hipermetropia infantil

Hipermetropia infantil: sintomas, causas e tratamentos

A hipermetropia infantil é a dificuldade em focalizar objetos que estejam próximos e existem sintomas que alertam para o problema.

Sintomas comuns são: dificuldade de concentração e realização de tarefas domésticas ou na escola, dores de cabeça constantes, olhos lacrimejantes.

A hipermetropia infantil é diferente da hipermetropia em um adulto, uma vez que o grau elevado da hipermetropia em uma criança pode desenvolver o estrabismo convergente (olhos desviados para dentro).

Segundo Marcela Barreira, oftalmologista pediátrica, a hipermetropia infantil de graus elevados pode ocasionar estrabismo. Isso acontece pelo fato da criança fazer muito esforço para enxergar – já que está com o grau elevado – e, assim, o olho perde o alinhamento, ficando desviado para dentro.

Inclusive, a hipermetropia infantil pode afetar bastante o bem-estar da criança e seu desenvolvimento escolar.

Uma reportagem do portal de notícias Terra mostrou que cerca de 57% das crianças com visão alterada apresentam dificuldade de concentração na escola e têm muita dificuldade em aprender, segundo dados do Instituto Penido Burnier (Campinas/SP).

 Dessa forma, os pais precisam estar atentos a essa realidade e agir o mais cedo possível. 

Para isso, devem contar com o médico oftalmologista, que é o único capaz de diagnosticar a hipermetropia infantil, por meio de exames.

Vamos discutir mais sobre o assunto e ver os tratamentos disponíveis? 

Continue com a gente, então!

Sintomas de hipermetropia infantil

Os sintomas da hipermetropia infantil incluem:

  • Dificuldade em enxergar objetos de perto, como o caderno escolar ou livro
  • Dificuldade em ler
  • Visão cansada
  • Dores de cabeça constantes
  • Dificuldade de concentração
  • Irritação e lacrimejamento dos olhos

É necessário também prestar atenção ao comportamento da criança. É comum notar a irritabilidade, quando as oscilações na visão passam a acontecer.

Sendo assim, esse é outro sintoma que poderá ajudar aos pais investigarem mais a fundo um possível problema de visão.

Como a hipermetropia infantil é um erro refrativo, ou seja, a imagem é formada atrás da retina, quando o normal é acontecer na própria retina.

Segundo a médica Liana Ventura, especialista em Oftalmologia Pediátrica, a hipermetropia na infância acontece devido a uma alteração no formato da córnea ou no cristalino do olho.

hipermetropia infantil

Causa da hipermetropia infantil

As causas para a hipermetropia infantil são diversas, mas fatores genéticos podem estar ligados ao surgimento nos bebês e em crianças.

Ou seja, se os pais tiverem hipermetropia, as chances de os filhos terem o problema de visão são maiores de acontecer.

Como exemplo, os casos de hipermetropia de grau elevado que são herdados sempre dos pais que têm o problema de visão.

Além disso, é importante também checar todo o histórico familiar. Analisar se alguém da família teve estrabismo convergente ou hipermetropia é um fator a ser levado em conta.

Contudo, o fator hereditário não justifica os casos de hipermetropia infantil em crianças de famílias sem o diagnóstico do problema. Isso porque a hipermetropia é muito comum entre as crianças.

A condição, no entanto, pode demorar para apresentar sintomas. Hipermetropia infantil de grau baixo pode passar desapercebido durante um tempo, porém, observe o comportamento da criança.

Quando as oscilações na visão passam a acontecer, é comum a criança sentir irritabilidade, ardência nos olhos ou ainda dificuldade em ler, como já mencionamos antes.

Por esse motivo, a Lenscope reforça, mais uma vez, sobre a necessidade em levar as crianças ao oftalmologista o mais rápido possível.

Assim, o melhor diagnóstico e tratamento será indicado pelo médico.

Tratamento para hipermetropia infantil

Dentre os tratamentos para a hipermetropia infantil, se destacam:

  • Uso de óculos de grau
  • Cirurgia (em casos de estrabismo convergente)

Por essa razão, é muito importante fazer acompanhamento médico, pois a mudança de grau entre as crianças é muito comum durante seu desenvolvimento. Por isso, ir ao médico periodicamente é primordial para o tratamento!

Para os casos de estrabismo infantil, com a hipermetropia, a cirurgia corretiva pode ser uma opção avaliada e prescrita pelo especialista.

Esse procedimento acaba sendo sugerido como forma de prevenir uma futura cegueira acometida pelo estrabismo.

Isso porque, nos casos de estrabismo, a criança acaba tentando acomodar a sua visão, usando mais um olho do que o outro, resultando na ambliopia (olho preguiçoso).

Assim, o olho não usado com frequência, acaba por se tornar um “olho preguiçoso” e a criança poderá perder a visão desse órgão, caso a cirurgia não for feita de imediato.

Então, fique atento aos sintomas e busque o melhor tratamento para seu filho ou filha. Afinal, eles ainda precisam brincar muito ainda e não vai ser a hipermetropia infantil que vai atrapalhar, né?!

Saiba como escolher o melhor óculos de grau para seu filho!

hipermetropia infantil



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Pin It on Pinterest