Tremor nas pálpebras: causas, quando procurar um médico e como evitar

O tremor nas pálpebras ou na região dos olhos é um importante sintoma de que algo não vai bem com a saúde, de forma geral. Inclusive, pode até indicar doenças mais graves. Por isso, as causas, diagnóstico e tratamento não devem ser negligenciadas, por mais simples que o problema pareça ser.  Pensando nisso, no artigo de hoje mostremos as causas mais comuns do tremor nas pálpebras, os sintomas, tratamentos e quando procurar um médico oftalmologista para verificar esse espasmo. Então, continue lendo para saber mais e descubra também como prevenir o tremor nas pálpebras. 
  • por
5
(1)

O tremor nas pálpebras ou na região dos olhos é um importante sintoma de que algo não vai bem com a saúde, de forma geral. Inclusive, pode até indicar doenças mais graves. Por isso, as causas, diagnóstico e tratamento não devem ser negligenciadas, por mais simples que o problema pareça ser. 

Pensando nisso, no artigo de hoje mostremos as causas mais comuns do tremor nas pálpebras, os sintomas, tratamentos e quando procurar um médico oftalmologista para verificar esse espasmo. Então, continue lendo para saber mais e descubra também como prevenir o tremor nas pálpebras. 

Tremor nas pálpebras e região dos olhos

O tremor nas pálpebras e na região dos olhos são tremores involuntários dos músculos que podem ocorrer tanto na pálpebra inferior quanto na superior, ou até mesmo nas duas. Existem três tipos de tremores nas pálpebras:

  • Espasmo geral da pálpebra: ocorre quando as pálpebras tremem involuntariamente e é o tipo de tremor nas pálpebras mais comum de acontecer.
  • Blefaroespasmo essencial: ocorre não apenas nas pálpebras, mas também nos músculos ao redor dos olhos, ligados às pálpebras.
  • Espasmo hemifacial: acontece apenas em uma das metades do rosto, que está conectada pelo nervo facial.

Normalmente, esses tremores são leves para a maioria das pessoas. Porém, há aqueles que podem ter contrações tão fortes que chegam a fechar os olhos involuntariamente. Somando a isso, esses tremores são tão imprevisíveis que podem ocorrer por vários dias, desaparecer por semanas ou meses e voltar a aparecer.

Apesar de inofensivos e indolores, esses espasmos podem ser incômodos. Porém, como normalmente eles desaparecem por conta própria, sem que haja um tratamento direcionado, a maioria das pessoas apenas não se preocupa ou não dão atenção a esses tremores. 

De qualquer forma, é ideal ficar atento aos sinais do corpo, por mais simples que sejam. Os tremores nas pálpebras, por exemplo, podem indicar desde problemas simples, como tensão ocular, até distúrbios crônicos, além de problemas mais graves.

O que causa tremor nas pálpebras?

O tremor nos olhos ou na pálpebras pode resultar de inúmeras causas, sendo considerado um sintoma de problemas adjacentes.  Entre as principais causas estão:

  • Irritação ocular, tensão ou abrasão da córnea.
  • Irritantes ambientais, como vento, luzes brilhantes, sol ou poluição do ar.
  • Fadiga ocular.
  • Falta de sono.
  • Esforço físico ou estresse.
  • Uso de álcool, tabaco ou cafeína.
  • Olhos secos.
  • Efeitos colaterais de medicamentos.
  • Sensibilidade à luz.
  • Uveíte ou inchaço da camada média do olho.
  • Blefarite ou inflamação da pálpebra.
  • Conjuntivite.
  • Episódios de enxaqueca.

Ainda assim, raramente esses sintomas indicam distúrbio cerebral ou nervoso mais grave, como doença de Parkinson, por exemplo. Além disso, quando o tremor nas pálpebras é causado por problemas ou doenças mais graves, outros sintomas acompanham os espasmos ou tremores. 

teste de visão

Quando procurar um médico oftalmologista?

Raramente o tremor ou espasmos na pálpebra significam algo mais grave. Tudo depende da frequência do tremor. No entanto, há casos em que você deve procurar um médico oftalmologista. Por exemplo, se ocorrer:

  • Vermelhidão, inchaço ou uma secreção incomum no olho.
  • Caimento da pálpebra superior.
  • Fechamento completo da pálpebra cada vez que elas se contraem.
  • Contração contínua por várias semanas.
  • Contração que afeta outras partes do seu rosto.

Como o tremor nas pálpebras é tratado?

Normalmente o tremor nas pálpebras desaparece sem nenhuma intervenção. Contudo, caso isso não aconteça, saiba que esses espasmos são apenas um sintoma e que é preciso tratar a causa do problema, ou  seja, o que está gerando os espasmos. Assim, existem algumas medidas que podem para aliviar o tremor nas pálpebras: 

  • Beber menos cafeína.
  • Dormir adequadamente.
  • Manter as superfícies dos olhos lubrificadas com lágrimas artificiais ou colírios de venda livre.
  • Aplicar uma compressa quente nos olhos quando um espasmo começar.

Caso nada disso funcione, pode ser necessário fazer uma intervenção médica. Nesse caso, os tratamentos geralmente são: medicamentos como antibióticos, cirurgias, entre outros. Afinal, o tratamento depende da causa do tremor e deve ser indicado pelo médico de confiança.

Dicas de como evitar o tremor nas pálpebras

Se você tem tremor nas pálpebras com frequência e quer evitar esse sintoma, é possível começar reduzindo a ingestão de cafeína, tabaco e álcool. Além disso, observar seu nível de estresse, cansaço ou mesmo o quanto está dormindo, pode te ajudar a se policiar.

Assim, além de ter em mente que seu tremor nas pálpebras é sintoma de um desses fatores, será mais fácil intervir para amenizá-los. Você pode, por exemplo, tentar dormir um pouco mais cedo, tirar alguns minutos do dia para meditar a fim de reduzir o estresse e pode também evitar hábitos estressantes como a má alimentação, por exemplo.

Tremores nas pálpebras, estão geralmente relacionados a condições da nossa saúde de forma geral, principalmente fatores como estresse. Dessa forma, cuidar da saúde, do bem-estar e do sono, é benéfico para o alívio do que causa tremor nas pálpebras.

Os olhos dizem muito sobre a nossa saúde: cuide deles

Os olhos estão diretamente ligados à nossa saúde geral. O tremor nas pálpebras, por exemplo, pode ser apenas um sintoma de outras condições, como pudemos ver ao longo do artigo. Por isso, é importante ficar atento aos sinais e sintomas que os nossos olhos e corpo dão. Além disso, é importante também visitar regularmente o médico oftalmologista de sua confiança. Dessa forma, você garante não apenas que a saúde dos seus olhos esteja em dia, como previne problemas futuros.

E é por isso que nós da Lenscope levamos informação sobre saúde ocular, para garantir que todos tenham acesso a informações relevantes sobre a saúde dos olhos. Também acreditamos que todos que precisam de lentes mais finas tenham acesso a lentes de óculos de qualidade e por um preço mais justo.

Por isso, oferecemos lentes mais finas para óculos de qualidade por um preço muito mais justo, e disponibilizamos informações relevantes para você escolher seu próximo óculos com assertividade e economia. Assim, não há mais motivos para negligenciar a saúde dos olhos. Então, assine agora nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades sobre saúde ocular! Aproveite e conheça nossas lentes mais finas para o seu grau, basta fazer um orçamento online e gratuito.

óculos com miopia e astigmatismo

 

Fontes

Healthline

Mayo Clinic

Cedars Sinai

Bangkok Hospital

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

A Lenscope descomplica a correção visual, oferecendo lentes para óculos com todos os tratamentos entregues em casa a uma fração do custo. Desenvolvemos tecnologias que possibilitam uma jornada 100% digital, precisa e acessível, permitindo oferecer produtos superiores até 70% mais baratos do que alternativas encontradas em ópticas tradicionais. Fomos incubados pela Eretz.bio, incubadora do Hospital Albert Einstein, acelerados pela Samsung, através do programa Creative Startups e recebemos apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), no desenvolvimento tecnológico. Fazemos parte do Cubo Itaú e da Supera, parque tecnológico da USP de Ribeirão Preto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *