olho piscando

Olho piscando em excesso: quando o bebe pisca muito ou com força devo me preocupar?

5
(3)

Piscar é um ato inconsciente que ocorre várias vezes por minuto e serve principalmente para cobrir os olhos com lágrimas e remover qualquer sujeira ou resíduos da superfície da córnea. Por isso, o olho piscando é um ato necessário para manter os olhos saudáveisMas a taxa de intermitência do piscar entre adultos e bebês é diferente, independente da cor dos olhos do bebê.

Os recém-nascidos geralmente piscam apenas duas vezes por minuto. Isso aumenta para 14 – 17 vezes por minuto na adolescência e permanece o mesmo pelo resto de nossas vidas. Agora, o motivo pelo qual os bebês piscam menos é porque seus olhos são mais bem protegidos por aberturas menores,  e porque dormem muito, o que pode exigir menos lubrificação. 

Mas o que acontece quando seu bebê pisca muito rápido ou fica piscando em excesso?

Por que o olho pisca?

Piscar é um reflexo normal que protege o olho da secura, luz forte, dedos ou outros objetos que venham em sua direção. Piscar também regula as lágrimas, que nutrem e limpam a superfície do olho. O ritmo de quanto você pisca pode aumentar em resposta à dor, sono, luz forte, mudanças de temperatura e umidade, além das atividades que você realiza.

O que é um olho piscando em excesso e por que meu bebê faz isso? 

Quando você pisca mais que o normal, você pode estar piscando em excesso. Isso pode acontecer devido a um problema nas pálpebras ou no segmento anterior do olho; tiques habituais; erro de refração (necessidade de óculos); exotropia intermitente ou desvio do olho e estresse.

Se seu bebê estiver piscando com frequência, você deve consultar o pediatra ou oftalmologista imediatamente. Isso  porque piscar excessivamente em bebês pode indicar um distúrbio neurológico, por exemplo: espasmos musculares, infecção ocular, alergia, deficiência visual ou mesmo blefarite. Vamos dar uma olhada em cada um deles.

Espasmos musculares faciais

Os espasmos musculares perturbam os músculos dos olhos do bebê e ao redor deles. Crianças impetuosas e irritadiças tendem a ter espasmos faciais, pois podem ser mais expressivas fisicamente.

Tiques

Os tiques são movimentos repetitivos abruptos e quase 20 por cento das crianças os experienciam, levando a piscar com dificuldade. Procure por sinais de cochilos perdidos e até ansiedade perto de outras pessoas, que são os principais desencadeadores de tiques em crianças.

Alergia

As alergias podem estimular problemas oculares, como olhos vermelhos, com coceira ou inchados. Seu filho pode piscar com mais frequência para aliviar a coceira. Dessa forma, se seu filho tiver piscando frequentemente e tiver com o nariz congestionado ou escorrendo, pode ser que ele esteja com alergias. 

Você também pode verificar se seu filho é sensível à poeira ou a outras alergias ambientais. Se sintomas como esses aparecerem, o médico pode recomendar um teste de alergia e um antialérgico subsequente.

Problemas visuais

Se o piscar excessivo do seu filho também envolve estrabismo frequente, é recomendado visitar um oftalmologista pediátrico. Às vezes, piscar com força pode ser um sinal de que seu filho precisa de óculos. Na verdade, piscar excessivamente também pode ser resultado de lesão da córnea ou dos primeiros sinais de olho rosa.

Secura extrema

Se o seu bebê tiver olhos extremamente secos, ele também pode piscar excessivamente. Você pode evitar isso não permitindo que eles esfreguem os olhos e, mais importante, pedindo a opinião do seu médico sobre um colírio que pode aliviar a irritação.

Miopia 

A miopia pode ser um dos principais motivos para o olho piscando com frequência. É possível que seu bebê simplesmente não consiga ver nada perto dele e, por isso, esteja chorando, indicando que ele tem esse problema de visão. 

Embora os bebês não tenham realmente visão ao longe até os três meses ou mais, se eles ainda esfregam os olhos e tentam se agarrar em você ou em qualquer objeto e depois chora, pode ser hora de levar seu filho a um oftalmologista para que ele o receite o uso de óculos para bebês.

Transtorno obsessivo-compulsivo

Transtorno Obsessivo Compulsivo ou TOC, uma condição comportamental que também pode resultar em olho piscando excessivamente em uma criança mais velha. Na maioria das vezes, as crianças não conseguem controlar isso e piscar forte pode até ser acompanhado por vários tiques vocais ou motores.

Ansiedade ou medo

Ansiedade e forte piscar de olhos estão associados psicologicamente. Acompanhe seu filho para entender o que o está incomodando. Pode ser o medo de objetos ou pessoas que está se manifestando nessas piscadas.

Tédio

Às vezes, seu filho pode piscar com frequência apenas por causa do tédio. No entanto, isso não significa que você tenha que entreter seu filho o dia todo. A criança vai parar de fazer isso depois de algum tempo.

Blefarite

A blefarite é uma infecção bacteriana das pálpebras e seus sintomas incluem vermelhidão e até escamas nas bordas das pálpebras. Geralmente, o tratamento para essa infecção inclui a aplicação de compressas quentes e úmidas nos olhos do seu filho por cerca de 15 minutos de cada vez. Você pode fazer isso várias vezes ao dia, além de aplicar pomada antibiótica. Mas lembre-se sempre de consultar um profissional de saúde de sua confiança. 

Algumas outras condições graves também podem fazer com que pisque com dificuldade. Estas outras causas incluem:

  • Doença de Wilson: é uma condição genética rara causada por muito cobre em seu corpo
  • Esclerose múltipla: é uma doença do cérebro e da medula espinhal
  • Síndrome de Tourette: esta é uma condição que faz com que você faça movimentos ou sons incontroláveis

Como avaliar o olho piscando forte?

Um oftalmologista pediátrico poderá diagnosticar a causa dos sintomas através de um exame completo. Se houver um problema como cílio encravado, abrasão da córnea (arranhão na superfície frontal do olho), conjuntivite (olho rosa), corpo estranho no olho, alergias que afetam o olho ou secura ocular, isso pode ser facilmente diagnosticado por realizar um exame com um instrumento denominado lâmpada de fenda.

Este é um microscópio especial usado para ampliar o olho. Se for necessário óculos, isso também pode ser facilmente detectado. Qualquer estrabismo (em girar ou virar o olho) será diagnosticado quando o oftalmologista examinar os movimentos dos olhos.

Como tratar olho piscando com força?

O tratamento para piscar forte depende da causa real. Dessa forma, se o seu bebê estiver piscando devido a uma infecção, uma pomada será administrada. E se ele ou ela estiver piscando muito devido a um problema de comportamento, isso será tratado de acordo com o médico. De modo geral, aqui estão os tratamentos comuns para algumas dessas causas comuns.

  • Alergias ou olho seco: o oftalmologista do seu bebê pode recomendar um colírio de venda livre.
  • Lesão na córnea: seu filho pode ter que usar um tampão no olho. Isso eliminará o piscar e curará a ferida. Além disso, seu bebê também pode receber colírios antibióticos.
  • Entrada de objetos estranhos: O objeto precisa ser removido do olho. Isso pode ou não precisar de cirurgia, dependendo da gravidade do alojamento.
  • Problemas refrativos: Seu filho precisará usar óculos em caso de miopia, hipermetropia e astigmatismo. Nos casos piores, seu filho pode precisar de cirurgia para posicionar corretamente os olhos.
  • Tique habitual: se o piscar ocorrer devido a um tique, não há necessidade de se preocupar. Fale com o pediatra para diagnosticar a razão exata do tique do seu filho. No caso de tiques vocais, seu filho pode fazer sons incomuns, junto com piscadas fortes. Nesses casos, recomenda-se levar seu filho a um neurologista.

O que é o olho piscando como um tique?

Um tique habitual é um pequeno movimento corporal voluntário. Estresse, fadiga ou tédio, geralmente, são as principais causas. Também pode afetar os dois olhos ao mesmo tempo, mas costuma afetar meninos duas vezes mais que meninas, com idade média de 5 anos – quando aparece pela primeira vez. É uma condição benigna que se resolve sem tratamento, geralmente dentro de semanas a anos, frequentemente com recorrência intermitente. 

Não há causa neurológica, por isso, avaliações adicionais e varreduras cerebrais não são necessárias. Mas se a criança apresentar múltiplos tiques e/ou tiques auditivos (vocais), busque por uma consulta com um neurologista. 

Uma vez que o oftalmologista determinou que a criança não tem problemas nos olhos, é melhor que os pais não chamem a atenção ou discutam o piscar excessivo, pois os sintomas podem diminuir. Mas se isso não acontecer, não deixe de discutir esse quadro com o pediatra de sua confiança. Ele pode identificar formas de controlar o estresse, ansiedade ou outros possíveis gatilhos.

Você observou que o seu filho está piscando excessivamente?

Como pais, vocês estarão naturalmente atentos aos movimentos e comportamento do seu bebê. E, embora, isso em si seja um trabalho 24 × 7, você pode precisar ser mais cauteloso se detectar atividades incomuns, como piscar forte. Claro, manter seu bebê longe de dispositivos digitais é uma maneira, mas há algumas outras coisas que você pode tentar para minimizar o risco dessa condição de saúde.

  • Permita que seu bebê brinque com brinquedos reais em vez de um dispositivo digital, como um celular ou tablet;
  • Limite o tempo de tela a menos de uma hora se seu filho tiver menos de um;
  • Salpique seus olhos com água fria entre atividades como brincar ou até mesmo tirar cochilos;
  • Inclua ingredientes saudáveis ​​na refeição do seu filho. Se você já introduziu sólidos, pode adicionar um purê de vegetais com folhas verdes, cenoura, salmão ou atum, frutas cítricas como laranjas e proteínas como feijão ou ovos..

Além dessas precauções, certifique-se de que seu filho durma o suficiente e monitore constantemente o tempo de tela. Não é difícil para os pais detectar atividades incomuns e, quando se trata dos olhos do bebê, não há nada mais importante. Portanto, se você detectar algo incomum, não deixe de visitar o oftalmologista pediátrico com frequência para monitorar a saúde visual de seu filho e obter o tratamento correto.

Agora que você aprendeu mais sobre a saúde visual de seu bebe, que tal fazer um teste virtual 100% gratuito para saber como está a sua visão?

olho piscando - teste de visão

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário e continue a navegar pelo nosso blog, estamos sempre atualizando com conteúdos inéditos.

Fontes:
AAPOS

Yahoo News

Asia One

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *