quemose

Quemose: o que é, causas, tratamentos e quando procurar um médico

4.5
(11)

A quemose é um tipo de inflamação ocular que ocorre quando o revestimento interno das pálpebras incha.

Porém, é possível prevenir essa condição tomando alguns cuidados simples. Por isso, preparamos este artigo mostrando os perigos da quemose para a saúde dos seus olhos, como é feito o diagnóstico e seus possíveis tratamentos. Inclusive os tratamentos caseiros.

Então, continue lendo para saber mais e descubra também quando você deve procurar um médico!

O que é quemose?

Frequentemente relacionada a alergias, o inchaço da conjuntiva é um sinal de que seu olho ficou irritado, gerando assim uma inflamação ocular conhecida como quemose da conjuntiva.

Contudo, às vezes uma infecção viral ou bacteriana também pode causar a quemose, mas ainda assim ela não é contagiosa. Ou seja, você não pode pegá-la de outra pessoa.

Veja a seguir as principais causas!

Quais são as causas para quemose?

A principal causa é a irritação ocular, principalmente aquelas causadas por alergias. Porém, a condição pode ocorrer por outros fatores como: 

  • Alergias sazonais ou reações alérgicas a animais de estimação; 
  • Pêlos de animais; 
  • Pólen;
  • Conjuntivite alérgica;
  • Angioedema (Esta é uma forma de reação alérgica em que a pele incha. Ao contrário da urticária – um inchaço na superfície da pele – na angioedema ocorre um inchaço do angioedema sob a pele); 
  • Infecções oculares, como conjuntivite viral ou bacteriana; 
  • Cirurgias oculares;
  • Como resultado de hipertireoidismo;
  • Esfregar os olhos muito ou com muita frequência;

Continue lendo e conheça os sintomas da quemose!

Quais são os sintomas da quemose?

Como, ao ocorrer quemose a membrana que reveste os olhos e as pálpebras acumula líquido, os sintomas podem incluir:

  • Olhos marejados;
  • Rasgo excessivo;
  • coceira;
  • Visão embaçada ou dupla;
  • Dificuldade para fechar os olhos completamente por causa do inchaço. 

Em casos de dor nos olhos ou sintomas de uma reação alérgica grave, é importante procurar um médico o quanto antes. Os sintomas de uma reação alérgica grave incluem:

  • Alterações na respiração ou na frequência cardíaca;
  • Respiração ofegante;
  • Inchaço dos lábios ou da língua.

Contudo, algumas pessoas não apresentam sintomas de quemose além de inflamação. Por isso, é importante saber diagnosticar a condição.

Veja a seguir como diagnosticar a quemose da conjuntiva!

Como diagnosticar quemose?

Na maioria das vezes, o oftalmologista pode diagnosticar quemose fazendo um exame físico do(s) olho(s) afetado(s). Por isso, é  recomendado procurar ajuda profissional.

Neste caso, o oftalmologista pode fazer perguntas sobre a duração e a gravidade dos seus sintomas. Ao responder, forneça informações detalhadas sobre seus sintomas e alergias. Isso ajudará seu médico a encontrar o melhor tratamento para o seu caso.

Mas, afinal, qual é a diferença entre a quemose e a conjuntivite? Descubra a seguir!

Quemose x conjuntivite, qual a diferença?

A conjuntivite, comumente conhecida como “olho rosa”, é uma inflamação ou infecção da conjuntiva. Ela pode ser causada por uma reação alérgica ou uma infecção bacteriana ou viral. 

Com relação à quemose, a diferença é mínima. Pois, tanto a conjuntivite quanto a quemose afetam a conjuntiva, que é a fina membrana que cobre a parte frontal do olho, e ambas compartilham algumas das mesmas causas. Porém, em suas definições, podemos encontrar uma leve diferença. Veja:

  • A conjuntivite refere-se à inflamação da conjuntiva;
  • A quemose refere-se ao inchaço(edema) da conjuntiva.

Dessa forma, você pode ser diagnosticado com conjuntivite e quemose ao mesmo tempo. Já que ambas as condições podem ter a mesma causa subjacente e podem afetar um ou ambos os olhos.

Descubra a seguir quais são os tratamentos!

Quais são os tratamentos para a quemose?

O tratamento para quemose consiste em reduzir a inflamação. Porém, como a intervenção pode depender da causa da sua quemose, separamos alguns possíveis tratamentos de acordo com suas respectivas causas:

  • Alergias: Se a quemose é causada por alergias, o médico pode recomendar anti-histamínicos. Esses medicamentos reduzem a reação do seu corpo aos alérgenos. Um alérgeno é uma substância que seu corpo considera prejudicial. Quando seu corpo encontra um alérgeno, como poeira ou pêlos de animais, ele produz histaminas para repelir o intruso percebido. Os anti-histamínicos podem ajudar a suprimir essa resposta imunológica e reduzir sintomas como irritação e inchaço;
  • Infecção bacteriana: Neste caso, o médico pode prescrever colírios medicamentosos para lubrificar seus olhos. Dependendo da gravidade de sua condição, você pode precisar de colírios de venda livre. Além disso, a infecção bacteriana é tratada com pomadas antibióticas ou colírios. Se você mostrar sintomas de uma infecção bacteriana, tome o curso completo da medicação. Isso impedirá a recorrência da infecção;
  • Infecção viral: A conjuntivite viral é outra causa potencial de quemose. No entanto, os antibióticos não tratam infecções virais. Neste caso, compressas frias e colírios lubrificantes costumam ser os melhores tratamentos para esse tipo de infecção.

Além disso, dependendo da causa, o médico pode prescrever antibióticos ou recomendar um remédio caseiro ou medicamento sem receita. Por isso, é importante consultar o oftalmologista se tiver sintomas de conjuntivite ou quemose. Afinal, ele fará o exame de vista adequado para descobrir a causa de sua quemose.

Tratamentos caseiros 

Como gerenciar o inchaço pode reduzir o desconforto e o impacto negativo em sua visão, aplicar compressas frias sobre os olhos pode aliviar o incômodo e a inflamação. 

Apesar deste ser o tratamento caseiro mais comum, é importante que seja feito mediante recomendação médica. Dessa forma, você vai ter certeza de que essa medida é indicada para a sua causa. Contudo, é possível ainda prevenir. Continue lendo para saber mais!

É possível prevenir quemose?

Em alguns casos, como após uma cirurgia ocular, a quemose pode não ser evitável. No entanto, se a quemose for causada por alergias, tomar medidas para evitá-las e controlar os sintomas pode reduzir o risco de episódios recorrentes de quemose. 

Então, se você quer prevenir essa condição, o recomendado é adquirir a prática da lavagem das mãos para evitar a propagação de bactérias. Além disso, você deve evitar tocar ou esfregar excessivamente os olhos, especialmente com as mãos sujas.

Apesar de muitas pessoas tratarem a quemose como algo irrelevante, ela tem suas questões com relação aos olhos. Veja a seguir!

Quemose pode ser perigosa para a saúde dos olhos?

De forma direta, a quemose normalmente não é perigosa ou séria. Porém, ela pode ser irritante e até frustrante se durar semanas ou caso se torne crônica. Em algumas situações, pode ser necessário consultar um oftalmologista para encontrar o tratamento de quemose adequado para você.

Nestes casos, fazer um exame e tratamento com um oftalmologista o mais rápido possível pode aumentar suas chances de se livrar da quemose rapidamente.

Saiba a seguir quando você deve procurar um médico!

Quando ver um médico?

Como são inúmeras as causas para quemose e, para completar, ela não pode ser diagnosticada em casa, é importante consultar seu oftalmologista se você tiver sintomas. 

Então, marque uma consulta imediatamente se os seus sintomas não desaparecerem ou se você tiver algum dos seguintes sinais, por exemplo:

  • Dor nos olhos;
  • Mudanças na visão;
  • Incapacidade de fechar os olhos devido ao inchaço;
  • Dificuldade ao respirar.

Então, o oftalmologista deverá lhe dar um diagnóstico e oferecer um tratamento para ajudá-lo a se recuperar da quemose o quanto antes.

Conhecia a quemose?

Agora que você já sabe que alergias são as principais causas para quemose, lembre-se que uma boa higiene é fundamental para prevenir muitos problemas de saúde. 

Além disso, manter bons hábitos de saúde como fazer exercícios físicos regularmente e manter uma alimentação saudável também é fundamental, não apenas para a sua saúde geral, mas também para a saúde ocular.

Então, comece o quanto antes a cuidar do seu corpo e esteja atento aos sinais dos seus olhos. Pois, qualquer mudança no campo de visão pode ser sinal de alguma condição ocular. 

Por isso, é importante manter consultas regulares com um oftalmologista. Se necessário, você pode recorrer à telemedicina devido à pandemia. Além disso, fazer testes de visão com frequência também é indispensável para manter a sua saúde ocular em dia.

Pensando nisso, nós da Lenscope desenvolvemos um teste de acuidade visual totalmente online e com uma tecnologia exclusiva para a sua comodidade e precisão. 

Ou seja, agora não há mais desculpa para você deixar a saúde dos seus olhos de lado, não é mesmo? Afinal, você pode testar seus olhos no conforto da sua casa e em apenas três passos simples.

quemose - teste de visão

Mas e então, você conhecia a quemose? O que você achou deste conteúdo? Diga pra gente nos comentários! Afinal, queremos saber sua opinião.

Fonte

Healthline

Allaboutvision

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *