Quatro olhos

Quatro olhos: como lidar com o bullying ao usar óculos na infância

0
(0)

Devido ao aumento de exposição às telas, está cada vez mais comum começar a usar óculos de grau logo na infância. Contudo, isso pode trazer desafios, principalmente devido ao bullying que as crianças podem sofrer dos colegas em sala de aula. Pois, eles nem sempre entendem a situação e chamam os amigos que usam óculos de quatro olhos.

Por isso, neste artigo queremos mostrar como combater o bullying na infância e encorajar o uso de óculos na infância. 

Então, continue lendo para saber mais sobre este tema e entenda a importância de a criança usar óculos independente de ser tachada como quatro olhos ou não!

Qual é a importância de usar óculos na infância?

As crianças podem precisar de óculos por vários motivos, alguns dos quais são diferentes dos adultos. 

Como o sistema visual de uma criança está crescendo e se desenvolvendo, especialmente entre os primeiros 5 e 6 anos de vida, os óculos podem desempenhar um papel importante para garantir o desenvolvimento normal da visão. 

Neste caso, os principais motivos pelos quais uma criança pode precisar de óculos são:

  • Fornecer uma visão mais precisa, para que a criança possa enxergar melhor em seu ambiente;
  • Ajudar a endireitar os olhos quando eles estão cruzados ou desalinhados;
  • Ajudar a fortalecer a visão de um olho fraco;
  • Fornecer proteção para um olho se o outro tiver visão deficiente.

Agora, entenda a seguir porque usar óculos na infância pode ser um imã para o bullying!

Quatro olhos: por que usar óculos na infância pode ser ímã para o bullying?

Os “valentões” do pátio da escola sempre “zoaram” as crianças que usam óculos. Contudo, agora, um estudo do Reino Unido quantificou essas “brincadeiras”:

Os números eram os mesmos independentemente da classe social, sexo ou deficiência visual da criança.

Durante o estudo, que durou um ano, pesquisadores da Universidade de Bristol, na Inglaterra, examinaram 6.536 crianças pré-adolescentes que usavam óculos. Essas crianças tinham estrabismo manifesto ou tinham histórico de uso de tapa-olho. 

O objetivo era saber se eles tinham predisposição para o bullying mais frequente na escola e se a quantidade de bullying diferia entre meninos e meninas. Em seguida, os psicólogos entrevistaram os pacientes para avaliar seu envolvimento no bullying, seja como alvo ou como agressor.

Os resultados mostraram que de 35% a 37% dessas crianças que usavam óculos eram mais propensas a serem alvos de bullying físico ou verbal. Isso acontecia mesmo após ajustes de classe social e escolaridade materna. 

Os pesquisadores não encontraram relação entre o gênero dos participantes e os problemas visuais na previsão do bullying.

Por isso, listamos a seguir alguns dos fatores que reduziram a probabilidade de a criança sofrer bullying:

  • Dar à criança uma pilha de cartões profissionais que todos os “populares” gostam;
  • Falar à criança para entregar um cartão ao seu provocador e dizer: Se você tiver problemas comigo usando óculos, você precisa falar com o meu médico;
  • O oftalmologista explicar às crianças, em termos inequívocos, por que o paciente precisava usar os óculos.

Agora, continue lendo e veja como você pode proteger seus jovens pacientes do bullying! 

Combatendo o bullying: como encorajar o uso de óculos na infância?

Uma em cada cinco crianças tem um problema ocular não detectado. Então, se seu filho tiver que usar óculos, é provável que ele ou ela não seja o único ou a única na classe. 

No entanto, se eles se sentirem desconfortáveis em usar seus novos óculos, há algumas coisas que você pode fazer para relaxá-los ao colocar os óculos. Por exemplo, você pode apontar outras pessoas que usam óculos e que parecem confiantes. Neste caso, você pode procurar por celebridades que a criança admiram, na internet, por exemplo:

  • Katie Perry;
  • Tinie Tempah.

Fazendo isso, você vai mostrar às crianças que os óculos são uma parte normal do crescimento.

Agora, continue lendo e conheça os casos de apoio e superação contra o bullying!

Quatro olhos nunca mais! Quais são os casos de superação e apoio contra o bullying?

Em um gesto comovente, pessoas ao redor do mundo se juntaram atrás de um garotinho que foi intimidado por usar óculos. Agora, o apoio esmagador não só tocou o menino e sua família, mas também encantou as pessoas no Twitter, que têm dito: “Ainda há bondade na humanidade”.

A musa, de seis anos, recentemente se recusou a usar seus óculos. Depois que seus pais souberam que ela estava sendo ridicularizada e intimidada por usar os óculos, seu pai decidiu pedir opinião no Twitter. Em seguida, tomar a atitude que deixava a filha mais à vontade parecia o mais óbvio.

Veja a seguir como deixar as crianças mais à vontade com os óculos!

Convivendo com as diferenças. O que podemos fazer para ajudar?

Agora que você já sabe tudo sobre a “brincadeira” de chamar quem usa óculos de quatro olhos, apoie seu filho e esteja presente na rotina dele para acompanhar a adaptação física e psicológica aos óculos. 

Além disso, esteja atento às mudanças de comportamento e mantenha em dia as consultas com o oftalmopediatra.

Somando a isso, apoie seu filho e seja presente na rotina para acompanhar a adaptação física e psicológica aos óculos. Feito isso, aproveite e dê o exemplo cuidando da saúde da sua visão.

Inclusive, você pode começar agora, realizando nosso teste de visão online, gratuito e com resultados precisos.

Realizar o teste de visão online e gratuito!

quatro olhos - teste de visão

E então, você ficou com alguma dúvida? Diga pra gente nos comentários e aproveite para dizer se você gostou do nosso trabalho!

Fonte:

Reviewofoptometry

Theglobeandmail

Mathervisiongroup

Theschoolrun

Indianexpress

Jefferson

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *