piscar de olhos

Piscar de olhos: veja quando pode ser um problema

5
(1)

Todos nós piscamos os olhos. Mas quando o piscar de olhos se torna um problema que exige tratamento?

Fique sabendo que o ato de piscar os olhos é fundamental, já que essa ação ajuda muito a prevenir a entrada de poeira ou outros agentes alérgenos do ambiente externo em nossos olhos.

Sem falar que também ajuda a manter os nossos olhos lubrificados.

No entanto, o piscar de olhos pode ser um problema se estiver aliado a outros sintomas oculares ou de saúde que indicam sério risco à nossa visão ou saúde corporal. 

Além disso, é considerado excessivo quando interfere na sua vida e em suas atividades, exigindo diagnóstico e tratamento.

Por que piscamos?

O ato de piscar os olhos é um reflexo normal do nosso corpo e que ajuda a proteger os nossos olhos da poeira ou objetos estranhos que possam adentrar em nosso olho, além de ajudar na lubrificação também.

Aliás, o piscar de olhos também ajuda a regular as lágrimas, responsáveis pela umidificação e limpeza do olho.

Enquanto somos bebês, piscamos apenas 2 vezes por minuto, saltando para 14-17 vezes por minuto quando atingimos a adolescência, sendo que essa quantidade de piscadas se mantém para o resto da vida. 

Inclusive, uma curiosidade bem interessante é que piscar os olhos tem velocidade de apenas 400 milissegundos, muito rápido, não é mesmo?

No entanto, alguns fatores podem influenciar nessa velocidade, como por exemplo por meio do uso de medicamentos, doenças ou problemas oculares e até a fadiga ocular.

Outros fatores que influenciam o piscar de olhos, além do que mencionamos, são:

  • Emoções
  • Intensidade da luz do ambiente em que estamos
  • Mudança de temperatura e umidade
  • Influência de alguma dor que estamos sentindo

O que é o piscar demais?

O piscar de olhos se torna anormal e em excesso quando:

  • Não para dentro de algumas horas
  • Afeta nosso dia-a-dia
  • Interfere na visão, ainda mais quando estiver dirigindo.
  • Está associado a outros sintomas de outros problemas de saúde ou problemas de visão

O que causa piscar de olhos excessivo

O piscar de olhos excessivo pode ser causado por problemas oculares ou outras condições de saúde que afetem funções neurológicas.

Além disso, o uso de medicamentos também podem causar o piscar de olhos excessivo. Listamos a seguir as principais causas para este problema: 

  • Irritação ocular
  • Fadiga Ocular
  • Problemas neurológicos
  • Problemas de visão
  • Desordem de movimento
  • Hábito
  • Problemas de saúde mental

Fatores de risco

Os fatores de risco que podem causar mais facilmente o piscar de olhos em excesso estão ligados a alguns dos problemas de visão mais comuns que existem. São eles: estrabismo, miopia, presbiopia, entre outros. E até mesmo devido a hábitos rotineiros.

Como exemplo, estar exposto por muitas horas e sem fazer intervalos regulares à luz azul do computador.

Além disso, problemas neurológicos podem também desencadear e aumentar as chances do piscar de olhos em excesso.

Inclusive, um outro problema, como o Blefaroespasmo, que são espasmos involuntários da pálpebra, pode afetar e desencadear o piscar de olhos em excesso.

Outros  sintomas além do piscar de olhos excessivo que indica problemas nos olhos

Além de piscar os olhos em excesso, os seguintes sintomas indicam problemas nos olhos:

Sintomas neurológicos que podem ocorrer junto com sintomas de piscar de olhos

O piscar de olhos pode ser um sintoma de síndromes ou distúrbios neurológicos. Esteja atento:

  • Doença de Parkinson (distúrbio cerebral que prejudica o movimento e a coordenação)
  • Discinesia tardia (início lento ou tardio)
  • Síndrome de Tourette
  • Transtorno de déficit de atenção
  • Blefaroespasmo (espasmo involuntário ou contração da pálpebra)
  • Distonia
  • Tique nervoso

Sintomas graves que podem indicar uma condição mais séria

Em alguns casos, piscar muitas vezes os olhos pode ser o sintoma mais grave de outra condição médica séria, tal como:

  • Derrame
  • Glaucoma congênito
  • Apreensão desordem
  • Síndrome de Aicardi (distúrbio cerebral grave adquirido ainda na infância)

Complicações

As complicações mais comuns do piscar dos olhos em excesso são: 

  • Perda de visão ou cegueira
  • Dor nos olhos
  • Glaucoma
  • Aumento de infecções oculares
  • Inflamação crônica dos olhos
  • Abrasão ou úlcera na córnea

E quando são as crianças que estão piscando excessivamente?

Com as crianças, as causas para o piscar de olhos excessivamente podem ser diversas. Listamos a seguir as principais para você conhecer:

  • Conjuntivite
  • Abrasão na córnea
  • Cílio encravado
  • Alergias
  • Corpo estranho no olho

O médico oftalmologista deverá realizar exames de vista completos para o diagnóstico e, assim, tratar a causa que esteja acarretando no piscar de olhos excessivamente. 

É importante dizer que nas crianças, o exame da lâmpada de fenda, por exemplo, é um dos métodos que médicos usam uma lâmpada microscópica que amplia o olho.

Através deste exame, o médico consegue avaliar a condição de saúde do olho infantil e, dessa forma, diagnosticar possíveis problemas.

Em crianças estrábicas, que podem sofrer com o piscar de olhos em excesso, exames específicos para avaliar o alinhamento dos olhos podem ser realizados.

Perguntas que ajudam a descobrir a causa do piscar de olhos excessivo

Se você acha que está piscando muito os seus olhos, o seu médico poderá te questionar com as seguintes perguntas para ajudar no diagnóstico: 

  • Você tem alguma alergia?
  • Há quanto tempo está piscando os olhos excessivamente?
  • Você pisca os olhos em excesso com muita frequência ou os sintomas vêm e desaparecem?
  • Existe algo que piore o quadro e que te faça piscar ainda mais os olhos?
  • Seus olhos foram expostos a alguma substância tóxica?
  • Teve paralisia, dormência ou fraqueza no rosto frequentemente? 
  • Está tendo algum tipo de problema na fala?
  • Você tem algum problema relacionado à saúde dos olhos?
  • Que medicamentos está fazendo uso?
  • Você está apresentando alguma fraqueza muscular ou falta de coordenação recentemente?

 Lembrando que estes questionamentos podem ajudar no diagnóstico juntamente com o médico.

Opções de tratamento

Dependendo da causa, o piscar de olhos pode ser tratado eliminando algum fator que esteja desencadeando o ato de piscar excessivamente. 

Quando não há causa aparente para a situação, o seu médico poderá esperar ainda algumas semanas ou meses para avaliar a condição e entender melhor o seu quadro.

Já que, em alguns casos, o piscar de olhos pode desaparecer sozinho.

No entanto, quando a causa para o piscar de olhos for algum outro problema ocular ou neurológico, é preciso tratar:

Problemas de visão

Se o seu piscar de olhos for causado por algum problema de visão, como exemplo miopia ou estrabismo, você deve seguir o seguinte tratamento para cada um deles: 

  • Miopia ou hipermetropia: Renovar a receita do óculos de grau e verificar através de exame de vista se o seu grau não mudou
  • Estrabismo: Tratar da causa do estrabismo, ou seja, o desalinhamento dos olhos.  
  • Presbiopia: Alterações na visão, devido a idade, que podem gerar um piscar de olhos excessivo. É preciso tratar com óculos de grau com lentes multifocais.

Fadiga ocular

É preciso praticar atividades que ajudem você a relaxar os seus olhos, especialmente se passa muito tempo em frente às telas digitais.

Por isso, não se esqueça de: 

  • Trabalhar ou ler em ambientes bem iluminados
  • Fazer pausas regulares se ficar muito tempo exposto à luz azul dos aparelhos eletrônicos

Saúde mental e física

 Quando você está sob estresse ou sentindo muita ansiedade, você pode desencadear o piscar de olhos em excesso. Então, lembre-se de praticar atividades que te ajudem a relaxar.

Hábito

Em alguns casos, o piscar de olhos é um hábito, o chamado “tique nervoso”, então você precisa saber lidar com esse hábito e mudá-lo através da orientação médica ou até psicológica

Desordem de movimento

A síndrome de Meige ou Blefarospasmo essencial benigno devem ser tratados pelo seu médico neurologista, já que estes dois problemas podem causar o piscar excessivo de olhos

Irritação ocular

Para tratar a irritação ocular, que pode gerar piscar de olhos, esteja atento(a) as seguintes opções de tratamento:

  • Evite estar exposto durante muito tempo à luz solar, poeira ou outro agente alergênico
  • Trate de qualquer infecção ou inflamação ocular que notar nos seus olhos
  • Cuidado com o uso de medicamentos ou colírios para tratar de irritações oculares, busque sempre orientação médica somente.

Quando ir ao médico?

Mesmo que o piscar de olhos dure por apenas alguns dias, você deve procurar atendimento médico nas seguintes situações:

  • Lesão ocular
  • Conjuntivite
  • Abrasão da córnea
  • Estrabismo
  • Miopia
  • Blefarite
  • Irite (inflamação da íris do olho)

É possível prevenir excesso de piscar de olhos?

Sim, é possível prevenir o piscar de olhos em excesso desde que você saiba qual a causa e siga o tratamento indicado pelo seu médico.

No entanto, existem algumas medidas que você também deve praticar:

  • Faça exames regulares e verifique se não precisa renovar o seu óculos de grau;
  • Evite ambientes com muita poeira, fumaça ou outro agente alergênico;
  • Mantenha sempre os seus olhos úmidos e lubrificados;
  • Pratique atividades relaxantes que ajudam a aliviar a fadiga ocular, estresse ou ansiedade;
  • Faça pausas enquanto trabalha longas horas em frente ao computador. Siga a regra 20-20-20, ou seja, a cada 20 minutos de exposição às telas, faça intervalos de 20 segundos olhando em outra direção para um objeto que esteja a seis metros de distância;
  • Evite passar muitas horas exposto à luz solar;
  • Consulte o seu oftalmologista se suspeitar que os seus olhos estão com alguma infecção ou inflamação.

Seus olhos piscam muito?

O piscar de olhos em excesso pode ser causado por uma série de fatores. Além disso, em muitos casos, pode estar relacionado a problemas ou síndromes neurológicas.

Por isso, é fundamental você se consultar com o seu médico para, juntos, avaliarem o melhor tratamento.

Isso porque, em alguns casos, o piscar de olhos pode ser causado por uma abrasão da córnea ou infecção, o que precisa de cuidados especiais, não é mesmo?

Agora é sua vez de contar para gente nos comentários se seus olhos piscam muito! Pode também escrever a sua dúvida logo abaixo que logo mais vamos te responder. 

Fontes

Healthline 

American Association for Pediatric  Ophthalmology and Strabismus  

News Medical

American Academy of Ophthalmology

Healthgrades  

Veryhealth

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *