humor vítreo

Humor vítreo: função e principais riscos

O humor vítreo é uma substância gelatinosa e incolor que fica entre o cristalino e a retina, dentro do nosso olho. Ele é composto em sua maior parte por água e também por colágeno, proteínas, açúcares e sais.

O humor vítreo ajuda a manter o formato redondo que o olho tem, além de também ajudar na clareza da visão e na absorção de choque.

Mas é sempre bom prestar atenção se notar algum distúrbio na visão com o passar do tempo. Pois geralmente. por volta dos 70 anos. o humor vítreo fica mais fino, mais líquido e isso pode gerar o descolamento de retina, que exige cirurgia para não resultar em perda permanente da visão.

Função do humor vítreo

A função principal do humor vítreo é proteger o olho mantendo a sua forma arredondada, e também manter a retina no lugar e ajudar na clareza da visão. Isso porque a luz que atravessa a retina e a mácula (responsável pela visão colorida de alta resolução) é traduzida em informação visual e transmitida para o cérebro.

Além disso, o humor vítreo também pode absorver distúrbios inesperados do olho, como uma pancada na cabeça, por exemplo, pois absorvendo o choque ele pode ajudar a prevenir lesões oculares.

 Estrutura do humor vítreo

No globo ocular, o humor vítreo preenche o espaço onde passa a luz entre a lente e a retina, na parte posterior do olho. 

É como um gel transparente composto por 99% de água, sendo as outras substâncias sais, açúcares, ácido hialurônico, hialócitos, ácido ascórbico, vitrocina (um tipo de colágeno), colágeno tipo II. Além algumas proteínas e células que removem os detritos (fagócitos).

Algumas substâncias (como sangue, pedaços de tecido conjuntivo ou aglomerado de células) podem entrar no humor vítreo, mas vão ficar suspensas no gel.

Elas são chamadas de moscas volantes e são aquelas manchas que algumas pessoas enxergam quando olham para uma imagem clara.

O humor vítreo é envolto pela membrana vítrea ou membrana hialóide (uma fina membrana de colágeno) que está fixada no disco óptico, onde os nervos passam do sistema fotorreceptor para o nervo óptico.

Mantendo uma pressão constante, ele mantém a forma do globo ocular no lugar.

 Onde o humor vítreo está localizado

Nosso olho é dividido em segmento anterior (frontal) e o segmento posterior (traseiro), onde está o humor vítreo.

Ele fica atrás do cristalino e na frente da retina, preenchendo a câmara vítrea, que ocupa cerca de 80% do olho. 

 O humor vítreo ao longo do tempo

Quando envelhecemos, o humor vítreo pode começar a encolher pelo afinamento da espessura, causando a separação da retina.

Começa acontecer também um aumento das fibras do colágeno e das proteínas que ficam flutuando ao redor dele. Nesses casos, você começa a notar algumas perturbações na visão como manchas, linhas semelhantes a teias ou anéis no canto do olho. Elas são as moscas volantes ou flutuadores.

Mas para essas perturbações não é necessário tratamento específico, pois a tendência é se tornarem menos perceptíveis com o tempo.

Agora se isso estiver atrapalhando muito a sua visão, o ideal é procurar por um médico. Afinal, pode haver complicações como o descolamento de vítreo – que começa a não aderir à retina.

É comum acontecer com pessoas a partir dos 70 anos, e muito comum com pessoas acima de 85 anos. Antes disso, o descolamento do humor vítreo ocorre se você tem miopia, teve alguma lesão ou inflamação ocular. 

O humor vítreo pode ser trocado?

Sim, pessoas que sofrem alguma complicação do humor vítreo como a ruptura e/ou descolamento da retina, buraco macular ou hemorragia vítrea precisam fazer a vitrectomia.

Nesse procedimento, o humor vítreo é substituído por óleo ou silicone, para restaurar o descolamento ou rasgo, normalizando a pressão do olho.

Deslocamento de vítreo

O deslocamento de vítreo acontece quando o vítreo não adere à retina. Isso acontece, geralmente devido ao encolhimento e espessura mais fina do vítreo. Logo, as fibras da retina se afastam, provocando a condição.

Um dos sintomas do descolamento de humor vítreo é o aumento das moscas volantes e flashes na visão. No entanto, esses sintomas não afetam a vida de um modo geral.

O descolamento vítreo posterior (DVP) também pode levar a uma hemorragia vítrea se os vasos sanguíneos se romperem, além de ruptura e/ou descolamento da retina e buraco macular.

Nos casos em que há dano na retina é necessário cirurgia. Dessa forma, evita-se danos permanentes na visão ou até mesmo a perda da visão. Por isso a consulta com o oftalmologista é tão importante. 

Tipos de deslocamento de vítreo

O descolamento pode ocorrer de três formas:

  • Na junção da retina e do corpo ciliar (oro serrata)
  • No disco óptico (onde a membrana está ligada na retina)
  • Em local aleatório ao longo da membrana que envolve o humor vítreo (membrana hialóide) deixa acumular fluido entre a membrana vítrea e a retina.

Tratamentos para deslocamento de vítreo

Se o descolamento vítreo não causar problemas oculares graves, com danos na retina, geralmente não há a necessidade de tratamento. 

Do contrário, ou seja, se a visão está sendo prejudicada, será necessário realizar a vitrectomia. 

Sintomas do deslocamento de vítreo

Cerca de 20% de quem tem descolamento de retina não apresentam sintomas, mas os incômodos de quem tem são:

  •  Aumento repentino de moscas volantes (manchas escuras ou linhas onduladas que flutuam na visão)
  • Flashes de luz na visão lateral

Esses sintomas podem durar de dias a semanas, por isso é importante a consulta com o oftalmologista para descartar a hipótese de ruptura da retina.

Como saber se posso ter deslocamento de vítreo

O vítreo vai afinando com o passar dos anos, normalmente após os 50 anos. Dessa forma, é bom ficar atento a qualquer alteração na visão.

Mas como dito antes, ele costuma aparecer em quem tem mais de 70 anos, e é mais comum em quem passou dos 80.

Quem é míope também tem um risco maior de desenvolver o deslocamento de vítreo. Mas é durante a consulta com o oftalmologista, comentando os sintomas e fazendo o exame de dilatação da retina é que você vai ter o diagnóstico.

Vale ressaltar que o risco de descolamento de retina é maior nas primeiras seis semanas após um descolamento de vítreo. No entanto, ele pode ocorrer mais de três meses após o evento. Por isso, não espere muito para ver o seu médico.

Hemorragia no vítreo

Preste atenção se além de moscas volantes e sensibilidade a luz, seu olho apresentar vermelhidão, e visão turva.

Esses são sintomas de hemorragia vítrea, quando os vasos sanguíneos da retina que circundam o vítreo se rompem. 

Informações importantes sobre o humor vítreo

O humor vítreo é um gel transparente e incolor. É localizado na câmara posterior do olho que ajuda na clareza da visão e também a manter a forma arredondada do olho. Além de amortecer impactos de choques na cabeça.

A degeneração vítrea acontece com o passar dos anos, quando o humor vítreo fica mais fino. Essa condição pode causar incômodos, como moscas volantes e manchas na visão.

No entanto, não requerem tratamento, pois a tendência é diminuir com o tempo.

A vitrectomia é o procedimento de substituição do humor vítreo. É indicado apenas nos casos em que há danos e complicações na retina. Ou mesmo moscas volantes persistentes. 

Fontes

Vision Eye Institute

Healthline

Osmosis

Natural Eye care

COA

Saúde e bem estar

National Eye Institute

American Academy of Ophtalmology



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Nós utilizamos a tecnologia a nosso favor e oferecemos uma experiência inovadora para você comprar as lentes para seus óculos sem sair de casa! E o melhor de tudo? Podendo ter as melhores lentes do mercado sem gastar uma fortuna para isso.

Pin It on Pinterest