injeção para diabetes

Injeção para diabetes é o tratamento adequado para proteger a visão de diabéticos? Entenda.

0
(0)

A ideia de ter os olhos perfurados pela agulha de uma seringa é assustadora e até causa arrepios, não é? Mas não se assuste! Já ouviu falar da injeção para diabetes com aplicação nos olhos?

É comum os médicos oftalmologistas fazerem uso de injeções oculares para tratar complicações da visão das pessoas, inclusive as decorrentes do diabetes.

Continue a leitura e descubra quais os tipos de injeções para diabetes e os benefícios para os pacientes!

Os benefícios da injeção para diabetes

Injeções para tratar as doenças no olho relacionadas à diabetes são aplicadas no vítreo do olho, uma substância gelatinosa que se encontra entre a retina e o cristalino. 

Porém, mesmo causando certa apreensão, na maioria dos casos o tratamento é indolor e com resultados positivos!

Além disso, as principais doenças da visão relacionadas à diabetes tem as injeções oculares como grandes aliadas. A seguir vamos listar algumas, por exemplo:

  • Retinopatia diabética: uma das complicações da diabetes e uma das principais causas de cegueira nos adultos, devido às alterações estruturais que ocorrem nos vasos sanguíneos da retina. Por isso, com o evoluir da doença, esses vasos se tornam incontinentes e liberam sangue para o espaço retiniano ou para o vítreo causando problemas de visão.
  • Edema macular diabético (EMD): uma consequência da retinoplastia diabética é o acúmulo de líquidos (edema) na região da retina chamada mácula. Porque o inchaço decorrente desse acúmulo de fluídos prejudica a mácula, que é responsável pela visão aguçada, usada para, por exemplo:ler, reconhecer rostos, dirigir e etc.
  • Catarata: é o embaçamento do cristalino do olho. Apesar de fazer parte do processo natural de envelhecimento do corpo, pacientes adultos com diabetes são duas vezes mais propensos a desenvolver a doença do que aqueles sem diabetes. No entanto, a catarata também tende a se desenvolver precocemente em pessoas com diabetes, chegando abaixo dos 40 anos a ser 20 vezes mais decorrente do que em pessoas que não têm a doença.
  • Glaucoma: causada pelo aumento da pressão no globo ocular, a doença causa dano no nervo óptico com o passar dos anos. Por isso, a perda parcial da visão lateral costuma se manifestar como um dos primeiros sintomas. Segundo o Ministério da Saúde, pessoas com diabetes têm 40% mais chance de desenvolver glaucoma!

Tipos de injeção para diabetes

Há basicamente dois tipos principais de injeções indicadas para doenças no olho causadas pelo diabetes:

Injeção intravítrea de drogas Anti-Vegf

A sigla VEGF vem do inglês – Vascular Endothelial Growth Factor – e significa Fator de crescimento endotelial vascular. 

Trata-se de uma proteína produzida por nosso organismo, a proteína promove a ANGIOGÊNESE, processo de crescimento de novos vasos sanguíneos em vasos já existentes.

Embora seja muito importante durante toda a vida, e essencial no processo e formação do feto, a produção de VEGF quando em excesso, aumenta a quantidade vasos sanguíneos. Inclusive na estrutura ocular, levando a prejudicar o bom funcionamento da visão.

O tratamento com injeções anti VEGF é prescrito principalmente para o tratamento de retinoplastia diabética e edema macular diabético (EMD). Alguns medicamentos são, por exemplo: aflibercpte (Eylea), bevacizumabe (Avastin) e ranibizumabe (Lucentis)

Injeção intravítrea de corticosteróides:

Também conhecidos como corticóides, é um grupo de medicamentos sintéticos cuja fabricação é baseada nos hormônios produzidos por nossas glândulas supra renais. São usados no tratamento de problemas inflamatórios no olho, causa inclusive, pelo diabetes.

Como funciona a injeção para diabetes aplicada no olho

As injeções intravítreas são usadas para administrar localmente um medicamento. Aplicada no vítreo do olho, que é a substância gelatinosa dentro do olho. Mas, de forma mais simples, trata-se de inserir um medicamento dentro do olho, perto da retina.

Como é a aplicação da injeção no olho

Geralmente quem aplica as injeções nos olhos é o médico oftalmologista. Embora outro profissional da saúde esteja apto a proceder.

É necessário um ambiente estéril para realização do procedimento, podendo ser em centro cirúrgico como em ambulatório. Mas, pode ocorrer também no próprio consultório e acontece da seguinte forma:

  • o profissional limpa a pálpebra e a pele na região em volta dos olhos com uma solução antibacteriana de povidona-iodo,
  • em seguida, se instalam pequenos clipes. São os espéculos oculares nos olhos que servem para mantê-los abertos durante o procedimento,
  • após o olho devidamente aberto e posicionado, aplica-se a solução anestésica, que pode ser tanto um colírio quanto um gel, 
  • uma agulha curta e muito fina penetra no olho e entrega a medicação. É muito raro sentir dor durante a aplicação. Porém você poderá sentir uma leve pressão no globo ocular.

Geralmente, todo o processo leva apenas alguns minutos. Logo após serão removidos os espéculos, os olhos são limpos e reexaminados.

Cuidados após a aplicação da injeção para diabetes

Você pode sentir um pouco de dor ou desconforto no olho, também poderá experimentar visão nebulosa ou flutuadores por alguns dias. Ocasionalmente, uma pequena mancha vermelha pode aparecer no local da aplicação.

Em caso de dor, utilize compressas frias revezando a cada dez minutos. Porque isso geralmente alivia os sintomas.

Mas, caso necessário, seu médico pode prescrever colírios antibióticos para prevenir infecções.

A visão pode não apresentar melhora imediatamente. Mas, provavelmente você será capaz de retomar suas atividades habituais rapidamente. 

Além de todos os cuidados, certifique-se de voltar ao consultório para o devido acompanhamento e, claro, visite regularmente seu oftalmologista!

Quais riscos de efeitos colaterais

Injeções intravítreas oculares, apesar de causarem apreensão nos pacientes que se submetem ao tratamento, em via de regra não oferecem grandes riscos à saúde. Alguns deles são:

  • flutuadores (moscas volantes); 
  • visão embaçada temporariamente;
  • dor nos olhos/irritação;
  • vermelhidão leve nos olhos;
  • aumento temporário na pressão ocular.

Risco de complicações sérias

Eventualmente, pode haver alguns efeitos colaterais mais graves:

  • endoftalmite (infecção dentro do olho);
  • descolamento de retina;
  • acidente vascular cerebral (com certos medicamentos);
  • glaucoma (quando a pressão no globo ocular persiste alta);
  • hemorragia vítrea.

Estudo de caso  sobre o uso de injeção para diabetes

O tratamento com injeção intravítrea de de drogas anti-VEGF tem revolucionado o tratamento de retinopatias diabéticas, especialmente o edema macular diabético (EMD), nos últimos anos.

Por isso, pesquisadores da Colaboração Cochrane, uma organização independente sem fins lucrativos, em 2019, se debruçaram sobre 24 estudos relevantes.

Esses estudos investigaram as três drogas anti-VEGF,  porque são as mais usadas atualmente e foram comparadas com tratamento com laser, tratamento com placebo e nenhum tratamento.

Mas, a conclusão final dos pesquisadores é que todas as drogas estudadas são muito eficazes, tanto na prevenção da perda da visão, quanto na recuperação da visão de pacientes com EMD! 

Então, gostou de conhecer um pouco mais sobre as injeções intravítreas para diabetes aqui conosco? 

Além de ser um importante aliado no combate à diabetes, é um procedimento seguro e indolor! 

Porém, antes de tratar uma possível doença nos olhos causada pelo diabetes, é possível combater a doença com alguns hábitos simples e muito saudáveis, por exemplo: 

  • medir a glicemia no sangue regularmente
  • praticar atividades físicas, por pelo menos 30 minutos por dia
  • evitar o consumo excessivo de álcool
  • desfrutar de uma dieta equilibrada
  • não fumar

Mas, lembrando que um dos melhores tratamentos é a prevenção, vale ressaltar novamente a importância de visitar regularmente seu médico oftalmologista. Sempre no sentido de orientar e indicar especialistas, exames e procedimentos, com o objetivo de manter um dos sentidos mais importantes para o ser humano sempre afiado! 

Falando em prevenção e cuidado, aproveite nosso teste de visão online gratuito e comece já a cuidar da sua visão! Nós o desenvolvemos com tecnologia exclusiva e ajuda de especialistas. E o melhor, é 100% gratuito e online!

injeção para diabetes - teste de visão

Então, gostou do conteúdo? Mas, não vá ainda! Deixe um comentário, porque é muito importante a troca de experiências.

Fontes:

Healthline.com

Healthgrades.com

Maculardegeneration

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *