Teste de daltonismo

Teste de daltonismo. Descubra se você é daltônico

2.3
(9)

Veja se você é daltônico ou tem dificuldade de reconhecer alguma cor nesse teste de daltonismo. Quem tem daltonismo pode confundir algumas cores, ou seja, a cor verde com o vermelho, por exemplo.

Esta condição é hereditária e mais comum entre os homens. Existem, entretanto, mulheres que nascem com o daltonismo.

Além disso, dificuldades para diferenciar tonalidades diferentes de uma mesma cor ou cores semelhantes podem ser consideradas como um sintoma comum.

Apesar da condição estar ligada a uma herança genética, existem casos em que pessoas podem desenvolver dificuldades em discriminar cores, devido a alguma doença nos olhos ou em áreas cerebrais que processam a visão de cores.

Teste de daltonismo

teste de Ishihara é um teste simples, através do qual você pode descobrir se tem ou não o tipo de daltonismo mais comum: aquele que confunde as cores verde e vermelha.

O objetivo do teste é identificar os números camuflados dentro de cada prancha. Se você for daltônico, talvez não consiga identificar os números que vamos mostrar a seguir.

A figura abaixo é apenas um exemplo que te mostra que no interior de cada imagem há um número para você identificar.

Teste de daltonismo

Figura de exemplo do teste. Resposta 12.

Teste de daltonismo

Imagem 1 do teste: Resposta: 2.

Teste de daltonismo

Imagem 2 do teste. Resposta: 57.

Teste de daltonismo

Imagem 3 do teste. Resposta: 7.

Tipos de daltonismo

Fonte: Educamais.

Existem 3 tipos de daltonismo. A protanopia, a deuteranopia e a tritanopia.

  • Protanopia – Disfunção ou completa ausência do fotopigmento responsável pela detecção de comprimentos de onda longos. Ou seja, aqueles que produzem a sensação de cor vermelha. Costumam ver a cor vermelha com o verde.
  • DeuteranopiaDisfunção ou completa ausência do fotopigmento responsável pela detecção de comprimentos de onda médios, ou seja, aqueles que produzem a sensação de cor verde. Costumam confundir a cor verde com o vermelho
  • TritanopiaÉ o tipo mais raro. Disfunção ou completa ausência do fotopigmento responsável pela detecção de comprimentos de onda curtos, ou seja, aqueles que produzem a sensação de cor azul . O azul adquire uma tonalidade diferente do que realmente é.

Então, quais números você enxergou?

Diferença entre graus de daltonismo

Existe uma variedade muito grande de graus de daltonismo. Quando a pessoa apresenta apenas uma disfunção ou alteração pequena na célula (ou mais especificamente no fotopigmento) responsável pela detecção da cor vermelha, dizemos que esta pessoa possui uma protanomalia. São casos mais leves de perda de visão de cores.

Por outro lado, quando a pessoa nasce com a ausência deste fotopigmento, dizemos que tem protanopia. Nestes casos, a perda de visão de cores é bem mais grave. Esta variação também pode ocorrer para cor verde (deuteranomalia e deuteranopia) e para a cor azul (tritanomalia e tritanopia).

Teste de daltonismo

Figura tentando simular a visão de cores normal e a visão de quem tem diferentes tipos de daltonismo como: protanopia, deuteranopia e tritanopia.

 

teste de daltonismo

 

Esse artigo foi revisado pela Dra. Ana Laura de Araujo Moura – CRM 103829-SP. Ela é médica oftalmologista, com especialização em Neuroftalmologia, Doutorado e Pós Doutorado em Neurociências e Comportamento, pela Universidade de São Paulo (USP).

Durante seu doutorado, desenvolveu pesquisas na área de neurofisiologia visual na Columbia University, em Nova Iorque. Em seu consultório realiza consultas oftalmológicas de rotina em adultos e crianças, atende pacientes com doenças neurológicas que afetam a visão, além de acompanhar o desenvolvimento visual em crianças.

Caso tenha interesse em saber mais sobre a sua formação e atendimento, você pode acessar os links abaixo:

http://www.soccol.com.br/sobre-soccol-oftalmologia/

http://lattes.cnpq.br/0931275371609775

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 2.3 / 5. Número de votos: 9

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Dra. Ana Laura de Araujo Moura

Dra. Ana Laura de Araujo Moura – CRM 103829-SP é médica oftalmologista, com especialização em Neuroftalmologia, Doutorado e Pós Doutorado em Neurociências e Comportamento, pela Universidade de São Paulo (USP). Durante seu doutorado, desenvolveu pesquisas na área de neurofisiologia visual na Columbia University, em Nova Iorque. Em seu consultório realiza consultas oftalmológicas de rotina em adultos e crianças, atende pacientes com doenças neurológicas que afetam a visão, além de acompanhar o desenvolvimento visual em crianças.

16 comentários em “Teste de daltonismo. Descubra se você é daltônico”

        1. Oi, Claudio! Tudo bem?

          Obrigado por contar pra nós

          Agora que fez o nosso teste, não esqueça de dar uma passada no médico especialista para um diagnóstico preciso e receber a melhor recomendação caso precise usar óculos Se precisar usar óculos, te convido a conhecer a Lenscope para fazer suas lentes de maneira inovadora e sem precisar sair de casa ❤ Vamos adorar te ajudar! É só acessar https://lenscope.com.br/

    1. Olá Marcelo, tudo bem?
      Atualmente existem alguns modelos de óculos para daltonismo, no entanto é muito importante conversar com seu médico antes de iniciar o uso de algum desse óculos

      Qualquer dúvida, estamos aqui

    1. Oi Wagner, tudo bem?
      Obrigado por ler nosso artigo!
      É importante que consulte seu médico especialista, pois ele poderá explicar quais são suas necessidades visuais e os tratamentos adequados.

      Qualquer dúvida, estamos a disposição!

    1. Olá, Jhuan tudo bem?
      Não deixe de marcar um exame de vista completo com um profissional da área de confiança. Assim você consegue tirar todas as suas dúvidas

  1. Só vi o número 12! Fiz muitos testes mas não adianta, tenho dificuldade mesmo de enxergar as cores! Tô ainda em dúvida se tenho ou não daltonismo. Você me recomenda passar fazer um exame de oftalmologista?

    1. Olá, Anderson tudo bem?
      Sim. Sempre que houver alguma alteração na sua visão que você perceba ou alguma dúvida, sempre recomendados fazer um exame de vista completo com um profissional de confiança

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *