visão e síndrome de down

Visão e Síndrome de down: os problemas de visão mais comuns

0
(0)

Você sabia que existe relação entre visão e Síndrome de Down?

Os portadores da Síndrome de Down têm maiores tendências em apresentarem problemas de visão e, mais especificamente, as crianças portadoras da síndrome.

Os problemas de visão mais comuns de aparecerem ao longo da vida de um portador de Síndrome de Down são: miopia, hipermetropia, astigmatismo, estrabismo, olho preguiçoso, catarata congênita e ceratocone.

Além disso, queremos te mostrar quais os problemas de visão mais comuns em portadores da síndrome de down, como também sobre os tratamentos mais indicados.

Visão e Síndrome de Down: os problemas de visão mais comuns

Estima-se que cerca de 50% das crianças portadoras da Síndrome de Down apresentam problema de visão para longe. Além disso, cerca de 20% têm dificuldade para enxergar de perto.

São números bastante altos. E quando falamos de visão e Síndrome de Down, existem os problemas de visão mais comuns. São eles:

  • Miopia
  • Hipermetropia
  • Astigmatismo
  • Estrabismo
  • Olho preguiçoso
  • Catarata Congênita
  • Ceratocone
  • Hipermetropia
  • Astigmatismo

Vamos falar um pouco sobre cada um dos problemas de visão mais comuns em quem tem Síndrome de Down.

Estrabismo e Síndrome de Down

O estrabismo, também conhecido como vesguice ou olho torto, é uma doença em que os olhos não são capazes de olhar para a mesma direção ao mesmo tempo.

Em entrevista para o Universo Visual, Marcela Barreira, especialista em estrabismo e neuroftalmologista, destaca que os problemas de visão como o estrabismo se manifestam em 20% dos portadores da Síndrome de Down.

Além disso, o estrabismo pode aparecer devido a fatores genéticos,  ou por outros problemas de saúde, como diabetes, AVC ou por um grau elevado de hipermetropia.

O estrabismo pode se manifestar de várias formas, segundo o Conselho Brasileiro de Estrabismo (CBE). Vamos listar as duas formas mais conhecidas de estrabismo, que são:

  • Estrabismo Convergente – quando o olho é voltado para dentro 
  • Estrabismo Divergente – quando o olho é voltado para fora

Veja também as opções de tratamento para estrabismo.

Olho preguiçoso

O olho preguiçoso é quando o cérebro passa a favorecer o olho que apresenta menor grau de miopia, hipermetropia ou astigmatismo.

Dessa forma, nosso cérebro tenta reduzir os sintomas do que chamamos de anisometropia. Quando isso acontece, ele acaba desfavorecendo a visão do outro olho.

Aliás, esse é um problema mais comum em crianças e quando identificado no começo da infância, o uso de tampões pode solucionar o problema

E atenção, porque crianças com Síndrome de Down podem apresentar maiores chances de desenvolver o olho preguiçoso.

Catarata Congênita

Cerca de 3% dos bebês diagnosticados com Síndrome de Down apresentam catarata congênita.

Como a catarata congênita impede que a luz chegue até o fundo do olho (na retina), crianças com esse problema de visão não conseguem enxergar, podendo até mesmo perderem a visão por completo.

No entanto, ao realizar o diagnóstico precoce, é possível reverter a situação graças a
uma cirurgia muito simples no olho afetado, removendo a catarata.

Após a cirurgia, a criança ainda precisa seguir com o tratamento com óculos de grau para correção apropriada da visão.

Miopia, hipermetropia e astigmatismo

A miopia, hipermetropia e astigmatismo são erros de refração bastante comuns. Cada um deles causa em nosso olho uma dificuldade específica na forma como enxergamos. Vamos te explicar:

  • Miopia – Dificuldade para enxergar de longe. Se manifesta em 14% dos portadores da síndrome
  • Hipermetropia – Dificuldade para enxergar de perto. Afeta cerca de 40% das crianças com síndrome de down
  • Astigmatismo – Dificuldade em enxergar objetos tanto de perto quanto de longe.

A visão e Síndrome de Down têm uma forte relação quando pensamos nestes três erros de refração tão comuns.

Isso acontece, principalmente, porque crianças com Síndrome de Down aprendem mais facilmente com informações visuais.

Dessa forma, qualquer problema de visão pode interferir em seu desenvolvimento.

Por isso é tão importante o diagnóstico precoce de qualquer um dos problemas listados anteriormente para o tratamento mais indicado pelo oftalmologista.

Por falar em tratamento, vamos te contar a seguir alguns deles. Olha só:

Tipos de tratamento dos problemas de visão relacionados à Síndrome Down

Existem diferentes tipos de tratamentos para os problemas de visão relacionados à Síndrome de Down.

Mas, já adiantamos que apenas o médico oftalmologista é capaz de prescrever qual o mais indicado.

Por esse motivo, é tão necessário levar a criança periodicamente para se consultar e realizar os exames de vista.

Para um diagnóstico correto e um tratamento com resultados positivos, é preciso levar a criança a cada 6 meses ou 1 ano ao médico.

Apesar de alguns dos problemas de visão serem bastante sérios, há muitos tratamentos inovadores, sendo que o uso dos óculos de grau é a opção mais indicada pelo médico especialista.

Para corrigir erros de refração, estrabismo e até após procedimentos cirúrgicos – como a catarata – a criança portadora da síndrome vai precisar usar óculos de grau.

Ao ter a receita com a prescrição dos óculos, é preciso comprar lentes que sejam resistes, até porque, criança tem muita energia, não é mesmo?

Aqui na Lenscope, por exemplo, trabalhamos com opções de lentes para óculos que podem ser usadas para tratar a visão de portadores da Síndrome de Down.

Dessa forma, nossas lentes corrigem miopia, hipermetropia, astigmatismo e até estrabismo. Além disso, são lentes feitas em material super resistentes, com todos os tratamentos já inclusos.

Lentes da Lenscope para miopia, hipermetropia e astigmatismo

Para até 4 graus de miopia ou hipermetropia, indicamos as Lentes Lenscope Poli 1.59.  

Elas são lentes de  policarbonato, bastante resistentes a quedas e está incluso, sem taxas adicionais, tratamentos indispensáveis, tais como: antirreflexo, antirrisco, proteção 100% UV. 

As Lentes Lenscope Poli 1.59 atendem até 2 graus de astigmatismo.

Já para quem tem mais de 4 graus, pode contar com as Lentes Tokai 1.76, as lentes de resina mais finais do mundo!

Elas são lentes de resina e consideradas as lentes de resina mais finas que existes. Isso porque seu índice de refração é de 1.76. O maior índice de refração encontrado em lentes de resina para grau alto.  

Também contam com todos os tratamentos que as lentes premium possuem. Sem taxas adicionais.

Os tratamentos das Lentes Tokai 1.76 são: antirreflexo, antirrisco, proteção 100% UV, proteção contra microfissuras camadas oleofóbica e hidrofóbica.

Faça um orçamento online e gratuito de nossas lentes para o seu grau em nosso site.

O que é a Lenscope?

A Lenscope é um serviço pioneiro no Brasil de venda de lentes para óculos pela internet.

Usando a tecnologia ao seu favor, somos capazes de eliminar uma série de intermediários entre você e a melhor lente para óculos para o seu grau.

Com isso, você tem acesso a lentes de qualidade, por um preço muito mais justo!

Temos um propósito bem claro: um propósito bem claro: criar um mundo onde todos possam enxergar com clareza. Um par de olhos de cada vez.

Inclusive, somos a primeira marca a oferecer até 100 dias para você experimentar nossas lentes. Se não gostar, sem problemas. Nós devolvemos seu dinheiro.

Saiba mais sobre nosso programa 100 dias pra provar e amar.

Você sabia dessa relação entre visão e Síndrome de Down?

Esperamos que depois de ler nosso artigo, você possa saber um pouco mais sobre a relação entre visão e Síndrome de Down.

Portanto, não deixe de levar a criança portadora com Síndrome de Down ao médico periodicamente.

Pois apenas assim é possível tratar corretamente o problema de visão que ela poderá desenvolver.

O óculos de grau é um dos tratamentos mais indicados, acessíveis e efetivos para grande parte dos problemas de visão afetam os portadores da síndrome de Down, especialmente as crianças.

E se precisar fazer o orçamento do seu próximo óculos de grau, não deixe de falar com a gente.

Se ficou com alguma dúvida, é só escrever aqui nos comentários que vamos te responder.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *