metais pesados no organismo

Metais pesados no organismo: como afetam os olhos e o curioso caso de cobre no olho

0
(0)

A alta concentração de metais pesados no organismo, pode afetar os órgãos internos, causar danos ao cérebro, olhos, e até mesmo levar ao envenenamento. Os metais pesados são quaisquer elementos químicos metálicos, em densidades relativamente altas, porém, são tóxicos até em baixas concentrações.

A princípio eles entram em nosso organismo por meio de alimentos, água potável e pelo ar. Como oligoelementos, alguns metais pesados ​​como por exemplo o cobre, selênio e zinco, são essenciais para manter o nosso metabolismo.

No entanto, em concentrações mais altas, eles podem levar ao envenenamento. Ficou curioso pelo tema? Então leia até o final deste artigo, e aprenda sobre como alguns metais pesados no organismo podem afetar os olhos!

Entenda o caso do homem que descobriu uma doença rara e a presença de cobre nos olhos

Pouco tempo atrás o jornal científico The New England Journal of Medicine, publicou um caso curioso sobre um homem com uma espécie de anel dourado na córnea. Após exames, foi constatado que o paciente tinha doença de Wilson, denominado também como degeneração hepatolenticular e degeneração lenticular progressiva.

Essa doença surge por causa de uma falha genética, onde o cobre não é transportado no corpo adequadamente, causando envenenamento pelo metal. Segundo pesquisas de controle de doenças dos EUA, essa condição pode afetar pessoas de qualquer idade. No entanto, a maioria de quem a contrai tem entre 5 e 35 anos.

Apesar disso, o cobre é fundamental para um bom desenvolvimento do nosso organismo, como por exemplo, para ossos e nervos saudáveis, melanina e colágeno. O organismo absorve o cobre pelos alimentos e pela água, no entanto, em pacientes com a doença de Wilson nosso fígado não consegue expelir o excesso de cobre através da urina, resultando em danos ao fígado, olhos e cérebro.

O principal tratamento é o uso de medicamentos para redução da substância presente no corpo, e em casos mais extremos um transplante de fígado pode ser recomendado pelo médico. Os sintomas surgem apenas quando a quantidade de cobre já está alta em órgãos como por exemplo fígado e cérebro. Os sintomas são:

  • Pele e parte branca dos olhos amarelados
  • Mudanças de cor nos olhos, como por exemplo, do marrom para dourado
  • Fadiga
  • Dor abdominal
  • Falta de apetite
  • Fluídos em abundância no abdômen e pernas 
  • Problemas de fala e ao engolir
  • Movimentos descontrolados, rigidez muscular e problemas de coordenação física

O que são metais pesados?

Metais pesados são elementos químicos metálicos, com densidades relativamente altas e são tóxicos se absorvidos em altas concentrações, levando até ao envenenamento. Estes componentes químicos entram no abastecimento de água por resíduos industriais e de consumo, ou mesmo pela chuva ácida que quebra os solos e libera metais pesados ​​em córregos, lagos, rios e águas subterrâneas.

Além disso, metais pesados como por exemplo o arsênico, chumbo e mercúrio, estão em tudo ao nosso redor, no chão que pisamos, na água que bebemos e nos produtos que usamos todos os dias. Entretanto, o envenenamento só acontece se você comer ou beber algo contaminado com alta concentração de metais pesados ​​ou se respirar poeira ou vapores contaminados. Alguns exemplos de metais pesados ​​incluem:

  • mercúrio (Hg)
  • cádmio (Cd)
  • arsênio (As)
  • cromo (Cr)
  • tálio (Tl)
  • chumbo (Pb)
  • cobalto (Co)
  • ferro (Fe)
  • manganês (Mn)
  • molibdênio (Mo)
  • níquel (Ni)
  • selênio ( Se)
  • zinco (Zn)

Nem todos esses metais são ruins para você. Precisamos de pequenas quantidades de alguns deles, como o cobre e o ferro, para manter nosso corpo saudável. Contudo, algumas funções importantes do nosso corpo dependem de alguns metais para esse trabalho. 

Por exemplo, o cobre ajuda na absorção de vitamina C, além de que compõe enzimas essenciais para a produção de hemoglobina. Da mesma forma, o ferro ajuda a produção dos glóbulos vermelhos e a transportar oxigênio para todas as células do corpo. 

Metais pesados no organismo: como ocorre o acúmulo

Antes de mais nada, o responsável em eliminar o excesso de metais pesados no organismo é o fígado através da urina. No entanto, quando há um acúmulo dessas substâncias, ele não consegue fazer este trabalho.

Como resultado, o acúmulo desses metais causa problemas de saúde incluindo danos a órgãos, mudanças de comportamento, dificuldades de raciocínio e problemas de memória. Os metais pesados entram em contato com o corpo humano naturalmente através de certos alimentos, meio ambiente, medicamentos e pela água. 

Além disso, a contaminação ocorre pelo ar ao inspirá-los e pela absorção da pele. Os sintomas específicos e como isso o afetará, vai depender do tipo de metal e da quantidade dele no organismo. 

O acúmulo pode ocorrer através da alimentação, água, produtos químicos ou inalação de poeira contaminada. O tratamento é através de medicamentos específicos receitados pelo seu médico e por uma nova dieta nutricional livre desses metais pesados.

Sintomas da intoxicação por metais pesados

Os sinais e sintomas de envenenamento por metais pesados ​​variam de acordo com o tipo e a quantidade de metal. No entanto, bebês e crianças pequenas correm mais riscos de consequências graves e a longo prazo para a saúde. Contudo, os primeiros sintomas podem passar despercebidos porque geralmente são inespecíficos. Todavia, a exposição excessiva pode causar danos a vários órgãos, mesmo que a pessoa não apresente os sintomas. Alguns sintomas de intoxicação por metais pesados no organismo podem incluir:

  • Dor abdominal, náuseas, vômitos e diarreia  (sintomas característicos na maioria dos casos de alta ingestão)
  • Desidratação
  • Problemas cardíacos como cardiomiopatia ou arritmia
  • Dormência, fraqueza, formigamento nas mãos ou pés
  • Anemia 
  • Danos nos rins e fígado
  • Irritação pulmonar ou acúmulo de líquido (edema)
  • Disfunção cerebral, como por exemplo perda de memória
  • Linhas horizontais nas unhas
  • Mudanças de comportamento
  • Ossos malformados enfraquecidos em crianças
  • Aborto espontâneo ou parto prematuro em gestantes

Quais os efeitos dos metais pesados no organismo?

Como citamos anteriormente, altos níveis de metais pesados no organismo ​​podem causar problemas de saúde, e o envenenamento acontece se você comer, beber, ou respirar poeiras ou vapores contaminados.

Além disso, os efeitos do acúmulo desses metais vão além dos sintomas já citados como por exemplo a diminuição da urina, diarreia com sangue, problemas de visão, pressão alta, falta de memória, fraqueza muscular, abortos e cólicas.

Nesse sentido, outras doenças podem surgir caso o acúmulo desses metais seja alto como o aparecimento de câncer, alzheimer,  parkinson, problemas renais e problemas neurológicos. Por fim, se você tiver algum desses sintomas, procure seu médico. Mas, se em contrapartida seus exames, como por exemplo o de sangue, mostrarem apenas níveis baixos, o médico pode pedir exames adicionais como testes de função renal, função hepática, análise de urina, cabelo, unha, eletrocardiograma e raios X.

Como metais pesados no organismo afetam os olhos

Segundo pesquisadores australianos, alguns metais tóxicos são absorvidos através da retina humana e do nervo óptico. O estudo descobriu que chumbo, níquel, ferro, cádmio, mercúrio e outros metais podem ser encontrados na retina. Assim também o ferro, mercúrio, níquel e alumínio foram encontrados na cabeça do nervo óptico. 

Segundo os pesquisadores, o acúmulo desses metais na retina contribui para o desenvolvimento da degeneração macular relacionada à idade e até à neurite óptica. Além disso, o estudo mostrou que metais pesados ​​como o cádmio e o cromo, se acumulam nos tecidos dos olhos humanos adultos.

Dessa forma, concluiu-se que o alto nível desses metais nos olhos e na retina, podem contribuir com o aumento de doenças oculares. Em síntese essas doenças surgem devido um uso excessivo de conservantes, produtos químicos como maquiagens, cremes na região dos olhos e organismos geneticamente modificados em nossa dieta.

Problemas oculares relacionados à metais pesados

Segundo estudos realizados, algumas doenças oculares foram identificadas e tiveram como causa a intoxicação por metais pesados, são elas:

Já sentiu algum desses sintomas?

E então, se identificou com algum desses sintomas? Como dissemos ao longo do artigo, metais pesados estão presentes praticamente em tudo ao nosso redor como no solo, em produtos, alimentos e água.

É importante dizer que alguns desses metais são benéficos e fundamentais para nosso organismo. Todavia, preste atenção aos alimentos que você ingere no seu dia a dia, saiba de onde vem a água que você toma, e não exagere em produtos químicos como maquiagens para os olhos.

Agora, para saber como está a saúde dos seus olhos, visite um oftalmologista regularmente. Realize testes de visão frequentes para acompanhar as possíveis mudanças em seus olhos. A propósito, agora é possível fazer testes de visão de forma totalmente gratuita e online sem sair de casa. Nós desenvolvemos um teste de visão com tecnologia exclusiva, onde você consegue testar seus olhos em apenas 3 passos simples e rápidos. Portanto, comece agora mesmo a cuidar da sua saúde ocular. Aproveite e faça o nosso teste de visão agora mesmo!

metais pesados no organismo - teste de visão

Mas você ainda está com dúvidas sobre o tema? Então deixe sua dúvida nos comentários! E não esqueça de assinar nossa newsletter para receber as melhores dicas sobre saúde ocular e geral. Trazemos para você conteúdos diários sobre a saúde dos olhos e tratamentos. E além disso, dicas de como cuidar e preservar nossa visão.

Fontes:

Livescience.com

Lenntech.com

Webmd.com

Medlineplus.gov

Rarediseases.info

File.scirp.org

Aaojournal.org

Nature.com 

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *