamento dos olhos para dentro, em direção ao nariz, ou para fora, em direção às orelhas. As causas dessa condição variam, assim como seus tipos. Conheça a seguir os tipos de estrabismo!

Tipos de estrabismo

De modo geral, os tipos de estrabismo podem ser divididos nos seguintes grupos:

Esotropias

A esotropia é um estrabismo convergente em que um dos olhos se volta para o nariz;

Exotropias

A exotropia é um estrabismo divergente em que um dos olhos está voltado para fora;

Hipertropias e hipotropias

São termos que se referem ao estrabismo vertical em que um olho está mais alto (hipertropia) ou mais baixo (hipotropia) do que o outro olho;

Estrabismo paralítico

São danos ao terceiro, quarto ou sexto nervos cranianos. Os resultados de suprimento insuficiente de sangue, pressão no nervo ou lesões na cabeça são movimentos oculares limitados e estrabismo;

Existem muitos tipos diferentes de estrabismo em cada um desses grupos que apresentam suas próprias características e tratamentos individuais. Por isso, os tipos de tratamentos também podem variar.

Saiba mais sobre tipos e tratamentos para a condição.

Agora que você já sabe como os hábitos adquiridos durante a pandemia estão contribuindo para o aumento de casos de estrabismo, tenha em mente que é importante cuidar da saúde dos olhos de forma apropriada durante o isolamento.

Lembre-se que ter bons hábitos no dia a dia é fundamental para manter sua visão saudável. Além disso, visitas regulares ao oftalmologista, de preferência anualmente, é uma ótima maneira de cuidar dos olhos.

E, não se esqueça dos cuidados relacionados ao Covid-19. Faça sempre a higienização recomendada pela OMS e se possível, evite sair de casa. Você pode e deve cuidar dos seus olhos principalmente no período de isolamento.

Nós, da Lenscope, desenvolvemos um teste de visão com tecnologia exclusiva para a sua comodidade. É seguro, confiável, gratuito e 100% online.  Faça agora o teste de visão

Gostou deste artigo? Você faz uso exagerado, ou conhece alguém que está passando mais tempo que o recomendado diante de telas digitais durante o isolamento? Deixe um comentário. Compartilhe conosco sua experiência e como andam os seus cuidados com os olhos.

Fontes

Aao

Cambridge

Opticanet 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Pin It on Pinterest