gato de óculos

Gato de óculos ajuda crianças a usar óculos

Um gato de óculos. A princípio, essa pode ser uma cena bastante inusitada, porém fofinha ou engraçada. Mas acredite, é dessa forma que a gata Truffles ajuda crianças pequenas a perderem o receio de usar óculos e ficarem mais confortáveis com tapa-olho. 

gato de óculos
Fonte: Instagram da Truffles

Gato de óculos: A gata Truffles deixa as crianças mais confiantes

Truffles, que em português significa trufas, é o nome da gata que faz o maior sucesso na A Child’s Eyes, uma loja de óculos especializada no público infantil, localizada na cidade de Mechanicsburg, na Pensilvânia.

Danielle Curll, oculista e proprietária da ótica, contou que ao perceber a inteligência de Truffles, poderia ensiná-la a usar os óculos. 

“Eu me perguntei se eu poderia fazer com que ela usasse um par de óculos, porque isso seria ótimo para as crianças verem, isso as faria se sentirem mais confortáveis”.

Obviamente, neste negócio, algumas crianças estão bem. Mas, nós recebemos muitas crianças realmente tímidas e assustadas.

gato de óculos
Fonte: Instagram da Truffles

Especialmente crianças cujo os pais não usam óculos, isso é muito estranho para eles, como ‘O que você está colocando na minha cara? O que você está fazendo?’ Então, Truffles realmente se tornou, muito rapidamente, um grande trunfo para a empresa.”

gato de óculos

O desconforto dos óculos no início é normal e Truffles ajuda as crianças a enfrentá-lo

Os óculos, no início, parecem estranhos e bastante desconfortáveis para os pequenos.

Muitas vezes, eles nem têm ideia de como esse item é importante para a qualidade de vida. Mas é aí que a felina entra em ação, tornando a ida à ótica mais fácil para a criançada. 

Crull afirmou que Truffles tem uma grande afinidade para ajudar e que ela é muito boa com o trabalho de fazer as crianças se sentirem mais seguras e desinibidas durante a visita.

Quando alguém chora, Truflles não foge, mas fica ao lado de Crull, como uma tentativa de chamar a atenção da criança e fazê-la se sentir bem. 

Truffles, que é eleita a funcionária do mês, todos os meses, parece ser uma grande carta na manga, pois em pouco tempo, ela consegue convencer os pequenos que usar os óculos pode ser algo muito legal. 

“Eu poderia passar três horas explicando a uma criança por que ela precisa colocar óculos e como isso não vai machucá-la, mas um gato de óculos, como Truffles, pode fazer isso em 30 segundos, e as crianças dizem ‘Eu também quero fazer isso!”

Ela ainda complementa: 

“Acho que Truffles também gosta da atenção e do deleite iminente que está por vir, é claro.” 

E ela demonstra estar certa, já que os bichanos adoram atenção e carinho. 

Como tudo isso começou: a ideia do Gato de óculos

A proprietária da A Child’s Eyes estava se apresentando com a banda da família em um acampamento de verão. 

Lá, ela viu Truffles pela primeira vez, um dia depois do nascimento da felina. O encontro só aconteceu, porque um dos filhos de Danielle Crull a chamou para ver alguns filhotes. 

Porém, não foi aí que a gata passou a fazer parte da família. 

Três meses depois, a banda de Crull foi convidada para retornar ao local. E lá estava Truffles.

“Ela era apenas uma pequena bola de penugem preta fofa com pontas marrons nas pontas de seu pelo, é por isso que a chamei de Truffles, e eu simplesmente me apaixonei por ela”, diz Danielle.

A família já era bem grande, a loja era casa de caranguejos eremitas e uma ararajuba chamada Freddie, que, segundo a própria responsável pela ótica, é uma boa distração para os clientes mais jovens. Danielle diz que os animais ajudam a entreter. A média de idade das crianças que visitam sua loja é de provavelmente 3 anos.

A sensação avessa a usar os óculos pela primeira vez é contornada pela presença dos bichinhos. 

E foi por conta dessa percepção, que logo ela descobriu que Truffles poderia ser bem mais que uma gatinha de escritório. 

Quando a gata Truffles se tornou um gato de óculos

Danielle notou que Truffles adorava guloseimas, e essa foi a isca para incentivá-la a fazer alguns truques. 

“Sempre ouvi dizer que, se o seu gato tem muita motivação para comer, eles podem ser fáceis de treinar, então me perguntei se eu poderia ensiná-la”, diz Danielle.

O treinamento primário consistiu em fazer Truffles levantar as pastas e apertar as mãos. Depois, ela foi ensinada a pular sobre os braços da sua tutora e se sentar. Foi depois dessa etapa mais inicial que Danielle teve a ideia de colocar os óculos em Truflles. 

“Eu me perguntei se eu poderia fazer com que ela colocasse os óculos, então comecei a ensiná-la da mesma maneira dizendo ‘óculos’.”

Os primeiros óculos de Truffles – a gata de óculos

Os primeiros óculos da coleção da Truffles eram rosa e foram pensados para bebês prematuros. Logo, encaixaram perfeitamente. 

Danielle queria garantir conforto, permitindo que os bigodes do animal não ficassem presos ou dobrados. 

“Eu meio que passei pelo processo de encaixá-la, como se encaixasse em uma criança”, Crull relembra.

Foi a partir daí que a gata passou a fazer parte do “time de funcionários” da ótica, logo aos 6 meses de idade.

 Todas as vezes que algum paciente fica constrangido ou ansioso, é hora do gato de óculos Truflles agir. Crull os questiona se eles querem ver a felina com o seu acessório: “Você gostaria de ver os óculos da Truffles? Truffles tem óculos!” 

Para encorajar os clientes, Crull diz: “”Agora Truffles quer ver seus óculos!” Crull dirá a seus pacientes: “Coloque os seus!”

O treinamento de Truffles não parou por aí. Ela foi ensinada também e retirar o par, e após ser perguntada onde ele deve ser guardado, ela responde batendo na caixa de proteção do acessório, que não possui lentes. 

Talvez o truque mais fantástico dela seja identificar símbolos em um gráfico infantil. Por mais que a A Child’s Eye não realize o exame oftalmológico,

Danielle e sua gata, conhecida como ‘o gato de óculos’, usam o gráfico como uma forma de familiarizar as crianças com o processo. 

Eles também induzem os pais a serem mais cooperativos com seus filhos, durante o exame na clínica oftalmológica.

 

gato de óculos
Fonte: Instagram da Truffles

 

Como é a vida de Truffles, o gato de óculos

Ela parece ter incorporado os acessórios à sua rotina, desde que estejam ajustados. 

Mesmo sendo treinada para retirá-los, ela passa horas e horas com o apetrecho no rosto e muitas vezes até adormece com eles. Hoje, ela tem cerca de 20 pares, inclusive de sol, que possuem lentes. 

O gato de óculos, se tornou um fenômeno. Danielle mostra os vídeos recebidos para Truffles e responde todas as mensagens em nome da felina, que já conta com quase 12 mil seguidores no Instagram

E não para por aí, Danielle envia presentes em forma de pacotes de incentivo, com camisetas, quebra-cabeças e posters para as crianças que passam por momentos difíceis, como no caso de uma menina que sofreu insultos por conta dos seus óculos. 

Crianças com ambliopia

Utilizar um par de óculos parece desafiador para a criançada, mas um tapa-olho pode ser ainda mais complicado. 

A ambliopia, conhecida também como olho preguiçoso, é outra situação que frequentemente aparece na ótica. 

É comum que o tratamento consista em colocar um tapa-olho sobre o olho mais forte, para promover o fortalecimento do olho mais fraco. 

Como essa é uma situação embaraçosa para muitos. Truffles, o gato de óculos também usa uma espécie de tapa-olhos, e tem mais, Danielle criou uma verdadeira comunidade para as crianças e seus familiares que passam por esse momento.

“Temos um grupo de suporte a patches no qual nos reunimos uma vez por mês”, explica Danielle. “As crianças se reúnem para brincar e todas usam um tapa-olho, e eu converso com os pais sobre a ambliopia e os ajudo a entender um pouco melhor.”

Quando o tapa-olho não é mais necessário, é feita uma formatura para comemorar. Os graduados são convidados como mentores daqueles que ainda usam o tapa-olho, ação que fortalece ainda mais o grupo.

“Nosso objetivo é sempre fazer com que seja uma experiência divertida e inesquecível para as famílias e para as crianças”, diz Danielle.

Como escolher óculos para crianças

Os pequenos, muitas vezes, não conseguem definir o nível de conforto. O ambiente inédito de uma loja pode deixá-los preocupados e induzi-los a escolher uma armação errada. 

Lógico que precisamos respeitar o gosto das meninas e dos meninos. Inseri-los no processo de escolha é muito importante, afinal, precisamos fazer de tudo para que saiam satisfeitos da loja. 

No entanto, há coisas que só os adultos conseguem identificar. Por isso, fique atento. 

Antes de apontar armações coloridas, é preciso verificar alguns pontos importantes, do contrário, as chances de a criança não usar os óculos são grandes. 

Veja como selecionar óculos para a criança.

  1. Escolha o material adequado da armação

Os materiais mais recomendados para o público infantil são:

  • Silicone (ideal para menores de 12 anos, é flexível e ajustável)
  • Grilamind (bastante flexível e não machuca em casos de queda)
  • Resina morfa termoplástica (muito resistente e também flexível)
  1. Verifique o tipo 

As armações de aro fechado são mais interessantes, pois elas garantem proteção para os olhos, enquanto envolvem o contorno das lentes.  

  1. Saiba quais tipos de armação não escolher

  • Acetato: é pesado e, quando há danos, requer manutenção especializada da ótica.
  • Três peças: como o nome sugere, ela é montada com várias peças, o que permite à criança desencaixar o item. 
  • Meio aro: as armações são sustentadas por um fio de nylon. Se a criança forçar ou entortá-las, as lentes podem sair com facilidade. 

Como escolher as lentes

Nesse momento, é importante estar atento aos detalhes. As lentes possuem características distintas, que merecem atenção. 

Já adiantamos que o requisito mais importante é a resistência. Afinal, as crianças merecem brincar, correr, pular… E em um desses momentos a força das lentes será colocada à prova. 

Mas, há mais coisas que você precisa saber. 

Por isso, confira como selecionar as melhores lentes:

1 – Crianças com grau baixo (até 4 graus de miopia, hipermetropia e astigmatismo):

As lentes mais interessantes para esse grupo são as lentes Trivex ou as lentes de Policarbonato

Pra quem está em busca de lente mais finas, as lentes de policarbonato são mais indicadas, porque possuem um índice de refração maior em relação às lentes trivex.

2 – Crianças com alto grau (a partir de 4 graus):

Nessas situações, as lentes de resina e com alto índice de refração são bem-vindas, quanto maior esse índice, mais finas as lentes serão. 

A Resina é ultrarresistente e leve, e com uma armação também fina, a estética fica excelente.  

Gostou do nosso artigo de hoje? Deixe seu comentário aqui embaixo sobre o conteúdo, Todos os dias temos novidades aqui no Blog. 

Aproveite a visita e não saia sem antes realizar seu teste de visão online e gratuito.

Fontes:

All About Vision

Fox

Today



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Pin It on Pinterest