ver e ouvir

Ver e ouvir: saiba como a COVID-19 afeta esses sentidos

5
(1)

Diversos estudos recentes apontam que o vírus SARS-COV-2, causador do coronavírus, além da doença também é capaz de causar sintomas nos olhos e ouvidos, dificultando assim as funções normais do ver e ouvir. Assim sendo, as complicações do covid-19 podem incluir até a perda da visão, por exemplo. Como aconteceu nos Estados Unidos como um homem de 70 anos que perdeu a visão de um olho, após complicações do vírus.

Ver e ouvir: saiba como o COVID-19 pode afetar sua visão e audição

Pesquisas sugerem que a visão e a audição também são alvos constantes do vírus causador da COVID-19. Nesse sentido, alguns dos sintomas que podem surgir são:

  • sensibilidade à luz;
  • zumbidos no ouvido;
  • olhos vermelhos;
  • problemas de audição;
  • vertigem;
  • conjuntivite;
  • além dos mais comuns – perda do paladar e do olfato.

Assim, dados mais recentes mostram que mais de 10% das pessoas diagnosticadas com COVID-19 desenvolvem algum sintoma que afeta as funções normais do ver e ouvir.  Por isso, ao passo que estamos há quase 2 anos desde o inicio da pandemia, pesquisadores afirmam que ainda tem muito a aprender sobre como o vírus afeta nosso corpo e sistema nervoso, mas uma coisa é certa: igualmente, a pandemia afetou a saúde dos olhos.

Isto é, segundo Lee Gehrke, biólogo molecular do Instituto de Tecnologia de Massachusetts “Os dados estão crescendo para sugerir que há mais consequências neurais dessa infecção do que pensávamos originalmente”. Ademais, estudo sugerem que o vírus também pode entrar no corpo pelos olhos: seja por levar as mãos aos olhos para esfregar, seja pela transferência direta de lágrimas ou por gotículas respiratórias que caem no olho.

Ver e ouvir são afetados pela COVID-19?

Mesmo após se recuperar da doença, ainda assim o coronavírus é capaz de deixar graves sequelas. Assim, entre as muitas mudanças que acontecem frequentemente devido à doença estão:

  • lesão nos vasos sanguíneos da retina;
  • catarata;
  • retinopatia;
  • zumbido;
  • vertigem;
  • olhos secos;
  • vermelhidão;
  • coceira;
  • visão embaçada;
  • sensibilidade à luz.

De acordo com Shahzad Mian, oftalmologista da Universidade de Michigan, os sintomas oculares podem aparecer no início ou no final da doença. Ainda mais porque uma pessoa com a doença pode transmitir o vírus pelas lágrimas, por vezes muito depois de já ter se recuperado da doença.

Alterações na visão e audição podem ser sinais de COVID-19?

Sim. Alterações na visão e na audição podem ser sinais de infecção por SARS-CoV-2. Portanto, fique atento aos sinais que seus olhos dão. Pesquisadores afirmam que os sinais de alerta mais comuns são tosse, febre ou alterações no paladar e no olfato, mas além disso, os primeiros sinais da doença podem incluir irritação nos olhos, problemas auditivos ou problemas de equilíbrio.

Só para exemplificar, desde o início da pandemia de coronavírus, o sintoma “olhos vermelhos” esteve incluído como um sinal comum da doença. Mas, surpreendentemente, essa condição não é algo muito novo para os cientistas, já que no ano de 2003, durante o surto de SARS, pesquisadores em Cingapura identificaram o vírus causador da doença nas lagrimas dos pacientes.

Segundo Zahra Jafari, audiologista e neurociência cognitiva da Universidade de Lethbridge em Alberta, uma das possibilidades de como o SARS-CoV-2 pode afetar os ouvidos é que a inflamação provocada pelo vírus pode atingir diretamente o sistema auditivo. A especialista afirma que o vírus também pode invadir uma barreira entre a corrente sanguínea e o ouvido interno.

Conforme os especialistas afirmam: a maioria das vezes, os sintomas oculares e auditivos melhoram por conta própria. Contudo, há evidências em estudos de que, em ambos os casos, os sintomas induzidos pela COVID podem se tornar duradouros.

5 dicas para cuidar da sua visão durante a pandemia de COVID-19

De acordo com médicos, as pessoas devem evitar não apenas falar ou tossir muito próximas, mas também de levar as mãos ao rosto e, principalmente, aos olhos. Então, existem algumas maneiras que você pode cuidar dos seus olhos e, ainda assim, reduzir o risco de COVID-19:

  1. evite se contaminar com colírios;
  2. pratique atividade física;
  3. não esqueça dos óculos de sol;
  4. use os óculos também como uma proteção/barreira contra o vírus;
  5. evite esfregar os olhos.

Cuide de seus olhos em todos os momentos

Aqui na Lenscope nós temos a missão de democratizar o acesso a informações sobre saúde visual e lentes para óculos por um preço acessível. E você, nosso leitor, pode fazer nosso teste de visão capaz de detectar miopia ou astigmatismo, 100% online, com uma tecnologia exclusiva. Além disso, lembre-se das dicas que sempre deixamos aqui pra você:

  • é importante ir ao médico oftalmologista regularmente;
  • cuide da sua saúde mantendo uma alimentação equilibrada;
  • não esqueça de ingerir água suficiente para hidratar todo seu corpo;
  • tenha uma rotina de exercícios físicos;
  • para ter olhos saudáveis, use lentes confiáveis e com tratamentos especiais.

ver e ouvir - teste de visão

Fontes:

Scientific American 

American Academy of Ophthalmology

VersantHealth

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *