olhos lacrimejando

Olhos lacrimejando em excesso: 14 causas possíveis e o que fazer

0
(0)

Olhos lacrimejando em excesso, também conhecido por olhos lacrimejantes ou epífora, pode ser causado por vários motivos, como alergias ou infecções. Além disso, na maioria das vezes não representa graves riscos à nossa saúde visual.

Existem muitas formas de tratar, mas isso vai depender da causa. Ou seja, você precisa estar atento aos sintomas.

O seu oftalmologista não apenas poderá realizar o diagnóstico, como também indicar o melhor tratamento.

Em casos de alergias, o médico pode, por exemplo, receitar remédios ou colírios. Mas caso seja um bloqueio no canal lacrimal, poderá ser realizada uma cirurgia.

Quando é normal ter os olhos lacrimejando?

O normal para os nossos olhos lacrimejarem é quando entendemos que a produção de lágrimas não está associada a nenhuma doença ocular, portanto, é um processo normal para todos nós.

A lágrima é um líquido que contém água e sal e mantém sempre nossos olhos lubrificados, além de lavá-los contra poeira e objetos estranhos que tentam adentrar em nossos olhos.

Assim, nossos olhos lacrimejam diante de várias situações e algumas delas até emocionais (quando estamos muito tristes ou até muito emocionados).

Nesses casos é normal o lacrimejamento.  

Outra condição que é normal para os olhos lacrimejarem é diante da exposição à poeira, vento e até a luz forte. 

Olhos lacrimejando muito

Se você está com os olhos lacrimejando muito, saiba que sempre existe uma causa associada a este quadro que deve ser observada e tratada quando necessário.

Lembre-se que quando falamos sobre olhos lacrimejando em excesso, queremos dizer que constantemente os seus olhos ficam lacrimejando, produzindo, então, excesso de lágrimas.

Causas para o lacrimejamento excessivo

As causas para a epífora – olhos lacrimejando em excesso – são diversas e listamos as 14 principais. Confira:

Olho seco

O olho seco pode afetar os seus olhos, quando você não produz quantidade excessiva de lágrimas para lubrificação dos olhos. 

Assim, dependendo do clima, do ambiente a que está exposto ou até hábitos da rotina podem agravar a condição e fazer os olhos lacrimejarem de forma anormal

Objeto estranho preso na pálpebra

Quando seu olho entra em contato com qualquer tipo de objeto, seja um cílio, poeira ou grão de sujeira, ele vai lacrimejar como forma de proteger os olhos e barrar a entrada de tais corpos estranhos no globo ocular.

Quando removidos os objetos ou quando limpar os olhos, o lacrimejamento excessivo deve parar.

Conjuntivite

Infecções oculares – como a conjuntivite – é uma das principais causas para os olhos lacrimejando em excesso acontecer. 

É preciso tratar a infecção com medicamento, após consulta médica.

Alergias

Alergias causam também o lacrimejamento dos olhos em excesso. É preciso descobrir o agente alergênico que desencadeia a alergia e tratar o quanto antes para alívio dos sintomas.

Entupimento dos dutos lacrimais

O entupimento dos dutos lacrimais que ficam na parte interna do olho podem desencadear a epífora.

Isso porque as lágrimas ficam acumuladas e acabam provocando o lacrimejamento em excesso.

Lesões, infecções e até o envelhecimento podem causar o problema.

Arranhão no olho

Se você sofrer qualquer tipo de abrasão na córnea – por contato com poeira, areia ou lentes de contato – seus olhos ficarão arranhados.

Assim, outro problema surge: lacrimejamento excessivo dos olhos, dor, vermelhidão e sensibilidade à luz

Problemas de cílios 

Algumas vezes os cílios podem crescer na direção errada e afetarem os nossos olhos. Geralmente isso acontece após lesões ou infecções oculares e é chamado por teriquías.

Isso acaba resultando em desconforto, dor e lacrimejamento dos olhos em excesso. 

O médico deve, portanto, retirar o cílios que esteja provocando o problema.

Problemas na pálpebra

Às vezes, por alguma condição anormal da pálpebra, seus olhos podem ser afetados. Por exemplo, a pálpebra pode virar para dentro (entrópio) ou para fora (ectrópio), o que resulta nos olhos lacrimejando. 

Terçol

O terçol também pode causar o lacrimejamento dos olhos em excesso.

Aliado a isso, dor, vermelhidão e inchaço podem ser outros sintomas da condição.

É causado por ação das bactérias e, geralmente, cura-se sozinho dentro de alguns dias.

Blefarite

Blefarite faz as pálpebras incharem perto dos cílios, causando dor, formação de crosta, vermelhidão e epífora.

Problemas de saúde

Algumas síndromes, como a síndrome de Sjogren, paralisia de Bell, infecções crônicas nos seios da face, problemas na tireoide e artrite reumatóide podem afetar a produção de lágrimas.

Assim, há o lacrimejamento excessivo dos olhos para essas condições.

Pacientes em tratamento contra o câncer que realizam quimioterapia ou radioterapia podem também enfrentar este problema e precisam conversar com seus médicos para tratarem do problema. 

Problemas na glândula de óleo

Nas bordas das pálpebras temos as chamadas glândulas de Meibom. Elas produzem óleos que ajudam a manter a nossa saúde visual.

Por exemplo, impedem que seus olhos sequem rapidamente e criam uma barreira para manterem as lágrimas onde você precisar.

Se as glândulas de Meibom ficam bloqueadas, elas não produzem o óleo suficiente para cumprir a sua função, causando irritação e lacrimejamento dos olhos. 

Resfriados ou gripes

Além dos variados sintomas da gripe ou resfriado, nossos olhos sofrem também! Eles podem ficar vermelhos e lacrimejar em excesso. 

Condições climáticas

O clima influencia também na nossa saúde visual. Tempo seco, por exemplo, pode causar o lacrimejamento excessivo dos olhos. 

Além da exposição ao vento, frio ou ao sol.

Medicamentos

Alguns medicamentos podem deixar os olhos lacrimejando em excesso. Converse com o seu médico e avalie como você pode lidar com a situação, sem interromper nenhum tratamento. 

Sintomas

Se você notar os seguintes sintomas, você deve, imediatamente, procurar atendimento médico:

 

  • Vermelhidão persistente dos olhos
  • Visão reduzida
  • Dor ou inchaço ao redor dos olhos
  • Sensação de corpo estranho no olho

 

 

Olhos lacrimejando em crianças

Geralmente, olhos lacrimejando em crianças é causado quando o canal lacrimal está obstruído, ou seja, totalmente fechado ou totalmente aberto.

O lado bom é que, na maioria dos casos, esse problema é resolvido sem necessidade de tratamento, durando apenas alguns meses.

No entanto, estejam atentos, papai e mamãe, para outras causas possíveis de olhos lacrimejando:

 

  • Alergias
  • Conjuntivite

 

 

Olhos vermelhos e lacrimejantes – o que pode ser?

A vermelhidão e o lacrimejamento dos olhos são sintomas comuns de vários problemas oculares, tais como conjuntivite, alergias, olho seco e até blefarite.

Assim, essas duas condições quase sempre aparecem como sintomas de doenças oculares que afetam a nossa saúde visual.

Ardor e olhos lacrimejantes

Os olhos lacrimejantes podem também causar ardência da região, inclusive, o ardor dos olhos é um dos sintomas de que os seus olhos estão lacrimejando muito.

Quando ir ao médico?

Procure atendimento médico quando notar que os seus olhos estão lacrimejando muito ou diante dos seguintes sintomas:

 

  • Olho ferido ou arranhado
  • Contato dos olhos com substâncias químicas
  • Perda de visão ou dificuldade de enxergar
  • Olhos lacrimejando que não melhoram sozinhos
  • Secreção no olho ou sangramento
  • Vermelhidão, dor ou inchaço da região
  • Objeto estranho preso na pálpebra do olho
  • Problema no olho acompanhado por forte dor de cabeça

 

 

Diagnóstico

Através de exames específicos é possível diagnosticar problemas mais sérios que estejam afetando o seu olho, fazendo ele lacrimejar muito.

Assim, o médico poderá realizar um exame específico para avaliar a saúde das suas pálpebras e diagnosticar se você apresenta alguma lesão, infecção, entrópio (pálpebra virada para dentro) ou ectrópio (pálpebra virada para fora).

Para isso, realiza-se exame com sonda que é inserida nos canais de drenagem da parte interna do olho para ver se há algum bloqueio de tais canais.

Além disso, o líquido pode ser inserido para ver se sai pelo nariz do paciente, demonstrando que não há bloqueio.

Caso esteja bloqueado, poderá ser injetado corante para a localização exata do bloqueio e, após a injeção de corante, é tirado um raio-x que possibilita mostrar onde o corante ficou concentrado.

Tratamentos

O tratamento vai depender da causa para o olho estar lacrimejando. Isso porque, na maioria das vezes, o lacrimejamento para após alguns dias.

No entanto, em outras situações o seu médico poderá avaliar a causa e prescrever a forma certa de tratar, que pode ser:

  • Medicamentos para alegria – se a alergia for a causa
  • Medicamentos para conjuntivite – se você estiver com essa infecção no olho
  • Remoção de corpo estranho preso na pálpebra 
  • Colírios podem ser indicados alívio do sintoma
  • Cirurgia – caso seus canais lacrimais estejam bloqueados. Isso o médico quem irá avaliar 

 

 

Remédios caseiros para olhos lacrimejantes

Em algumas situações você consegue tratar olhos lacrimejando em casa, com medidas simples:

  • Dê uma pausa e não assista por um tempo televisão e não exponha os seus olhos às telas dos aparelhos eletrônicos;
  • Segure um pano limpo, úmido e quente sobre os olhos e faça movimentos suaves nas pálpebras;
  • Você pode usar colírios que vendem sem prescrição médica (mas não abuse do uso, pois pode provocar outros efeitos ruins nos olhos)

No médico

Se os seus olhos lacrimejantes estiverem afetando a sua capacidade de enxergar direito ou gerando qualquer tipo de mudança visual, você deve ir ao oftalmologista imediatamente para um diagnóstico correto.

Isso porque, em alguns casos, alguns problemas oculares mais sérios podem estar causando o lacrimejamento dos seus olhos.

Sendo assim, o seu médico poderá avaliar a sua saúde visual e indicar o melhor tratamento para a causa dos olhos lacrimejantes. 

Além disso, ele poderá fazer várias perguntas sobre os sintomas, duração do quadro, se você está fazendo uso de algum medicamento que pode estar causando o problema ou até mesmo se você tem alguma alergia. 

Nesse caso, as perguntas que ajudarão no diagnóstico são:

 

  • Teve contato recente com alguém que estava com infecção ocular?
  • Está tomando algum medicamento no momento?
  • Tem alguma alergia?
  • Notou que sua visão mudou?
  • Já teve olhos lacrimejando antes ou é a primeira vez?
  • Você tem algum outro sintoma?
  • O lacrimejamento ocorre em apenas um olho ou nos dois?
  • Fez cirurgia ocular recentemente?
  • Há quanto tempo já está com os olhos lacrimejando?
  • Algum corpo estranho atingiu seus olhos recentemente?

 

 

Possíveis complicações

Geralmente, o olho lacrimejando não representa risco permanente à nossa saúde ocular.

Porém, claro que é preciso atenção já que o olho lacrimejando em excesso e por muito tempo facilita o surgimento de infecções oculares ou reações alérgicas.

Assim, se não tratadas, essas condições podem evoluir para quadros mais graves que comprometem a saúde visual.

Além disso, após o diagnóstico, siga sempre o tratamento prescrito pelo oftalmologista para evitar potenciais complicações à sua saúde ocular, tais como: 

 

  • Propagação de infecções ou alergias
  • Cicatriz no olho
  • Dor ocular crônica
  • Perda de visão e cegueira
  • Progressão de sintomas

 

 

Seus olhos lacrimejam muito?

Na maioria das vezes, os olhos lacrimejantes não representam gravidade e desaparecem sem necessidade de um tratamento.

No entanto, é importante estar atento aos sintomas ou diante de alterações na sua visão, já que podem indicar problemas oculares que vão exigir tratamento ideal.

E os seus olhos? Eles lacrimejam muito? Conta para a gente nos comentários e pode também deixar a sua dúvida que vamos te ajudar. Não se esqueça de colocar um endereço de e-mail válido para ser avisado e receber nossa resposta. 

Fontes

Medical News Today

Healthline

Healthgrades 

NHS 

Mayo Clinic

Medicine Net 

WebMD

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *