ceratite ocular

Ceratite: Tipos, causas, sintomas e como tratar

Este post foi atualizado em 24 março, 2021

Ceratite é uma inflamação comum que afeta a córnea (parte externa dos olhos), podendo ser causada por machucados ou infecções nos olhos.

Ela é mais comum em quem usa lentes de contato. Porém independente de usar lentes ou não, caso se desenvolva a ceratite é importante procurar um médico.

Tipos de ceratite

Podendo ser causada de diversas formas, existem dois tipos principais de ceratite: o infeccioso e o não infeccioso.

A ceratite não infecciosa pode ser causada por:

  • Uso constante e prolongado de lentes de contato
  • Olho seco
  • Alergias (maquiagens ou poluição)
  • Lesões na córnea
  • Exposição intensa a luz do sol
  • Deficiência de vitamina A

Os sintomas da ceratite não infecciosa são:

  • Dores no olho afetado
  • Vermelhidão
  • Olho lacrimejante
  • Fotofobia

Já a ceratite infecciosa possui seus próprios tipos, que são a bacteriana, viral, fungica e por Acanthamoeba.

Ceratite bacteriana

Causas

Geralmente é causada por duas bactérias, Pseudomonas aeruginosa e Staphylococcus aureus. Esse tipo de ceratite acontece principalmente por mau uso de lentes de contato. No entanto, existem outras causas, como:

  • Contato de substâncias contaminadas com os olhos
  • Lesões ou machucados
  • Baixa imunidade
  • Uso de lentes de contato contaminadas

Sintomas da ceratite bacteriana

Os sintomas são bem parecidos. Somente com o exame o médico é possível saber qual tipo de ceratite você pode ter. Os sintomas da ceratite bacteriana incluem:

  • Dores nos olhos
  • Vermelhidão
  • Olhos lacrimejantes
  • Visão embaçada
  • Fotofobia

Ceratite viral

Causas

Geralmente causada pelo vírus da herpes, porém esse tipo é muito causado por auto infecção.

Quando o indivíduo já possui o herpes tipo I e toca uma bolha ou úlcera e, em seguida, leva a mão contaminada aos olhos. Por fim gera uma conjuntivite que progride para ceratite.

Sintomas da ceratite viral

  • Dor no olho afetado
  • Secreção ocular
  • Vermelhidão
  • Olhos lacrimejantes
  • Visão embaçada
  • Fotofobia

Ceratite fúngica

Causas

Podendo ser causado por qualquer fungo capaz de invadir a córnea, bastante parecido com sua versão bacteriana. Porém não pode ser confundido, pois necessita de um tratamento diferente. Existem algumas formas de contrair a ceratite fúngica. São elas:

  • Lesões nos olhos causadas por plantas ou galhos
  • Contato dos olhos com água contaminada
  • Mau uso de lentes de contato (Usar lentes contaminadas; Uso prolongado)

Sintomas da ceratite fúngica

  • Visão reduzida
  • Dores nos olhos
  • Fotofobia
  • Olhos lacrimejantes
  • Secreção ocular
  • Vermelhidão

Ceratite por Acanthamoeba

Causas

Rara de acontecer, mas perigosa. Causada por conta de uma infecção pelo parasita Acanthamoeba, que está presente na água de lagos e no solo. Porém, é possível encontrar esse organismo em piscinas e, inclusive, na água potável.

A Ceratite por Acanthamoeba é principalmente causada por:

  • Lesões nos olhos
  • Contato com água contaminada
  • Baixa imunidade
  • Má higienização dos olhos

Vale ressaltar que o conjunto desses fatores aumenta em muito as chances de infecção.

Sintomas da ceratite por Acanthamoeba

  • Sensação de ter algo nos olhos
  • Dores nos olhos
  • Vermelhidão
  • Visão embaçada
  • Fotofobia
  • Olhos lacrimejantes
  • Dores de cabeça

Ceratite é contagioso?

A ceratite não infecciosa não é contagiosa, porém a infecciosa pode ser transmitida de pessoa para pessoa.

A infecção pode ocorrer ao entrar em contato com uma sustância infectada e, em seguida, tocar seus olhos. Mas em alguns casos, se você ficar doente, a infecção pode se espalhar para os olhos.

No entanto, o mesmo pode acontecer com a herpes. Ao tocar uma bolha aberta e, em seguida, tocar nos olhos, pode você ser infectado com a ceratite.

Quando devo ir ao médico?

No surgimento dos sintomas descritos é importantíssimo ir ao médico o mais rápido possível. Por terem sintomas parecidos, o oftalmologista precisará realizar alguns exames para determinar o tipo de ceratite.

Demorar para se realizar o diagnóstico pode causar complicações graves, como cegueira.

Diagnóstico

O diagnóstico começará com algumas perguntas do médico, em que buscará entender o que acarretou nessa condição.  Ele perguntará quando os sintomas começaram e quais são, além de também perguntar sobre os locais que frequentou e seus hábitos.

Mas lembre-se: é muito importante não deixar de informar se frequentou lago, piscina pública ou se machucou os olhos.

Após as perguntas, seu oftalmologista irá fazer alguns exames para analisar seu olhos e o dano causado pela ceratite.

É possível que ele solicite exames laboratoriais de lágrimas ou raspagem da córnea para identificar o causador da condição.

Tratamento

O tratamento será indicado após o diagnóstico e identificação do tipo de ceratite.

Afinal os tratamentos para cada tipo de ceratite são diferentes. Mas, provavelmente, o médico te receitará colírios, comprimidos ou até mesmo os dois, dependendo do seu caso. Os medicamentos talvez incluam:

  • Antibióticos
  • Biocidas
  • Antifúngicos
  • Antivirais

A ceratite não infecciosa não precisa de medicação, mas se o seu quadro se agravar será necessário voltar ao oftalmologista para novos exames.

Um tapa olho também pode ser utilizado para proteger e acelerar o processo de recuperação.

Mas vale lembrar que nem todo caso responde bem a medicamentos. Por isso, mesmo após a consulta, fique atento ao seu quadro. Se não houver melhor, entre em contato com o médico.

Fatores de risco

Existem alguns fatores que podem aumentar as chances de contrair a ceratite, que são:

  • Uso constante e prolongado de lentes de contato, inclusive dormir com elas aumenta muito as chances de desenvolver tanto a infecciosa como a não infecciosa, por isso é importante sempre variar o uso de lentes de contato e óculos.
  • Baixa imunidade, com o sistema imunológico enfraquecido as chances de desenvolver a doença aumentam.
  • O uso de colírios com corticosteróides para tratar um problema nos olhos, aumenta a chance de ter ceratite infecciosa ou também de piorar caso já tenha.
  • Lesões na córnea, mesmo que você tenha machucado os olhos no passado, você pode estar mais vulnerável.

Complicações

O principal fator que pode causar complicações no caso de ceratite é a negligência. Deixar de ir ao médico pode causar danos irreversíveis.

Veja alguns exemplos:

  • Inflamação cronica na córnea
  • Cicatrizes
  • Infecções virais recorrentes na córnea
  • Úlceras na córnea
  • Perda de visão temporária ou permanente
  • Cegueira

Prevenção

Existem algumas formas de se prevenir da ceratite e alguns desses cuidados podem não só ajudar na prevenção dessa doença, mas também com a sua saúde visual como um todo.

Lentes de contato

  • Evite o uso contínuo e prolongado das lentes, varie o uso com óculos de grau.
  • Não durma com lentes de contato
  • Siga as recomendações do seu oftalmologista
  • Use produtos específicos para lentes de contato
  • Não use lentes vencidas
  • Não use lentes de contato quando for nadar

Outras prevenções

  • Evite piscinas públicas e lagos
  • Caso machuque o olho evite nadar e procure um médico
  • Caso esteja gripado ou tenha herpes, evite tocar os olhos sem lavar as mãos
  • Use colírios prescritos pelo oftalmologista

Ceratite tem cura?

Sim, a ceratite pode ser curada. Com um diagnóstico rápido e tratamento correto, a doença não causará complicações permanentes.

Diferença entre conjuntivite e ceratite

A conjuntivite é a inflamação ou infecção da conjuntiva, que cobre  a parte branca do olho. No entanto, ela é geralmente é causada por vírus, mas também pode ser causada por bactérias ou produtos químicos.

Mas a ceratite afeta a córnea, e pode ser causada por diversos outros fatores, como parasitas e fungos, além de bactérias e vírus.

Conclusão

Hoje você viu que existem diversas formas de se desenvolver a ceratite. No entanto, mesmo assim existe a cura e a melhor forma de lidar com essa condição é indo ao médico.

Porém se negligenciada pode causar várias complicações e em alguns casos irreversíveis, por isso é sempre importante manter a saúde dos olhos em dia e seguir as recomendações de quem cuida dos nossos olhos.

Mas e então, você conhecia ou já teve ceratite?

Conta pra gente aqui nos comentários!

Até a próxima 🙂



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Pin It on Pinterest