tumores palpebrais

Tumores Palpebrais: tipos, sintomas e como são causados

Assim como tumores na pele, os tumores palpebrais podem surgir em formas de caroços nas pálpebras e causar sintomas específicos.

Frequentemente, lesões desse tipo são inofensivas e não há motivos para se preocupar. Porém, também podem ser um sinal de câncer na pálpebra. Por isso é importante conhecer os tipos de tumores palpebrais e seus sintomas. 

Continue lendo para saber mais e conheça também os tratamentos e as prevenções para os tumores das pálpebras!

O que são tumores palpebrais?

Os tumores palpebrais são crescimentos anormais ao redor dos olhos que podem ser benignos ou malignos. 

Embora o carcinoma basocelular seja o tipo de tumor maligno mais comum, vários outros tipos podem ocorrer ao longo da pálpebra. 

Então é importante ficar atento ao surgimento de caroços nas pálpebras, uma vez que estes tumores podem indicar câncer. 

E, se você é o tipo de pessoa que se expõe ao sol, a atenção deve ser redobrada. Pois, a exposição excessiva à luz solar é um fator de risco significativo para o desenvolvimento de câncer de pele das pálpebras.

Contudo, não há motivos para pânico. Afinal, também podem ocorrer crescimentos de tumores benignos, como cistos simples ou chiqueiros (calázios).

Continue lendo e conheça os tipos de tumores das pálpebras! 

Tipos de tumores palpebrais

Há diferentes tipos de tumores palpebrais e eles podem ser benignos ou malignos:

Os tumores palpebrais benignos comuns são:

  • Nevo: São sardas com ou sem cor que se formam na pálpebra ou na margem palpebral. Raramente se tornam malignos;
  • Papiloma: É um tumor indolor que é semelhante a uma marca na pele e mais frequentemente visto em pessoas de meia-idade ou idosos. Raramente se tornam malignos.

Os tumores malignos da pálpebra comuns são:

  • Carcinoma basocelular: É o tumor maligno mais comum da pálpebra. O carcinoma basocelular aparece como um pequeno nódulo. É mais frequentemente encontrado na pálpebra inferior e é mais comum em pessoas de pele clara entre as idades de 50 e 80 anos. Geralmente não se espalha, mas o carcinoma basocelular pode crescer profundamente nos tecidos moles locais;
  • Carcinoma de células escamosas: É um tumor agressivo da camada externa da pele. Frequentemente, resulta da exposição excessiva ao sol e costuma ser encontrada na pálpebra superior;
  • Carcinoma sebáceo: É um tumor raro, mas potencialmente fatal, chamado de “grande mascarador” porque é fácil confundi-lo com um chiqueiro ou inflamação crônica dos olhos. Normalmente, esse tipo de tumor é encontrado em pessoas entre 50 e 70 anos. Ele pode se espalhar para os gânglios linfáticos na frente das orelhas ou na parte inferior da mandíbula. As chances de morrer aumentam com o tamanho do tumor.

Continue lendo e conheça os sintomas de cada tumor da pálpebra!

Sintomas típicos dos tumores palpebrais

Os sintomas dos tumores palpebrais podem variar, mas geralmente incluem:

  • Alterações na pele do olho: Os tumores em estágio avançado podem ulcerar ou apresentar descamação e crostas;
  • Lesões: Os tumores podem aparecer como protuberâncias ou lesões nas pálpebras ou sob a pele;
  • Perda de cílios: Os tumores localizados perto dos cílios podem resultar em perda de cílios;
  • Inchaço das pálpebras: Os tumores causados por infecções ou bactérias podem inchar e afetar toda a pálpebra;

Além dos tumores, há também outros fatores responsáveis pela formação de caroços na pálpebra. Veja a seguir!

Outras causas para caroços na pálpebra

Os caroços da pálpebra podem ser causados ​​por várias outras doenças, a maioria delas não são graves. Assim, para entendermos melhor cada condição, separamos as principais.

Chiqueiros

O chiqueiro é uma protuberância pequena, vermelha e dolorida que geralmente surge perto dos cílios ou sob a pálpebra. A maioria dos chiqueiros é causada por uma infecção bacteriana. Às vezes, eles podem inchar e afetar toda a sua pálpebra.

Uma forma de aliviar o desconforto é colocando uma compressa quente sobre a pálpebra por 5 a 10 minutos e tomando analgésicos. Você deve consultar seu médico se o chiqueiro ficar muito dolorido ou não melhorar.

Blefarite

A blefarite é uma doença da pele que causa inchaço ao redor das pálpebras e dos cílios. Bactérias e outras doenças de pele costumam causar blefarite. Você tem mais probabilidade de ter chiqueiro se tiver blefarite.

Frequentemente, lavar as pálpebras e os cílios pode ajudar a controlar a blefarite. Você também pode aplicar uma compressa quente para ajudar a controlar os sintomas. Ou talvez, precise tomar antibióticos ou tentar outro tipo de tratamento.

Calázio

O calázio é uma saliência inchada que aparece na pálpebra. Acontece quando as glândulas sebáceas da pálpebra obstruem. Se um calázio ficar maior, ele pode pressionar seus olhos e afetar sua visão.

Muitas vezes é difícil distinguir entre um calázio e um chiqueiro. Os calázios geralmente não são dolorosos e se desenvolvem mais para trás na pálpebra. Eles normalmente não fazem a pálpebra inteira inchar.

Muitos calázios cicatrizam por conta própria após algumas semanas. Mas, consulte seu médico se seus sintomas são graves ou não desaparecem.

Xantelasma

O xantelasma é uma condição que ocorre quando as gorduras se acumulam sob a superfície da pele. Um xantelasma palpebral é um tipo comum de xantoma que se forma nas pálpebras. Pode parecer uma saliência amarela ou alaranjada com bordas definidas. Você pode ter vários pedaços e, em alguns casos, eles podem formar clusters.

Você deve consultar seu médico se desenvolver xantelasma palpebral, porque as saliências às vezes são indicadores de outras condições médicas.

Continue lendo para saber como são feitos os tratamentos de tumores palpebrais!

Tratamentos

Normalmente, os tumores palpebrais benignos não requerem tratamentos ativos, embora devam ser observados quanto a alterações. Aquelas que se tornam cosmeticamente problemáticas, interferem na visão ou causam outras irritações nos olhos podem ser removidas cirurgicamente.

Contudo, tumores suspeitos requerem biópsia. Se o câncer for encontrado, as opções de tratamento incluem:

Crioterapia: O médico usa uma sonda de metal muito frio para destruir as células cancerosas;

Tratamentos a laser: Um feixe de luz concentrado destrói as células cancerosas;

Radiação: Feixes de raios-X de alta potência são direcionados ao local do tumor para matar as células cancerosas;

Excisão cirúrgica: Remoção do tumor com cirurgia;

Quimioterapia ou terapia direcionada: A quimioterapia tópica, na forma de colírio, às vezes é recomendada após a cirurgia. O que também pode sugerir que você use um creme tópico chamado imiquimod se você tiver carcinoma basocelular.

Contudo, você pode também prevenir estes tumores e evitar todos estes desconfortos. Saiba mais a seguir!

Prevenindo tumores palpebrais

A melhor maneira de prevenir os tumores palpebrais e até mesmo o câncer de pálpebra é evitar a exposição prolongada ao sol. 

Quando você estiver no sol, use um chapéu, óculos escuros e roupas de proteção. Além disso, você deve usar protetor solar para proteger sua pele caso fique fora por um longo período de tempo.

Outras formas de prevenção incluem:

  • Não fumar;
  • Evitar o álcool; 
  • Manter os níveis de estresse baixos.

Veja adiante como é feito o diagnóstico dos tumores palpebrais!

O diagnóstico de tumores palpebrais

Para diagnosticar os tumores palpebrais é importante procurar por um oftalmologista. O médico pode primeiro realizar um exame de vista para fazer o diagnóstico do caroço em sua pálpebra.

Então, se houver suspeita de câncer, seu médico pode realizar uma biópsia removendo todo o caroço ou parte dele. Esta amostra será então enviada a um laboratório para visualização ao microscópio.

Certos exames de imagem, como tomografia computadorizada ou ressonância magnética, também podem ser realizados para verificar se o câncer se espalhou para além da pálpebra.

Porém, como sabemos, nem todos os tumores palpebrais são malignos. Então veja a seguir quando procurar um médico!

Quando ir ao médico?

Apesar de alguns tumores não serem malignos, ninguém quer ficar com um inchaço na região dos olhos ou mesmo com as pálpebras caídas, não é mesmo? 

Quando algo diferente acontece em nosso rosto, a primeira reação é procurar um médico. E, claro, se tratando dos olhos, visitar um oftalmologista é o melhor a se fazer.

Então consulte um médico principalmente se a saliência da pálpebra crescer, sangrar, ulcerar ou não cicatrizar como deveria. É sempre uma boa ideia marcar uma consulta com um profissional de saúde se o seu caroço o preocupa de alguma forma.

Porém, o melhor tratamento é sempre a prevenção. Então é muito importante para a saúde dos olhos que você mantenha hábitos saudáveis. Comece agora a cuidar dos seus e faça o teste de acuidade visual totalmente online e gratuito da Lenscope!

Gostou do conteúdo? Estamos ansiosos para ler seus comentários!

Fontes

Pennmedicine

Templehealth

Healthline

Cancer

Ncbi



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Pin It on Pinterest