terçol

Terçol não é contagioso: veja os sintomas e como tratar

Você já teve ou conhece alguém que teve terçol? Aquela dorzinha chata, pálpebra inchada, olho lacrimejante. Pode até parecer com outros problemas nos olhos, mas o terçol não é contagioso.

Terçol é uma inflamação que surge nos olhos por causa de uma bactéria e, como as bactérias já estão presentes no nosso organismo, não passa de uma pessoa para outra.

Diferente da conjuntivite, que vem de um vírus, ou seja, ela sim é transmissível porque é como se fosse um resfriado: é contagioso, passa de uma pessoa para a outra.

Nesse artigo vamos trazer os principais sintomas e também vamos mostrar como tratar essa inflamação tão comum nos olhos.

Continue a leitura pra saber manter os seus olhos saudáveis e longe do terçol!

Terçol no olho

O terçol é uma infecção localizada na pálpebra do olho, perto dos cílios.

Ele lembra uma espinha ou um pequeno caroço e deixa os olhos bem sensíveis na região da borda da pálpebra, que fica inchada, quente e com o acúmulo de pus. Por isso é importante já ir tratando logo no início, pois como se trata de infecção, se não for bem cuidada, pode trazer consequências mais sérias a sua visão.

Mas o lado bom é que essa inflamação não é contagiosa. Isso porque a inflamação acontece através do bloqueio de secreção das glândulas presentes nos nossos olhos, fazendo com que apareçam as bactérias que se acumulam nessa região.

Então, entenda melhor sobre a causa desse problema.

Causas do terçol

As nossas pálpebras possuem pequenas glândulas sebáceas, principalmente ao redor dos cílios. Quando acontece alguma obstrução ou bloqueio, as bactérias que temos se manifestam e então, se as glândulas ficam entupidas, é aí que aparece o terçol.

O nome correto é hordéolo, que é quando acontece uma inflamação nas glândulas Zeiss e Mol que ficam na região externa da pálpebra.

Quando o terçol é interno, é conhecido como calázio, e esse quadro inflamatório acontece na glândula Meibomius. A diferença é que o calázio não é produzido por uma bactéria, ao contrário do terçol.

terçol
Diferença de calázio e terçol

Agora que você já sabe que o surgimento do terçol é causado devido o acúmulo de secreção das glândulas, é bom se atentar a alguns fatores que fazem com que ele apareça com mais facilidade. São eles:

  • coçar os olhos com as mãos sujas
  • alteração hormonal (principalmente entre adolescentes)
  • usar maquiagem diariamente – isso contribui para o acúmulo de secreção, principalmente na região dos olhos.

Sintomas de Terçol

Um dos indícios de que uma pessoa está com terçol é a vermelhidão no olho afetado. Mas também existem outros sintomas que se deve prestar atenção, como:

  • Sensibilidade e dor na borda da pálpebra
  • Inchaço na pálpebra (podendo ter aspecto de espinha)
  • Olhos lacrimejantes
  • Sensibilidade à luz (fotofobia)
  • Pequeno ponto amarelo na região inchada (significa presença de pus)

Como tratar

O terçol, de modo geral, drena e desaparece sozinho, mas é importante acompanhar o quadro de evolução. Isso porque normalmente ele se manifesta como uma inflamação simples, mas o ideal é sempre buscar ajuda médica para evitar a evolução de um problema mais grave nos olhos.

Mas não se preocupe, pois também é possível cuidar do terçol por meio de alguns tratamentos caseiros para aliviar os sintomas. Veja os exemplos abaixo:

  • Manter a região dos olhos limpas: limpe seus olhos com água morna e não deixe acumular secreção
  • Compressas de água morna: pode usar algodão, gazes ou bolsinhas térmicas. O ideal é fazer de 2 a 4 vezes por dia de 15 a 20 minutos
  • Colírios anti-inflamatórios: são prescritos pelo oftalmologista e contribui para diminuir o inchaço das pálpebras
  • Manter sempre as mãos limpas para qualquer contato que tenha com os olhos, assim você evita que a bactéria se espalhe pelos olhos

Outra dica importante é lavar os olhos com xampu de bebês, aqueles que não ardem os olhos, para tirar o acúmulo de secreção, ou também alguns chás antissépticos, como o chá verde e o de camomila; eles ajudam a desinflamar o olho.

Agora, a recomendação mais importante:

Não esprema, aperte ou toque em um terçol.

Assim como espremer uma espinha, pode parecer tentador, mas o problema é que apertar o terçol libera o pus que pode espalhar a infecção pelo olho. O ideal é sempre procurar o seu médico para que ele drene essa inflamação em seu consultório.

Como já mencionado antes, o terçol normalmente se cura sozinho, num período de 4 a 7 dias. Mas, se após esse período a infecção ainda estiver instalada, é recomendado que você procure o seu médico oftalmo para um maior e mais preciso diagnóstico do problema.

Considerações finais

Se você quiser evitar qualquer tipo de infecção, não custa nada lembrar de novo da limpeza, não é verdade?

Então, mantenha os olhos sempre limpos, seja antes de dormir ou depois de uma maquiagem.

Veja também os tipos de conjuntivite, sintomas comuns e tratamentos.

Pelo fato de o terçol ser um surgimento de bactéria, infelizmente esse é um problema que todos nós podemos pegar em qualquer momento da nossa vida. O fato é que algumas pessoas são mais vulneráveis, como por exemplo, os adolescentes e grávidas, devido a alteração hormonal.

Alguns especialistas dizem também que essa alteração hormonal ocorre em pessoas estressadas. Então, o estresse também pode contribuir para o aparecimento do terçol. Portanto, fique atento.

Ah, é legal falar também que, como o terçol é causado pelo acúmulo de gordura nas glândulas da pálpebra, é legal evitar uma dieta rica em gorduras, como frituras, por exemplo, que podem acabar contribuindo para o aumento das glândulas sebáceas. Por isso, é bom manter também uma dieta equilibrada, certo?

É importante ressaltar que o terçol normalmente desaparece com o tempo e fazendo os cuidados corretos, a chance de contrair a infecção é muito pouca.

Mas preste atenção em qualquer alteração nos olhos ou sintomas que apresentar, ok?

Esse artigo foi útil pra você? Conta pra gente nos comentários.

Fontes:

terçol

Terçol não é contagioso: veja os sintomas e como tratar
Média 5 de 1 votos



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Nós utilizamos a tecnologia a nosso favor e oferecemos uma experiência inovadora para você comprar as lentes para seus óculos sem sair de casa! E o melhor de tudo? Podendo ter as melhores lentes do mercado sem gastar uma fortuna para isso.

Pin It on Pinterest