úlcera no olho

Úlcera no olho: Causas, sintomas e tratamentos disponíveis

A úlcera no olho ou úlcera de córnea é uma ferida aberta na córnea, causada por uma infecção. E, se não for tratada, pode gerar complicações graves e até cegueira. Por isso precisa de atendimento médico urgente.

Mas uma forma simples de saber se você possui uma úlcera no olho é um dos seus sintomas, que é uma mancha esbranquiçada no olho ou uma vermelhidão constante. Caso seu olho esteja assim, vá ao médico imediatamente.

Causas da úlcera no olho

A principal causa da úlcera de córnea são infecções que podem acontecer de diversas formas, mas que atingem principalmente quem usa lentes de contato.

Veja as causas:

  •  Ceratite infecciosa (saiba mais sobre ceratite e seus riscos aqui)
  • Olho seco
  • Lesões nos olhos
  • Distúrbios inflamatórios
  • Uso de lentes de contato não esterilizadas
  • Deficiência de vitamina A

Sintomas

Os principais sintomas da úlcera no olho são:

  • Inflamação nos olhos
  • Dores no olho
  • Visão embaçada
  • Mancha esbranquiçada na córnea
  • Inchaço nas pálpebras
  • Pus ou secreção ocular
  • Fotofobia
  • Sensação de ter algo nos olhos

Dependendo da infecção, é possível tratá-la antes de causar uma úlcera no olho. Dessa forma, qualquer problema ou sintoma estranho nos seus olhos, é importante procurar seu oftalmologista.

Os principais sintomas de uma infecção ocular são:

Alguns sintomas podem ser parecidos, mas no caso de úlcera no olho eles são muito mais severos e precisam ser tratados com urgência.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito por um oftalmologista. O médico fará alguns exames para identificar o real causador dos sintomas e a gravidade da úlcera.

Tendo constatado que se trata realmente de uma úlcera de córnea o médico buscará entender o que a causou por meio de raspagem, assim solicitando exames laboratoriais. Esse exame indicará a causa da úlcera, se ela contém bactérias, fungos ou vírus.

Tratamento de úlcera no olho

A ùlcera no olho pode ser tratada de algumas formas. Dependendo dos exames realizados, o médico saberá como tratar do seu caso, com medicamentos ou cirurgia.

Caso o tratamento seja feito por medicamentos, eles serão adequados de acordo com a causa da úlcera. Veja alguns exemplos:

  • Colírios antibióticos, antivirais ou antifúngicos
  • Colírios para dilatar as pupilas
  • Analgésicos

Em alguns casos mais severos ou quando os medicamentos não fazem efeito, é necessário fazer um transplante de córnea. Nesses caso, a córnea é substituída por uma córnea saudável, de outra pessoa.

Após a cirurgia, o médico receitará alguns medicamentos e cuidados para se ter em casa, como compressas frias, tapa olho para proteção e repouso.

Complicações

Caso o diagnóstico e o tratamento demorem, a úlcera no olho pode se agravar, causando graves complicações como:

  • Perfuração da córnea
  • Cicatrizes
  • Perda visual parcial ou total
  • Catarata
  • Glaucoma

Fatores de risco

Os principais fatores de risco que podem desencadear numa úlcera no olho são:

  • Lesões nos olhos
  • Mau uso de lentes de contato
  • Olhos extremamente secos
  • Não tratar inflamações e infecções oculares

A Dra. Ana Paula Canto, também falou sobre o desenvolvimento da úlcera na córnea em uma entrevista para a Gazeta do Povo.

 “Devido a uma infecção ocular, trauma no olho, olho seco muito severo ou distúrbios oculares. Mas um dos principais fatores de risco é o mau uso de lentes de contato”.

Úlcera no olho tem cura?

Sim, é possível se curar de uma úlcera de córnea seguindo o tratamento indicado pelo oftalmologista.

O tratamento tem o objetivo de reestabelecer a córnea e tratar a inflamação utilizando medicamentos específicos. Em alguns casos, também é necessário receitar medicamentos para eliminar o causador da úlcera, sejam bactérias, vírus ou fungos.

Como se prevenir de uma úlcera no olho?

Como vimos ao longo do artigo, a úlcera de córnea tem tratamento e pode ser curada, mas dependendo da severidade pode ser necessário um transplante de córnea.

Por isso, prevenir é muito melhor do que passar por uma cirurgia.

Para se prevenir de uma úlcera no olho, existem algumas ações que você pode fazer e que ajudam bastante na hora de se prevenir. A principal delas é lavar as mão antes de tocar os olhos, assim você garante que não está levando nenhuma contaminação até eles.

Quando for fazer alguma atividade que possa machucar os olhos, utilize equipamento de segurança adequado!

Caso você tenha a síndrome dos olhos secos, sempre deixe-os bem lubrificados com o colírio receitado pelo médico.

Mas o principal recomendação é para quem usa lentes de contato. Se você usa lente de contatos é preciso ser extremamente cuidadoso com a maneira que elas são limpas e utilizadas. Sempre utilize os materiais adequados e lave-as antes e após o uso. E o mais importante: nunca durma com as lentes de contato.

Ainda na entrevista para a Gazeta do povo a Dra. Ana Paula Canto falou sobre o hábito de dormir com as lentes de contato.

“Isso aumenta entre dez e quinze vezes o risco de infecção, mesmo em casos em que o fabricante afirma que a lente pode ser usada durante o sono”.

Além disso, seguir corretamente as datas de validade das lentes é peça chave para evitar problemas de visão.

Você já teve úlcera no olho?

Nesse artigo você viu muito fatores que podem ocasionar em úlcera no olho. Além dos tratamentos e os métodos mais eficazes de se prevenir da doença.

Você sabia o quão importante é para a saúde dos seus olhos a utilização correta de lentes de contato?

Esperamos que esse artigo te ajude a se prevenir da úlcera na córnea e a identificá-la, caso necessário.

Lembre de não deixar o médico para depois!

E então? Conseguimos te ajudar ou ficou alguma dúvida?

Conta pra gente aqui nos comentário.

Fontes:

Mayo Clinic

Healthline

MedicineNet

WebMD



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest