luz vermelha

Luz vermelha: estudo aponta que pode trazer benefícios para sua saúde visual

0
(0)

Você já ouviu falar sobre a luz vermelha? Sabe sobre o que se trata? Ainda mais, sabe quais podem ser seus efeitos na visão? A seguir, falaremos sobre um estudo da University College London no assunto. Nesse sentido, tal estudo descobriu que expor os olhos à luz vermelha pode reduzir problemas de visão.

Agora, você poderá conferir como usar a luz vermelha para dormir. Além disso, vai entender melhor se ela faz mal à saúde dos seus olhos. Continue lendo para ficar por dentro do assunto. 

Luz vermelha faz mal à saúde visual?

À princípio, de acordo com pesquisadores, a terapia da luz vermelha é uma forma natural e segura de proteger a visão. Além disso, pode ser uma forma de curar os olhos de danos e tensão. Afinal, é o que apontam diversos estudos clínicos. E nesse sentido, quando o assunto é proteção da visão e saúde ocular geral, vários ensaios clínicos são eficazes.

Assim, segundo estudo realizado pela University College London, do Reino Unido, a exposição dos olhos à luz vermelha pode ser benéfica. Dessa forma, ela deve ser feita pelo período de três minutos, uma vez por semana. É nesse sentido que ela é capaz de reduzir problemas de visão. Por exemplo, a intervenção pode ajudar principalmente pessoas a partir dos 40 anos. Afinal, são essas pessoas as mais afetadas pelo envelhecimento dos olhos.

Na revista Scientific Reports é possível conferir o artigo contendo os resultados da pesquisa.

Exposição aos olhos pode reduzir problemas de visão

Segundo a pesquisa, os efeitos da exposição da luz vermelha aos olhos pode resultar na redução de problemas de visão. Nesse sentido, pode ajudar até o tratamento de doenças oculares. Entre eles:

  • progresso de cerca de 17% na visão do contraste de cores;
  • aumento da visão em até 20%, entre os mais velhos;
  • melhora significativa da visão em pessoas com degeneração macular relacionada à idade e glaucoma;
  • enquanto pessoas com lesões oculares tiveram cura mais rápida e com menos inflamação.

O estudo aconteceu da seguinte forma:

  1. Um total de 24 participantes, com idades entre 34 e 70 anos e sem doenças oculares participaram do estudo.
  2. Inicialmente, os participantes completaram um questionário sobre a saúde da visão.
  3. Em seguida fizeram um teste de cores (Chroma Test), para identificar letras coloridas com pouco contraste e que ficavam cada vez mais borradas.
  4. Após o teste, os participantes receberam 670 nanômetros (o que equivale a um bilionésimo de um metro) de luz vermelha, entre 8h e 9h da manhã, pelo período de três minutos. Ou seja, uma vez por semana, pelas manhãs, os participantes foram expostos à luz vermelha do tipo LED.
  5. Após três horas, os participantes tinham a visão testada de novo. Assim, os pesquisadores puderam concluir que houve melhora.
  6. Nesse ínterim, após meses do primeiro experimento, alguns participantes realizaram o teste novamente, mas dessa vez no período da tarde, entre 12h e 13h. Porém, os resultados deixaram a desejar.

Os efeitos positivos da exposição tiveram duração maior que sete dias. Porém, com os estudos realizados pela tarde, os resultados positivos não foram os mesmos. Os cientistas afirmam que os resultados são esperançosos. Já que, por meio dos resultados, é provável criar tratamentos para saúde ocular seguros. Além de ter um custo baixo, são fáceis e podem ser realizados em casa.

Terapia da luz vermelha: prevenção contra doenças oculares 

Ao serem expostos à luz vermelha, os olhos e a saúde – de maneira geral – podem se beneficiar de muitas formas.

  • Proteção contra a perda de visão

A partir dos 40 anos de idade é normal que as células da retina do olho comecem a envelhecer, o que em parte é causado pela redução das atividades da mitocôndria (principal responsável pela produção de energia das células). Através do tratamento de fototerapia as mitocôndrias são capazes de recuperar a eficiência e melhorar as funções da retina.

  • Tratamento de retinite pigmentosa

Essa é a causa mais comum de cegueira hereditária. Ela ocorre danificando as células da retina e, logo após, provoca dificuldade para enxergar à noite, além da perda da visão periférica e, eventualmente, cegueira. De cordo com estudos realizados em 2012, o uso da terapia de luz vermelha promove a integridade e função mitocondrial. Dessa forma, evitando a morte das células fotorreceptoras e preservando a função da retina.

  • Cura de lesões oculares

Nossos olhos são extremamente sensíveis e qualquer acidente ou mesmo objetos podem provocar danos permanentes à visão. Assim, a luz vermelha demonstrou ser excelente para ajudar a curar diversos tipos de lesões oculares, como queimaduras na córnea, por exemplo.

  • Tratamento eficaz para o glaucoma natural

O glaucoma é um conjunto de doenças oculares que geram lesões no nervo óptico e, ademais, podem causar a perda da visão com o tempo. Atualmente, mais de 60 milhões de pessoas são afetadas pela doença. Além disso, as chances de desenvolvimento são maiores com o aumento da idade.

Entretanto, infelizmente, não existe cura para o glaucoma, mas tratamentos com foco na melhoria dos sintomas. Em estudos recentes, a terapia com luz vermelha vem mostrando ser seguro e eficaz, além de um método natural para a doença, sem efeitos colaterais e intervenções invasivas como cirurgia.

Luz vermelha e sono: qual a relação?

A melatonina é o hormônio natural do corpo que ajuda a dormir.  É normal que no ciclo do sono diário, com o passar da noite seu cérebro libera mais melatonina e tende a liberar menor quantidade quando você é exposto à luz.  Assim, existem estudos que afirmam que a luz vermelha estimula a produção de melatonina.

Em um estudo realizado no ano de 2012, pesquisadores avaliaram o efeito da terapia com luz vermelha em 20 atletas. O resultado foi: melhora da qualidade do sono, dos níveis de melatonina e do desempenho de resistência.

Sua saúde visual merece atenção

Gostou de conhecer como a luz vermelha pode te ajudar a ter mais saúde visual?

A Lenscope é uma health tech com o intuito de democratizar o acesso à saúde visual e lentes para óculos de qualidade por um preço acessível. Agora que você, nosso leitor, sabe dos benefícios da luz vermelha para os olhos, pode fazer nosso teste de visão online e verificar como anda a saúde dos seus olhos, uma vez que o teste é capaz de detectar miopia e astigmatismo.

Além disso, lembre-se que é importante consultar um médico da saúde dos olhos com frequência para acompanhar a saúde da sua visão. Por fim, assine nossa newsletter para ficar por dentro de novidades e notícias sobre a saúde dos olhos.

luz vermelha - teste de visão

Fontes:

Degree Wellness

Healthline

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *