halos de luz

Ver halos de luz. O que pode ser e o que fazer

4.9
(9)

Ver halos de luz é como ver círculos brilhantes ao redor de uma fonte de luz, como uma lâmpada acesa ou um farol. Pode parecer algo simples, mas é um motivo de preocupação. Os halos de luz são frequentemente notados à noite ou em salas mal iluminadas. 

Enxergar esses halos pode ser uma resposta normal à difração da luz na córnea, neste caso não há com o que se preocupar.

Porém, às vezes podem ser causados pelo uso de óculos, de lentes corretivas ou mesmo um efeito colateral da catarata ou cirurgia de LASIK

Os halos de luz são preocupantes se aparecerem de repente ou se forem muito incômodos, acompanhados de dor ou visão turva, pois podem ser sinal de um distúrbio ocular grave.

Pessoas que estão desenvolvendo catarata, por exemplo, podem começar a ver halos devido a alterações nas lentes dos olhos.

Sem uma avaliação médica, não há como saber se os halos de luz são apenas uma resposta normal à luz ou se são sintomas de um distúrbio ocular específico.

Mas não se preocupe, há como prevenir e também é possível tratar os halos de luz. 

Quais são as causas dos halos de luz?

Ver halos de luz é resultado da difração, um efeito que ocorre quando a luz se curva ao entrar no olho. A difração às vezes pode ser causada por óculos e lentes de contato, mas também pode ser um efeito colateral de uma doença.

A seguir listamos detalhadamente as causas dos halos de luz junto com as suas especificidades:

Catarata

A catarata causa sensibilidade à luz, visão turva de perto, brilho e halos ao redor das luzes. Inclusive, ver halos de luz está entre os principais sintomas da catarata. A catarata está relacionada ao envelhecimento, mas a superexposição aos raios ultravioletas (UV) também podem causar a turvação das vistas.

Síndrome do olho seco

 Quem tem olho seco, é comum que a parte superficial do olho se torne irregular quando o olho está seco. Além de causar vermelhidão, queimação, dor e ardência, a forma irregular da parte superficial do olho afeta como o olho recebe a luz. Com isso, a pessoa comece a ver halos de luz.

Esta condição também está associada à idade e ocorre quando as lágrimas não fornecem umidade adequada aos olhos.

Distrofia de Fuchs

Distrofia de Fuchs causa o inchaço da córnea. Como consequência, a luz se curva ao entrar no olho e a pessoa começa a enxergar os halos de luz. Apesar de ser comum em pacientes acima dos 50 anos, pode ser vista em alguns pacientes com mais de 20 anos.

Miopia e hipermetropia

A miopia e a hipermetropia são dois dos problemas de visão mais comuns que existem, atingindo pessoas de todas as idades.  Como essas condições fazem com que a retina fique sensível, elas também podem causar halos de luz. 

Astigmatismo

O astigmatismo é uma condição em que a córnea ou o cristalino apresentam uma curvatura irregular e impede a luz de se espalhar uniformemente na retina. Dessa forma, a pessoa passa a ver os halos.

Glaucoma

Devido a alta pressão que circula na parte frontal do olho, o glaucoma danifica o nervo óptico, gerando sintomas como halos ao redor de luzes, dor nos olhos e vermelhidão, dor de cabeça e visão turva.

Síndrome de dispersão do pigmento (PDS)

 A Síndrome de dispersão do pigmento (PDS) ocorre quando o pigmento, material que dá cor ao olho, sai da parte de trás da íris e flutua para outras partes do olho, podendo obstruir o ângulo de drenagem. Este processo pode causar problemas de pressão ocular, resultando em glaucoma. 

Ceratocone

O ceratocone é uma condição em que a córnea se afina e se projeta como um cone. Esse processo tira o foco dos raios de luz e causa sintomas como visão embaçada ou distorcida e halos de luz.

Fotoqueratite

A Fotoqueratite ocorre quando há exposição excessiva do olho aos raios ultravioletas (UV). Além de ser uma condição ocular dolorida, ela afeta a camada superficial da córnea e propicia sintomas como os halos.  

Lentes corretivas de óculos ou lentes de contato

Outro fator que pode causar halos de luz são lentes corretivas como óculos e lentes de contato. Neste caso, peça ao seu oftalmologista lentes especializadas e pergunte a ele como prevenir o efeito de ver halos.

Há também algumas condições sérias responsáveis por causar halos de luz. Saiba mais a seguir!

Quais condições sérias podem causar halos de luz na visão?

Entre todas as causas dos halos de luz, há condições mais sérias que também afetam a saúde dos olhos. Estas doenças são:

Diabetes: O consumo excessivo de açúcar, com o tempo, afeta não apenas os vasos sanguíneos, mas também os nervos ópticos e aumenta as chances de problemas de visão que podem causar halos de luz.

Retinite pigmentosa: Esta doença genética rara causa uma degradação e perda de células na retina. A dificuldade de enxergar à noite é um dos primeiros sintomas da retinite pigmentosa.

Além disso, fatores como o estresse também têm efeito sobre a visão. Continue lendo para saber mais!

Estresse pode causar halos em sua visão?

O estresse causa inúmeros efeitos em nosso corpo. A visão, como parte do organismo humano, também está sujeita a sofrer com este esgotamento.

Quando sob estresse, seus olhos podem sofrer espasmos, causando visão embaçada, miopia induzida, ardor ocular etc.

Ainda, após situações de estresse excessivo ou gatilhos de ansiedade, a visão pode sofrer irregularidades como brilhos, borrões, halos e sombras. Porém, o mais provável é que o estresse favoreça outras condições responsáveis pelos halos. 

Qual é o tratamento para os halos de luz?

Não há uma solução que atue direto no sintoma. A melhor maneira de tratar os halos de luz é solucionar a causa do problema. Por exemplo, se o que está causando o seu halo de luz é o glaucoma, a solução é tratar o glaucoma.

Contudo, se o seu sintoma for leve, algumas medidas rápidas podem ajudar a amenizar, como o uso de óculos escuros de tons polarizados durante o dia ou mesmo a utilização do visor do veículo para evitar o contato direto dos olhos com a luz do sol.

Mas, lembre-se de procurar um oftalmologista para que ele indique o melhor tratamento para o seu caso. Mesmo em casos leves, um profissional pode indicar as lentes adequadas para reduzir os halos de luz.

Agora, em casos em que ainda não há a ocorrência de halos de luz, o ideal é prevenir para evitar que o problema apareça. 

Como prevenir os halos de luz?

A melhor maneira de evitar os halos de luz é mantendo os olhos saudáveis. Veja alguns passos simples que podem te ajudar com isso:

  • Proteja seus olhos da radiação ultravioleta (UV) mantendo-se longe do sol, usando um chapéu ou óculos de sol com proteção UV;
  • Se você tem diabetes, certifique-se de controlar seus níveis de açúcar no sangue; 
  • Faça uma dieta rica em vitamina C, vitamina A e carotenóides; estes podem ser encontrados em vegetais de folhas verdes, como espinafre e couve; 
  • Mantenha um peso saudável 
  • Evite o excesso de álcool 
  • Pare de fumar. 

Um passo importante para prevenir distúrbios oculares que causem halos de luz, é fazer exames oftalmológicos regulares, especialmente depois de completar 40 anos.

Por isso, se você não faz um exame há mais de um ano, agende uma consulta para fazer um check up.

Quando ir ao médico?

Muitas pessoas acreditam que ver halos de luz não é um problema. Contudo, a única maneira de ter certeza é fazendo um exame oftalmológico, mesmo que você não sinta nenhum outro sintoma.

Então, se você está vendo halos de luz, é uma boa ideia marcar uma consulta oftalmológica para descartar qualquer transtorno possível com sua saúde ocular.

Agora, sintomas como: 

  • Visão turva;
  • Dor nos olhos;
  • Visão noturna fraca;
  • Ponto cego;
  • Olhos secos;
  • Olhos vermelhos;
  • Coceira;
  • Mudança repentina na visão;
  • Manchas e flutuadores em seu campo de visão;
  • Visão dupla;
  • Visão escurecendo;
  • Campo de visão estreito repentino.

Todos esses sintomas são sinais de alerta. Então, não deixe de consultar um médico o mais rápido possível. Pois estes sintomas requerem uma intervenção imediata para evitar a perda permanente da visão no glaucoma agudo. Portanto, não atrase sua consulta.

Independente destas condições, é importante testar os olhos a cada dois anos. Testes regulares permitem que seu oftalmologista monitore quaisquer alterações que ocorram em seus olhos e comece o tratamento o mais cedo possível.

Você já viu halos ao redor das luzes?

Agora que vimos que alguns hábitos diários simples podem ajudar a prevenir doenças oculares, o melhor a se fazer é cuidar da visão.

Por isso, não subestime as mudanças repentinas em sua visão. Ver halos de luz não é uma doença, mas pode ser o primeiro sinal de que algo não está bem com seus olhos.

Dessa forma, a decisão mais sensata é agendar uma consulta com um oftalmologista o mais rápido possível para identificar se realmente há alguma coisa que não está certa.

Agora, conte aqui pra gente! Você já viu halos de luz?

Fontes

Specsavers.co.uk

WebMD¹

Drjiwani.ca

Aao.org

Verywellhealth

Everydaysight

WebMD²

Healthline

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.9 / 5. Número de votos: 9

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *