miopia e astigmatismo

Miopia e astigmatismo juntos. É possível?

Sim, é possível ter miopia e astigmatismo juntos. Mas antes é importante entender a diferença entre esses dois problemas de visão. 

A miopia é uma doença ocular que causa dificuldade para enxergar de longe. Já o astigmatismo caracteriza-se pela visão embaçada para focar em objetos de longe e de perto.

Além disso, a origem da miopia e do astigmatismo também são diferentes. Enquanto a miopia resulta de um aumento no diâmetro do globo ocular, o astigmatismo ocorre por imperfeições no cristalino ou na córnea.

Logo, por serem problemas de visão totalmente diferentes, é possível ter miopia e astigmatismo no mesmo olho. Quando isso acontece, tem-se um fenômeno chamado por especialistas de astigmatismo miópico.

O que causa miopia?

A miopia é o desvio de visão mais comum do mundo e é causada por conta de uma deformação do globo ocular. 

Pessoas míopes têm o globo ocular mais alongado, de maneira que a imagem é formada antes que a luz chegue na retina. 

E é justamente esse adiantamento da formação da imagem que causa dificuldade para ver objetos de longe, principal sintoma da miopia.

miopia e astigmatismo juntos

O que causa astigmatismo?

Diferentemente da miopia, o astigmatismo não é ocasionado por conta do tamanho do globo ocular, mas sim por irregularidades na córnea ou no cristalino.

Quando a córnea tem um formato mais ovalado, a luz desvia e foca em diversos pontos, formando a imagem em várias regiões do olho.

Isso faz com que a visão de quem tem astigmatismo fique embaçada ao tentar enxergar objetos tanto de perto, quanto de longe

miopia e astigmatismo juntos

Diferença de miopia e astigmatismo

Apesar de ambos serem problemas refrativos, a maneira como a miopia e o astigmatismo afetam a nossa visão é diferente.

A miopia ocorre quando o olho é mais longo, o que faz com que a córnea e o cristalino fiquem mais longe da retina. Por conta desse distanciamento, as imagens são formadas antes do plano ideal de foco, causando embaçamento para enxergar objetos distantes.

O astigmatismo, por outro lado, não está relacionado com o tamanho do globo ocular, mas com imperfeições da própria córnea ou cristalino. 

Essas deformações nas lentes naturais dos olhos causam dificuldade para enxergar objetos a longas e pequenas distâncias.

Sintomas mais comuns de miopia e astigmatismo juntos

Como os dois desvios causam dificuldade para enxergar de longe, às vezes o astigmatismo é confundido com a miopia. Mas os principais sintomas de quem tem miopia e astigmatismo juntos são:

  • Dificuldade em enxergar de longe
  • Dificuldade em enxergar de perto
  • Objetos embaçados
  • Fortes dores de cabeça
  • Fadiga ocular
  • Hipersensibilidade à luz (fotofobia)

Miopia e astigmatismo podem ser corrigidos juntos? 

Sim, é possível corrigir a miopia e o astigmatismo juntos utilizando óculos de grau ou lentes de contato

Para isso, basta passar por uma consulta com um oftalmologista ou algum outro médico da área da saúde dos olhos. 

Para casos de graus mais elevados, também é possível corrigir os dois problemas realizando uma cirurgia refrativa.

A opção mais comum e eficaz para tratamento do Astigmatismo Miópico é a cirurgia LASIK.

No entanto, para realizar o procedimento, é necessário passar por uma avaliação inicial. Nela serão analisadas as características do astigmatismo e a presença ou não de miopia. 

Também são feitos vários exames antes do procedimento, como a Topografia de Córnea, que verifica os dados da curvatura da córnea e o grau de alteração em cada ponto corneano.

Mas, apesar dos exames pré-operatórios, a cirurgia refrativa é um procedimento super rápido. Antes de utilizar o laser, é aplicado um colírio anestésico no olho a ser tratado e depois é feito um microcorte na membrana que envolve a córnea.

O laser leva cerca de dois segundo para corrigir cada grau. Todo o processo dura em torno de oito minutos.

Entretanto, não são todas as pessoas que podem realizar esse procedimento. Para fazer a cirurgia refrativa, é preciso ter acima de 21 anos e não ter sofrido alteração de grau no período de 6 meses a 1 ano. 

Por isso a avaliação inicial é tão necessária, ela é feita justamente para analisar essas alterações.

Quem possui a córnea muito fina também não deve fazer o procedimento pois o laser pode danificá-la.

Outro detalhe importante sobre esse tipo de procedimento é que a cirurgia não impede que a miopia possa progredir. Mas, em média, 30% das pessoas que fazem a cirurgia refrativa consegue uma visão melhor do que possuíam antes com seus óculos.

miopia e astigmatismo juntos

Miopia e astigmatismo juntos. É possível?
Média 5 de 2 votos



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Nós utilizamos a tecnologia a nosso favor e oferecemos uma experiência inovadora para você comprar as lentes para seus óculos sem sair de casa! E o melhor de tudo? Podendo ter as melhores lentes do mercado sem gastar uma fortuna para isso.

Pin It on Pinterest