Lente multifocal: como funciona, adaptação e como escolher

Lente multifocal: como funcionam, adaptação e como escolher
  • por
4.5
(36)

Hoje, falaremos sobre lentes multifocais, as lentes para presbiopia. Descubra como são as lentes multifocais, como funcionam, quais principais desafios enfrentados por quem precisa usar esse tipo de lente, e várias dicas para você conseguir se adaptar mais facilmente a elas. Além disso, saiba quais pontos importantes a analisar antes de comprar a melhor lente para óculos multifocal. Continue lendo e descubra!

Lente multifocal: o que é e para que serve

Lentes multifocais são desenvolvidas especialmente para quem tem presbiopia, conhecida também como vista cansada ou síndrome ou braço curto. A presbiopia ocorre naturalmente conforme envelhecemos, geralmente surge a partir dos 40 anos, reduzindo a capacidade de enxergarmos os objetos de perto. O problema afeta a visão de diversas formas como, por exemplo, causando fadiga ocular, dificuldades para enxergar à certa distância, vista embaçada, ressecamento ocular e dores como enxaqueca, nas costas, pescoço e ombros.

Além da causa natural do envelhecimento, a presbiopia também pode surgir devido ao excesso de exposição dos olhos a muitas luzes brilhantes e o excesso de luz azul, emitida por dispositivos eletrônicos como celular e computador. A função das lentes multifocais na correção do problema é oferecer a vista cansada múltiplos focos, corrigindo os três campos de visão: para perto, intermediário e para longe.

O que são lentes multifocais?

Lentes multifocais ou progressivas possuem a função de corrigir a presbiopia, ou a vista cansada, múltiplos focos, corrigindo os três campos de visão: para perto, intermediário e para longe. Cada campo possui um grau específico para que os olhos enxerguem perfeitamente, sendo para perto, longe, e intermediário.

Então, pessoas com presbiopia necessitam destas lentes para enxergar com mais clareza e nitidez. A partir de um exame de vista, é possível descobrir qual lente é mais adequada conforme a dificuldade em enxergar, seja para uma distância mais próxima, intermediária ou longe.

Atualmente, o mercado óptico dispõe de diferentes tipos de lentes multifocais, sendo elas lentes multifocais convencionais, personalizadas (Free Form ou Digitais), e  as lentes de contato multifocais. Conheça a diferença de cada uma, a seguir:

  • Lentes convencionais:

As mais populares do mercado óptico. Se destacam pela forma do campo de visão padronizado, onde saem prontas direto da fábrica e por terem valores mais acessíveis. Esse tipo de lente proporciona uma mudança do grau nos diferentes campos de visão para perto, intermediário e longe.

  • Lentes multifocais personalizadas (Free Form ou Digital):

As lentes multifocais personalizadas se adaptam ao dia a dia do usuário e à anatomia dos olhos, ou seja, sua fabricação é feita de forma totalmente individual. Por isso, lentes personalizadas são consideradas mais confortáveis, agradáveis e com alta adaptabilidade. Sobretudo, elas contam com a tecnologia Free Form ou Digital, que otimizam os diferentes campos de visão e o comprimento do corredor progressivo das lentes progressivas.

  • Lentes de contato multifocais:

Disponibilizadas pelo mercado óptico por diversas marcas e funções conforme a necessidade do grau. Muitas delas, podem ser usadas com a técnica que chamamos de mono visão, onde o usuário pode usar lentes diferentes em cada olhos, seja para perto ou longe. Indicadas para quem já usa lentes de contato e não quere mudar a forma do tratamento.

Como funciona a lente multifocal e seus campos de visão

As lentes multifocais conseguem, em uma única lente, oferecer múltiplos focos, corrigindo os três campos de visão para perto, intermediário e longe. Ou seja, cada campo possui o grau necessário para enxergar nítida e perfeitamente, seja para longe, perto ou na visão intermediária. Veja como funciona a lente multifocal para os diferentes campos de visão:

Campo de visão de lente multifocal

Campo de visão para perto: o campo de visão para perto das lentes multifocais fica na parte inferior das lentes, e o foco principal desse campo de visão é a leitura.

Visão intermediária: esse campo de visão fica no meio das lentes, permitindo a visão para uma distância intermediária. Neste sentido, são excelentes para profissões que usam muito esse tipo de visão intermediária, como, por exemplo, para quem passa muito tempo no computador.

Campo de visão para longe: o campo de visão para longe fica na parte superior das lentes e engloba distâncias mais longínquas. Contudo, é o campo mais usado normalmente em casos de miopia, hipermetropia e astigmatismo.

A escolha de lentes com maiores campos de visão e com campos personalizados para cada pessoa faz todas diferença no processo de adaptação com o óculos multifocais, por isso, é importante dar preferencia para lentes: com campos de visão mais amplos, personalizadas e digitais, além da escolha da armação adequada.

Principais dificuldades na adaptação com óculos multifocais

Devido à mudança progressiva do grau em uma única lente, muitos dos usuários de lentes multifocais passam por dificuldades de adaptação às lentes, e isso vale para novos usuários de lentes multifocais e os que já usam, porém, podem ter passado pela transição de grau. Algumas das dificuldades mais comuns são:

  • Distorções.
  • Ver o chão se mover.
  • Sentir tonturas.
  • Dificuldade ao usar escadas (devido à transição do grau).
  • Dores de cabeça frequentes.

O ideal é que logo no início de uso das lentes, o usuário evite algumas ações que possam causar mais estranheza, como, por exemplo, evitar olhar seus passos ao andar ou ao subir e descer uma escada, e evitar tirar e colocar os óculos toda hora.

Atitudes como essas irão ajudar seu cérebro a entender as novas lentes, evitando assim mais dificuldades durante o período de adaptação. Veja a seguir outras dificuldades comuns dos usuários na adaptação de lentes e óculos multifocais:

Dificuldades na visão para perto e intermediária:

Quando o problema é relacionado com o baixo campo visual significa que a distância ao vértice da lente está em excessiva e/ou o seu ângulo pantoscópico não está regulado adequadamente as necessidades do indivíduo.

Limitação dos campos de visão:

Muitas vezes isso ocorre por erro do profissional da óptica, que pode acidentalmente alterar o valor do cilindro prescrito pelo oftalmologista na receita. Desconfortos iniciais no período de adaptação, são comuns, e com o passar do tempo a pessoa não terá mais dificuldades para utilizar as lentes multifocais.

O cérebro precisa se acostumar com a nova forma de ver e focar nos objetos, sendo fundamental seguir as orientações do seu oftalmologista quanto ao uso desse tipo de óculos. Se os desconfortos persistirem, procure seu oftalmologista imediatamente.

Tonturas e náuseas:

Esse problema é comum e ocorre quando o indivíduo faz a visualização incorretamente pelo corredor da lente, e isso pode se agravar principalmente quando a pessoa dirige ou caminha. Para evitar estas sensações e ajudar o seu cérebro durante o período de adaptação as lentes, atitudes como evitar olhar seus passos ao andar ou ao subir e descer uma escada, e evitar tirar e colocar os óculos toda hora irá te ajudar durante a adaptação.

Erro na altura de montagem ou nas medidas DNP e DP:

A DNP é a Distância Naso-Pupilar, em outras palavras, é a medida, em milímetros, entre a pupila e o centro do nariz. Já a DP é a medida, também em milímetros, entre as duas pupilas. Para usuários de lentes multifocais, é fundamental ter essa medida realizada com a maior precisão possível.

Dessa forma, para que as lentes funcionem da melhor forma e mais exata possível, a pessoa precisa posicionar o óculos exatamente onde ela mais o utiliza quando a medida da DNP for tirada. Uma medida da DNP tirada erroneamente, impacta diretamente na adaptação com o óculos multifocal.

Dicas e orientações para se adaptar com lente multifocal

Como você viu té aqui, o processo de adaptação com lentes com mais de um campo de visão, difere e é mais demorado do que as lentes para visão simples. Separamos algumas dicas rotineiras para se adaptar mais facilmente as lentes multifocais:

Medir corretamente a DNP e DP

é fundamental ter as medidas DNP e DP realizada com a maior precisão possível. Dessa forma, para que as lentes funcionem da melhor forma e mais exata possível, a pessoa precisa posicionar o óculos exatamente onde ela mais o utiliza quando a medida da DNP for tirada. Uma medida da DNP tirada erroneamente, impacta diretamente na adaptação com o óculos multifocal.

Acostume seu cérebro as novas lentes

Num primeiro momento algumas dificuldades e sensações desagradáveis poderão surgir devido ao uso das novas lentes. Contudo, o cérebro se acostumará com o passar dos dias. Para isso acontecer mais rapidamente, é preciso ensinar seu cérebro a esta nova realidade.

Para isso, primeiramente tente usar suas lentes multifocais o dia todo, desde ao acordar até a hora de dormir, já durante os primeiros 7 dias. Geralmente, o período de adaptação com lentes progressivas são de 7 a 15 dias, podendo se estender.

Após este período, as sensações desagradáveis como distorções, enjoo e tontura vão diminuir gradualmente. Se após esse período, você ainda não conseguir se adaptar com o óculos, procure seu oftalmologista e leve seus óculos para que ele avalie se o seu grau e medidas estão corretos.

Escolha a altura correta da armação

A altura da armação é fundamental para que a adaptação com as lentes multifocais ocorra de forma mais tranquila possível. Em outras palavras, se altura do aro da armação for muito pequena (menor que 3 cm ou 30mm), a transição de grau pode ser mais brusca, causando muito desconforto visual.

Por isso, armações muito pequenas em relação à altura não são compatíveis com lentes multifocais. Contudo, a armação que possui a altura do aro maior que 3 cm (30 mm) ajuda para uma mudança menos abrupta entre os campos de visão de perto, intermediário e longe.

Prefira lentes multifocais personalizadas

Lentes multifocais personalizadas são a melhor opção de lente multifocal ou progressiva, isso porque são mais fáceis para se adaptar. Estas lentes são produzidas de forma personalizada e individual para cada usuário, conforme seu estilo de vida e quantidade de horas que cada atividade é realizada ao longo do dia.

Por exemplo, se você passa muito tempo realizando atividades que exijam mais da sua visão para perto, o campo de visão de perto é otimizado com mais precisão na sua lente progressiva. Dessa forma, é possível um maior conforto visual, além de uma melhor visão. Isso serve também para os campos de visão para longe ou intermediária.

Acostume com as áreas do campo de visão

As lentes multifocais possuem 3 campos de visão: para longe, intermediário e para perto, e você precisa ficar atento a isso. Nesse sentido, é importante saber onde fica cada campo de visão que irá te ajudar a enxergar melhor. Por exemplo, na parte superior da lente, você enxerga para longe, e para perto você enxergará entre o centro e a parte inferior das lentes.

Lente multifocal personalizada e com preço justo

Agora você sabe a importância de escolher lentes multifocais de qualidade, com campos de visão amplos e personalizadas, para obter uma melhor experiência a e adaptação com os óculos multifocais. Entretanto, os preços para esse tipo de lente costumam ser mais elevados, e por isso, é necessário pesquisar bem, antes de comprá-las.

Nós da Lenscope oferecemos as melhores lentes multifocais a um preço justo e acessível, para que você  possa ter mais conforto ao usar uma lente fabricada sob medida para você. Nossas lentes já possuem os tratamentos inclusos, além de serem as lentes mais finas do mercado e produzidas com alta tecnologia. Conheça as lentes multifocais/progressivas da Lenscope:

  • Lentes Lenscope Multifocais Progress:

As lentes progressivas para vista cansada são personalizadas conforme seu estilo de vida. Estão disponíveis em várias versões e todas com os tratamentos essenciais inclusos sem nenhum custo adicional. Estão disponíveis a partir de R$1.169,00. Versões: Lenscope Progress (incolor); Lenscope Progress Digital Comfort (com filtro de luz azul); Lenscope Progress Transitions® (fotossenssível); Lenscope Progress Shades (escura com grau) e Lenscope Progress Digital Comfort Transitions (fotossessível com filtro de luz azul).

Considerações finais

Aqui na Lenscope você encontra lentes progressivas (multifocais), com o exclusivo tratamento Quartz da Lenscope que inclui 5 tratamentos, sem você precisar ter  um custo adicional.

Nossas lentes progressivas proporcionam uma adaptação mais fácil e rápida devido aos campos de visão mais amplos. Todas essas características trazem muito mais conforto para o seu dia a dia. Com as nossas lentes progressivas, você ainda conta com até 100 dias para provar e amar suas novas lentes, caso não se adapte com elas, devolvemos o seu dinheiro. 

Faça um orçamento para o seu grau sem compromisso em nosso site ou converse com a gente. Estamos ansiosos para te mostrar uma nova forma de fazer as lentes do seu óculos. 

Fontes:

All About Visision

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 36

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

A Lenscope descomplica a correção visual, oferecendo lentes para óculos com todos os tratamentos entregues em casa a uma fração do custo. Desenvolvemos tecnologias que possibilitam uma jornada 100% digital, precisa e acessível, permitindo oferecer produtos superiores até 70% mais baratos do que alternativas encontradas em ópticas tradicionais. Fomos incubados pela Eretz.bio, incubadora do Hospital Albert Einstein, acelerados pela Samsung, através do programa Creative Startups e recebemos apoio da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), no desenvolvimento tecnológico. Fazemos parte do Cubo Itaú e da Supera, parque tecnológico da USP de Ribeirão Preto.

4 comentários em “Lente multifocal: como funciona, adaptação e como escolher”

    1. Olá, Celso. Tudo bem? Todo o nosso processo de compra é totalmente online, pelo nosso site. Funciona assim: você compra as lentes mais finas, envia uma foto da sua receita e fotos para fazermos as medidas do seu óculos. Depois, envia a sua armação para fazermos a montagem das lentes mais finas nela. E por fim, enviamos o óculos pronto, no seu endereço. E não precisa se preocupar, enviamos as orientações necessárias em todas as etapas da compra.

      Para calcular o valor das lentes mais finas para o seu grau e conferir os valores, prazos e opões de entrega para a sua região, basta fazer um orçamento online e gratuito no nosso site: lenscope.com.br/orcamento

      Se tiver dúvidas ou precisar de ajuda, basta falar com a gente pelos canais de atendimento no final da página. 🙂

    1. Olá, Selmo. Tudo bem? As duas lentes são boas. O policarbonato se trata de um material usado para produzir lentes, geralmente as lentes com esse material são usadas por pessoas com baixo grau (até 4). Quanto as lentes multifocais, elas são indicadas para quem tem presbiopia, conhecida como vista cansada. Para saber qual lente você precisa usar, qual a mais indicada para as suas necessidades, o ideal é marcar uma consulta com o oftalmologista da sua confiança. Ele é o profissional capacitado para indicar o melhor tratamento para você. Esperamos ter ajudado. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *