Nistagmo: o que é, tipos, causas e como tratar

nistagmo

O Nistagmo é uma condição de visão em que os olhos fazem movimentos repetitivos e descontrolados. Os olhos parecem oscilar ou agitar de um lado para o outro, para cima e para baixo ou girando. Pode atingir crianças e adultos.

Tipos de nistagmo 

Existem dois tipos de nistagmo: congênito e adquirido.

Nistagmo congênito (pediátrico ou infantil)

Este tipo de nistagmo começa em bebês, geralmente entre 6 semanas e 3 meses de idade. Crianças com essa condição tendem a ter em ambos os olhos, que se movem de um lado para o outro. Normalmente os médicos não sabem o que causa a condição da criança. Às vezes é herdado (transmitido de pais para filhos).

Crianças com nistagmo normalmente não veem as coisas instáveis. Em vez disso, elas podem ter visão embaçada.

Nistagmo adquirido

Essa condição acontece mais tarde na vida. Ela tem muitas causas, incluindo problemas médicos graves ou uso de drogas e álcool.

Ao contrário das crianças com nistagmo congênito, os adultos com nistagmo costumam dizer que as coisas ao seu redor parecem instáveis.

Causas e fatores de risco

O cérebro controla o movimento dos olhos. Seus olhos se movem automaticamente para se ajustar quando você move ligeiramente a cabeça. Isso estabiliza a imagem para a qual você está olhando para que a veja mais nítida. Em pessoas com nistagmo, as áreas do cérebro que controlam os movimentos dos olhos não funcionam corretamente.

Em alguns casos, não está claro o por quê de alguém ter nistagmo. Em outros casos, a condição pode estar relacionado a outros problemas oculares.

O nistagmo pode estar relacionado ao seguinte:

  • Ter um histórico familiar de nistagmo;
  • Traumas na cabeça que afetam as funções motoras;
  • Tumor cerebral;
  • Albinismo (falta de cor ou pigmentação na pele);
  • Deficiência de vitamina B12;
  • Uma ampla gama de problemas oculares em bebês / crianças, incluindo catarata, estrabismo e problemas de foco;
  • Problemas do ouvido interno, como a doença de Meniere;
  • Esclerose múltipla;
  • AVC (uma causa comum de nistagmo adquirido em pessoas idosas);
  • Lesão na cabeça (uma causa comum de nistagmo adquirido em pessoas mais jovens);
  • Uso de certos medicamentos, como lítio ou medicamentos anticonvulsivantes;
  • Uso de álcool ou drogas.

Sintomas

O principal sintoma do nistagmo é o movimento rápido dos olhos que não pode ser controlado. Normalmente, o movimento é lateral.

Também pode ser para cima e para baixo ou circular. O movimento pode variar entre lento e rápido e geralmente acontece nos dois olhos.

Além do movimento rápido dos olhos,  outros sintomas incluem:

  • Sensibilidade à luz;
  • Tontura;
  • Dificuldade em ver no escuro;
  • Problemas de visão;
  • Manter a cabeça em uma posição virada ou inclinada;
  • Mover a cabeça com frequência para compensar a movimentação dos olhos;
  • Sensação de que o mundo está tremendo;

Quando ir ao médico

Consulte seu médico se você começar a notar sintomas dessa condição. O nistagmo adquirido sempre ocorre devido a uma condição de saúde subjacente. Você vai querer descobrir qual é essa condição e a melhor forma de tratá-la. 

Caso você note movimentos repetitivos nos olhos de seu filho, também é recomendado levá-lo a um médico para ele poder examinar a criança e indicar o tratamento certo.

Como é o diagnóstico

Se você acha que você ou seu filho podem ter sintomas de nistagmo, consulte seu oftalmologista. Ele vai olhar para o interior de seus olhos e testar sua visão. Ele também procurará por outros problemas oculares.

Ele pode pedir exames complementares, incluindo:

  • Exame de ouvido
  • Exame neurológico
  • RM do cérebro
  • Tomografia computadorizada do cérebro
  • Registro do movimento dos olhos

O médico pode pedir que você gire na cadeira por cerca de 30 segundos, pare e tente olhar para um objeto. Se você tiver nistagmo, seus olhos se moverão primeiro lentamente em uma direção.

Então, eles se moverão rapidamente para o outro lado.

Prevenção

O nistagmo pode ser hereditário e uma pessoa pode nascer com ele, mas também pode ser um sinal de outra condição médica. Portanto, não existe uma forma de prevenção. Recomenda-se um exame oftalmológico completo realizado por um médico em optometria para determinar a causa e o curso de ação.

Tratamento do nistagmo

O tratamento do nistagmo depende se a condição é congênita ou adquirida. O nistagmo congênito não requer tratamento, embora o seguinte possa ajudar a melhorar sua visão:

Às vezes, o nistagmo congênito diminui ao longo da infância sem tratamento. Se seu filho tiver um caso muito grave, o médico pode sugerir uma cirurgia chamada tenotomia para alterar a posição dos músculos que controlam o movimento dos olhos.

Essa cirurgia pode não curar o nistagmo, mas pode reduzir o grau em que seu filho precisa virar a cabeça para melhorar a visão.

Se você adquiriu essa condição, o tratamento se concentrará na causa subjacente. Alguns tratamentos comuns para o nistagmo adquirido incluem:

  • Mudar medicamentos;
  • Corrigir deficiências de vitaminas com suplementos e ajustes dietéticos;
  • Colírio para infecções oculares;
  • Antibióticos para infecções do ouvido interno;
  • Toxina botulínica para tratar distúrbios graves na visão causados ​​pelo movimento dos olhos;
  • Lentes de óculos especiais chamadas prismas;
  • Cirurgia cerebral para distúrbios do sistema nervoso central ou doenças cerebrais.

Nistagmo tem cura?

O nistagmo não tem cura, mas existem vários tratamentos que podem ajudar.

Óculos e lentes de contato não corrigem a condição, embora possam ajudar um pouco e certamente devam ser usados para corrigir outros problemas de visão. 

A boa notícia é que o nistagmo não é doloroso e não leva à cegueira total. A visão tende a melhorar até se estabilizar por volta dos cinco ou seis anos de idade.

Dar às crianças bastante estímulo nos primeiros anos parece ajudá-las a fazer o melhor uso da visão que têm. Brinquedos que incentivam a criança a seguir um objeto em movimento, como bolas de gude ou conjuntos de trem, são úteis.

O mesmo ocorre com os jogos projetados para desenvolver a coordenação visual.

Fontes:

American Academy of Ophthalmology

WebMD

Healhtline

Nystagmus Network

Eyecare Trust

American Optometric Association

Beth Israel Lahey Health Winchester Hospital

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.


Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nistagmo: o que é, tipos, causas e como tratar

nistagmo

O Nistagmo é uma condição de visão em que os olhos fazem movimentos repetitivos e descontrolados. Os olhos parecem oscilar ou agitar de um lado para o outro, para cima e para baixo ou girando. Pode atingir crianças e adultos.

Tipos de nistagmo 

Existem dois tipos de nistagmo: congênito e adquirido.

Nistagmo congênito (pediátrico ou infantil)

Este tipo de nistagmo começa em bebês, geralmente entre 6 semanas e 3 meses de idade. Crianças com essa condição tendem a ter em ambos os olhos, que se movem de um lado para o outro. Normalmente os médicos não sabem o que causa a condição da criança. Às vezes é herdado (transmitido de pais para filhos).

Crianças com nistagmo normalmente não veem as coisas instáveis. Em vez disso, elas podem ter visão embaçada.

Nistagmo adquirido

Essa condição acontece mais tarde na vida. Ela tem muitas causas, incluindo problemas médicos graves ou uso de drogas e álcool.

Ao contrário das crianças com nistagmo congênito, os adultos com nistagmo costumam dizer que as coisas ao seu redor parecem instáveis.

Causas e fatores de risco

O cérebro controla o movimento dos olhos. Seus olhos se movem automaticamente para se ajustar quando você move ligeiramente a cabeça. Isso estabiliza a imagem para a qual você está olhando para que a veja mais nítida. Em pessoas com nistagmo, as áreas do cérebro que controlam os movimentos dos olhos não funcionam corretamente.

Em alguns casos, não está claro o por quê de alguém ter nistagmo. Em outros casos, a condição pode estar relacionado a outros problemas oculares.

O nistagmo pode estar relacionado ao seguinte:

  • Ter um histórico familiar de nistagmo;
  • Traumas na cabeça que afetam as funções motoras;
  • Tumor cerebral;
  • Albinismo (falta de cor ou pigmentação na pele);
  • Deficiência de vitamina B12;
  • Uma ampla gama de problemas oculares em bebês / crianças, incluindo catarata, estrabismo e problemas de foco;
  • Problemas do ouvido interno, como a doença de Meniere;
  • Esclerose múltipla;
  • AVC (uma causa comum de nistagmo adquirido em pessoas idosas);
  • Lesão na cabeça (uma causa comum de nistagmo adquirido em pessoas mais jovens);
  • Uso de certos medicamentos, como lítio ou medicamentos anticonvulsivantes;
  • Uso de álcool ou drogas.

Sintomas

O principal sintoma do nistagmo é o movimento rápido dos olhos que não pode ser controlado. Normalmente, o movimento é lateral.

Também pode ser para cima e para baixo ou circular. O movimento pode variar entre lento e rápido e geralmente acontece nos dois olhos.

Além do movimento rápido dos olhos,  outros sintomas incluem:

  • Sensibilidade à luz;
  • Tontura;
  • Dificuldade em ver no escuro;
  • Problemas de visão;
  • Manter a cabeça em uma posição virada ou inclinada;
  • Mover a cabeça com frequência para compensar a movimentação dos olhos;
  • Sensação de que o mundo está tremendo;

Quando ir ao médico

Consulte seu médico se você começar a notar sintomas dessa condição. O nistagmo adquirido sempre ocorre devido a uma condição de saúde subjacente. Você vai querer descobrir qual é essa condição e a melhor forma de tratá-la. 

Caso você note movimentos repetitivos nos olhos de seu filho, também é recomendado levá-lo a um médico para ele poder examinar a criança e indicar o tratamento certo.

Como é o diagnóstico

Se você acha que você ou seu filho podem ter sintomas de nistagmo, consulte seu oftalmologista. Ele vai olhar para o interior de seus olhos e testar sua visão. Ele também procurará por outros problemas oculares.

Ele pode pedir exames complementares, incluindo:

  • Exame de ouvido
  • Exame neurológico
  • RM do cérebro
  • Tomografia computadorizada do cérebro
  • Registro do movimento dos olhos

O médico pode pedir que você gire na cadeira por cerca de 30 segundos, pare e tente olhar para um objeto. Se você tiver nistagmo, seus olhos se moverão primeiro lentamente em uma direção.

Então, eles se moverão rapidamente para o outro lado.

Prevenção

O nistagmo pode ser hereditário e uma pessoa pode nascer com ele, mas também pode ser um sinal de outra condição médica. Portanto, não existe uma forma de prevenção. Recomenda-se um exame oftalmológico completo realizado por um médico em optometria para determinar a causa e o curso de ação.

Tratamento do nistagmo

O tratamento do nistagmo depende se a condição é congênita ou adquirida. O nistagmo congênito não requer tratamento, embora o seguinte possa ajudar a melhorar sua visão:

Às vezes, o nistagmo congênito diminui ao longo da infância sem tratamento. Se seu filho tiver um caso muito grave, o médico pode sugerir uma cirurgia chamada tenotomia para alterar a posição dos músculos que controlam o movimento dos olhos.

Essa cirurgia pode não curar o nistagmo, mas pode reduzir o grau em que seu filho precisa virar a cabeça para melhorar a visão.

Se você adquiriu essa condição, o tratamento se concentrará na causa subjacente. Alguns tratamentos comuns para o nistagmo adquirido incluem:

  • Mudar medicamentos;
  • Corrigir deficiências de vitaminas com suplementos e ajustes dietéticos;
  • Colírio para infecções oculares;
  • Antibióticos para infecções do ouvido interno;
  • Toxina botulínica para tratar distúrbios graves na visão causados ​​pelo movimento dos olhos;
  • Lentes de óculos especiais chamadas prismas;
  • Cirurgia cerebral para distúrbios do sistema nervoso central ou doenças cerebrais.

Nistagmo tem cura?

O nistagmo não tem cura, mas existem vários tratamentos que podem ajudar.

Óculos e lentes de contato não corrigem a condição, embora possam ajudar um pouco e certamente devam ser usados para corrigir outros problemas de visão. 

A boa notícia é que o nistagmo não é doloroso e não leva à cegueira total. A visão tende a melhorar até se estabilizar por volta dos cinco ou seis anos de idade.

Dar às crianças bastante estímulo nos primeiros anos parece ajudá-las a fazer o melhor uso da visão que têm. Brinquedos que incentivam a criança a seguir um objeto em movimento, como bolas de gude ou conjuntos de trem, são úteis.

O mesmo ocorre com os jogos projetados para desenvolver a coordenação visual.

Fontes:

American Academy of Ophthalmology

WebMD

Healhtline

Nystagmus Network

Eyecare Trust

American Optometric Association

Beth Israel Lahey Health Winchester Hospital

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.


Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *