catarata infantil

Catarata infantil: tratamento para catarata em bebês pode causar glaucoma

0
(0)

A catarata nada mais é que uma condição causada pelo turvamento do cristalino do olho. E dessa forma também se comporta a catarata infantil.

Só para exemplificar, a lente do olho humano precisa ser clara, pois focaliza as imagens que vê na retina e então as envia ao cérebro.

Dessa forma, uma das características da catarata é impedir que a luz chegue até a retina. Logo, dificulta o processo normal da visão.

É comum as pessoas pensarem que a catarata é uma doença que só acontece com pessoas idosas. Mas, infelizmente, esse mal também pode afetar as crianças.

Continue esta leitura para entender como surge a catarata infantil e quais são as medidas que podem ser adotadas, tanto de prevenção, quanto de tratamento.

Catarata infantil: tipos e causas da catarata em crianças

Até os 8 ou 10 anos de idade o cérebro e os olhos da criança ainda estão em fase de desenvolvimento. Sendo assim, a descoberta precoce diminui as chances de ter efeitos graves e permanentes e, em contrapartida, garante maiores possibilidades de recuperação.

Essa condição é popularmente conhecida como “catarata infantil”, porém a nomenclatura médica é “catarata pediátrica”.

Os tipos e causas de catarata infantil variam:

  • Pode ser congênita (presente desde o nascimento, geralmente hereditária – herdada dos pais) ou
  • Adquirida – relacionada com o avanço da idade (se desenvolver quando bebê, criança ou adolescente). O envelhecimento pode ser mais ou menos precoce.
  • A catarata infantil é provável acontecer em apenas um dos olhos ou em ambos. Porém, quando os dois olhos têm catarata, é provável que um seja mais lesado que o outro.
  • Ela pode aparecer em várias regiões do cristalino e ter tamanhos diversos, desde pequenos pontos até nuvens densas.
  • Alguns dos possíveis causadores da catarata infantil são a genética, os distúrbios metabólicos como diabetes e lesões oculares, por exemplo.

No entanto, em muitos casos não é possível identificar a causa da catarata infantil.

Diagnóstico precoce e tratamento

Como vimos, na infância, tanto o cérebro, quanto os olhos das crianças ainda estão em fase de desenvolvimento e os pequenos aprendem gradativamente a ver.

Desse modo, a alteração visual provocada pela doença pode gerar como resultado a condição conhecida como “olho preguiçoso em crianças”.

A importância de um tratamento adequado é imensa, pois sem ele a catarata infantil é capaz de causar danos às conexões entre os olhos e o cérebro. Supreendentemente, após os danos, as conexões são incapazes de retornar a um estado saudável.

O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para prevenir possíveis complicações da doença como a perda permanente da visão da criança.

Finalmente agora atualmente, a ciência é capaz de nos proporcionar exames médicos que podem diagnosticar a catarata infantil em bebês que acabaram de nascer, antes mesmo de saírem do hospital.

De acordo com médicos pediatras, algumas formas de diagnóstico são mais frequentes:

  • é comum a catarata infantil ser identificada em exames de bebês saudáveis ou após uma lesão ocular;
  • por vezes os pais identificam sinais de alteração e
  • a catarata infantil geralmente se apresenta nos exames como um reflexo vermelho irregular.

Como a catarata congênita costuma ser uma herança genética, a catarata adquirida, pelo contrário, se desenvolve em algum momento após o nascimento.

Catarata infantil: cirurgia de catarata em bebês pode aumentar o risco de glaucoma

Através de estudos, pesquisadores identificaram que 1 a cada 5 bebês submetidos à cirurgia de remoção da catarata desenvolve glaucoma infantil alguns anos após cirurgia.

Dessa forma, os cientistas destacaram que as chances de desenvolver glaucoma na próxima década aumenta em 22% nos bebês que foram submetidos à cirurgia de tratamento para a catarata.

Antes de mais nada, é importante saber que o glaucoma é uma condição que danifica o nervo óptico (uma conexão entre o olho e o cérebro). Além disso, pode causar a perda da visão.

O estudo foi desenvolvido através do acompanhamento de 110 bebês que tinham o olho com catarata e passaram pelo procedimento cirúrgico.

Entre os bebês participantes alguns tiveram o implante de lente intraocular e outros ficaram sem a lente.

Em números, os resultados da pesquisa foram que após 10 anos do procedimento:

  • 25 crianças desenvolveram glaucoma e
  • 21 tiveram diagnóstico de pressão ocular elevada.

De acordo com o pesquisador principal do estudo, Dr. Scott Lambert, professor de oftalmologia da Universidade de Stanford, na Califórnia “Os resultados desafiam a noção de que substituir a lente da criança por uma implantada protege a criança do desenvolvimento de glaucoma. Uma crença entre alguns cirurgiões oftalmologistas pediátricos”.

Segundo a Dra. Sharon Freedman, especialista em glaucoma pediátrico da Duke University em Durham, Carolina do Norte, esses resultados ressaltam como é indispensável o acompanhamento do médico oftalmologista.

Sendo assim, a orientação é que as crianças que passaram pela cirurgia, visite o especialista no mínimo uma vez ao ano.

Contudo, “Qualquer criança com diagnóstico de glaucoma ou pressão intraocular acima do normal sem sinais de dano ocular – o que chamamos de suspeita de glaucoma – deve ser monitorada a cada quatro a seis meses, dependendo da estabilidade da condição e da saúde dos olhos”, informou Freedman em comunicado.

Já sabia que catarata e glaucoma podem acometer bebês?

Pois é. Nesta leitura você pode aprender que, infelizmente, a catarata infantil existe e, então, é um mito achar que a doença só acomete pessoas de mais idade.

Então, levar os bebês e crianças ao oftalmologista infantil é extremamente importante para acompanhar de perto como está sendo o desenvolvimento da saúde dos seus olhos.

E se acaso houver qualquer mínimo sinal de alteração, com o diagnóstico precoce as chances de tratamento e recuperação serão muito altas.

Tenha hábitos saudáveis para todo o corpo e, em especial, não se esqueça dos cuidados com a saúde da sua visão

E isso você pode obter através de uma alimentação natural, rica em vitaminas e nutrientes. Algumas dicas desses alimentos são os peixes, ovos, frutas, pães, grãos, como a semente de linhaça, por exemplo e muito mais.

Que tal começar agora mesmo realizando nosso teste de visão online? Além de ser online é também gratuito!

catarata infantil - teste de visão

Check como está a saúde dos seus olhos com a Lenscope!

Fontes:

Aop

Medicinenet.com

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lenscope

Somos uma Health Tech que faz uso do que há de mais moderno na tecnologia para transformar a jornada de compra de lentes para óculos no Brasil. Com nosso serviço 100% online, você faz as lentes do seu óculos de grau pela internet, sem precisar sair de casa.

E, para nos ajudar a continuar desenvolver tecnologias exclusivas no Brasil e no Mundo, fomos selecionados para o programa Creative Startups da Samsung, além de fazer parte do Eretz.bio, incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein, considerado um dos melhores hospitais da América Latina. Também fazemos parte da Supera, incubadora da Universidade de São Paulo (USP/FM-RP) e do Cubo Itaú, um dos principais ecossistemas de startups do Brasil.

Conte com a gente para ver e se sentir bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *